08 novembro 2018

Resenha #330: Seduced By A Pirate - Eloisa James

Título: Seduced by a Pirate
Título Original: ---
Autor: Eloisa James
Série: Fairy Tales #4.5
Páginas: 100
Ano: 2012
Editora: Independente
Sinopse: Sir Griffin Barry saltou da janela do quarto aos dezessete anos, depois de uma noite de casamento muito decepcionante, bebeu um pouco demais no pub e acordou ao descobrir que havia se juntado à tripulação de um navio pirata! Anos mais tarde, ele se tornou um dos piratas mais temidos em alto mar, pilotando o Flying Poppy, um navio que ele batizou com o nome da esposa a quem ele se lembra vagamente (se vagamente).
O que acontece quando um pirata decide voltar para casa para sua esposa - se ela é sua esposa - dado que o casamento nunca foi consumado? E o que acontece quando aquele pirata passeia pela porta da frente e é recebido por ... bem, isso é uma surpresa!


Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, não se preocupe
Essa resenha é livre de spoilers

Seduced by a Pirate é um conto que se passa depois de A Duquesa Feia. Ele é focado em Griffin Barry, primo de James e companheiro de pirataria por um bom tempo. Assim como aconteceu em Storming the Castle, eu quis ler esse conto porque gostei do personagem e queria saber como iria terminar sua história.

O mesmo bichinho que mordeu James e fez querer voltar para a esposa que abandonou mordeu Griffin, mas no caso dele o lance é mais embaixo. Na noite de seu casamento, aconteceu um pequeno problema que fez com que o casamento não fosse consumido, resultado em Griffin fugindo de sua noiva, que ele acreditava se chamar Poppy.

Quatorze anos depois, ele está de volta, disposto a retomar o casamento de onde parou, porém ele não contava encontrar sua esposa Phoebe adversa à ideia, trazendo consigo três crianças nascida no tempo que ele ficou fora.

Phoebe Poppy Barry estava de boas vivendo sua vidinha tranquila no interior da Inglaterra, com seus filhos, quando recebe a notícia que seu marido está de volta. Diferente de Griffin, Phoebe quer dissolver o casamento e voltar a sua rotina de vida.

Phoebe não é uma típica mocinha de época que estamos acostumados. Ela gosta de sua vida pacata no interior, sem muitas agitações. Ela nunca quis uma vida agitada na sociedade e, depois do fiasco da sua noite de núpcias, aí mesmo foi que ela ficou na sua cidadezinha, e ali foi feliz do seu jeito. Marido estava andando pelo mundo? OK, mas isso não significa que ela iria ficar choramingando por aí.

Cuidar de seus filhos é a única prioridade na vida de Phoebe. Com a volta de seu marido, ela fica preocupada como isso vai afetar não só a vida de seus filhos, mas até sua reputação na cidadezinha. No caso, a preocupação era por conta do futuro dos seus filhos e não sobre sua vida. Ou seja, Phoebe é uma mãe coruja que está pronta para defender seus filhos com unhas e dentes, e garantir um ótimo futuro.


Griffin foi um cara que me deu nos nervos menos que James. Ele sabia que a volta para casa não seria fácil, ainda mais pelo casamento não ter sido consumido, mas estava disposto a esperar o tempo que fosse para Phoebe se acostumar com sua volta. Ao ver os filhos de Phoebe, ele sabia que as crianças não poderiam ser dele, mas não os tratou como bastardos. Griffin decidiu que cuidar das crianças como se fossem suas, sem se importar quem era o pai.

Alguns detalhes nesse conto fizeram ele ser melhor que o livro originado. O primeiro é a diferença da idade entre o casal. Nesse caso, Phoebe é mais velha que Griffin. Quando se casaram, ela tinha 20 anos e ele, 17. Ainda falando nesse casamento, é dito com todas as letras que o casamento não foi consumido por um caso de impotência de Griffin. O ex-pirata sente sim vergonha pelo acontecido, mas não tenta distorcer o acontecido e nem jogar a culpa na sua então recém-esposa.

Em certos momentos, Griffin tem umas opiniões bem de embuste mesmo sobre a mulher dele ter tido um amante durante todos esses anos que ficou fora, quando ele fez a mesma coisa. O lado bom é que ele reflete sobre isso e aceita o fato que não era justo Phoebe esperar ele por todos esses anos e, assim como ele fez, ela também tinha o direito de buscar conforto (entre outras coisinhas) nos braços de outra pessoa.

Um detalhe que gostei muito foi a reconciliação de Griffin e seu pai. O ex-pirata ressentia muito seu pai em vários aspectos da vida e esperava encontrar o mesmo homem quando voltasse. Mas, assim como ele mudou nos últimos 14 anos, o seu pai também mudou. Pelo pouco que se mostrou deu pra perceber que ali iria nascer uma ótima relação de amizade e companheirismo.

Alguns detalhes me impediram de dar quatro gatinhos para a história. Assim como em A Duquesa Feia, essa situação deles se resolveu muito rápido até. Entendo que é pelo motivo de ser um conto, mas achei que Phoebe foi convencida muito rápido a retomar o casamento de onde parou, para uma pessoa que estava determinada a terminar tudo. Segundo, foram as declarações de amor trocadas logo após A PRIMEIRA NOITE JUNTOS forçadas, até mesmo para os padrões de romances de época.

Diferente do livro que o originou e de uns detalhes, Seduced by a Pirate foi uma boa leitura. Infelizmente não se tem notícia se a Arqueiro irá lançar o conto.

Resenhas anteriores
Livro 1 - Quando A Bela Domou A Fera (When Beauty Tamed the Beast)
Livro 2 - Um Beijo À Meia-Noite (A Kiss at Midnight)
Livro 1.5 - Storming the Castle
Livro 3 - A Duquesa Feia (The Ugly Duchess)

10 comentários:

  1. That's cool. I like your blog. Go to my blog http://www.alamodenatine.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu. Eu quero muito ler os livros da autora pois amo um bom romance de época. Me incomoda saber que novamente temos um final rápido de mais, mas gostei do que esperar do livro.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Eu adoro a escrita desta autora, mas esta série não chamou muita atenção. Quando vi sua postagem até achei que fosse algum livro novo dela.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu! Tudo bom?
    Tô aqui com o primeiro dessa série, mas ainda não consegui começar a ler. Nem sabia que tinha conto entre as obras!
    Detesto quando as coisas se resolvem fácil demais, então vou me policiar quanto a isso quando chegar no livro em questão G_G poupar o estresse.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Suas resenhas são sempre incríveis, confesso que amo romances de época, mas esse não me chamou a atenção pelos pontos negativos que você citou, tem romances que acontecem de uma forma estranha e de repente eles estão fazendo juras de amor. Não gosto quando é assim!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, Luiza.
    Eu nem sabia da existência desse conto, mas já quero hehe. Achei os detalhes da história bem diferente do que estou acostumada a ver em romances de época como a mulher ser mais velha e ela ter filhos que não do seu marido. E mesmo sua nota não sendo tão alta se publicarem por aqui vou querer ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oie Lu =)

    O que anda acontecendo com essa autoras? Qual a dificuldade de finalizar um livro direito rs...

    Da Eloisa só li Quando a Bela domou a Fera e o final corrido me incomodou bastante. Saber que a autora segue a mesma formula nos outros livros, me deixa desanimada para ler outra cosia dela =(

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu, eu nem sabia desse conto, mas já amei!! Eu fiquei bem curiosa com o personagem em A duquesa feia e amei esse plot! Tomara que a arqueiro publique logo por aqui!

    BJs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lu
    Eu lembro bem do Griffin, gostei bastante dele e não conhecia o livro, mas já quero ler. Infelizmente tá em ingles aff, mas vou tentar ler mesmo assim.
    Beijo!

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Lu, tudo bem?
    Gostei que tenha rolado essa inversão no casal principal. É bem bacana quando livros de romance de época quebram paradigmas.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.