Resenha #404: Baía dos Suspiros - Nora Roberts (Arqueiro)

Share:
Título: Baía dos Suspiros
Título Original: Bay of Sighs
Autor: Nora Roberts
Série: The Guardians #2
Páginas: 288
Ano: 2018
Editora: Arqueiro
Sinopse: Para celebrar a ascensão ao trono de sua nova rainha, as deusas da lua criaram três estrelas, de fogo, água e gelo. Mas a deusa da escuridão as fez cair do céu, pondo em risco o destino de todos os mundos. Os seis guardiões, três homens e três mulheres de natureza especial, seguem unindo forças na busca pelas estrelas.
Com sua bússola mágica, Sawyer King os transporta para a ilha de Capri, onde está escondida a Estrela de Água. Agora, eles vão precisar contar ainda mais com a sereia Annika. Nova neste mundo, sua pureza e beleza são de tirar o fôlego, assim como sua lealdade e disposição em proteger os novos amigos.
Sawyer logo se vê atraído por seu espírito alegre. Mas Annika deve voltar para o mar em breve, e ele sabe que, se permitir que ela entre em seu coração, nenhuma bússola será capaz de guiá-lo para a terra firme…
Enquanto isso, na escuridão, Nerezza está furiosa com a primeira derrota e planeja um retorno ainda mais maligno. Ela perdeu uma estrela para os guardiões, mas ainda há tempo para derramamento de sangue. Pois uma nova arma está sendo forjada. Algo mortal e imprevisível.


Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, não se preocupe
Essa resenha é livre de spoilers

Em Baía dos Suspiros, os seis escolhidos pelas deusas continuam suas buscas pelas estrelas encantadas. Juntamente com essa procura, vamos acompanhar o relacionamento entre o viajante no tempo-espaço Sawyer e a sereia Annika.

Se comparado com o anterior, eu achei esse aqui um pouco melhor, porém mesmo assim essa trilogia não vai entrar entre as favoritas da Nora. Creio que, por estar mais familiarizada com a história e esse lance das estrelas e tal, a leitura foi até mais fluída e rápida.

Annika está aprendendo a viver com humanos, o que gera umas situações engraçadas. Sua extrema inocência e muito otimismo (não confio em pessoas que são felizes todas as 24hs do dia) me deram nos nervos. Em certos momentos, ela literalmente tem uma mentalidade de criança, porém sua falta de filtro me arrancou algumas risadas. Isso acontecia, principalmente, quando se trata de seu relacionamento e intimidade com Sawyer.

Sawyer é um personagem que terminei o livro sem saber como me sentir sobre. Achei que faltou um pouco mais de desenvolvimento sobre sua personalidade. Sabemos que ele é um homem corajoso e que se entrega ao sentimento que sente por Annika, mas fora isso pra mim o personagem é meio pombo; não fede nem cheira. Um fator positivo a ele é sua relação com Riley, que chega a ser um fraterna, cheia de brincadeiras e um pouco de encheção de saco (como qualquer irmão).


Os diálogos ainda continuam um pouco confusos. As interações entre Sawyer e Annika me incomodaram mais ainda, já que parecia ter saído de alguma fanfic lá do início dos anos 2000, com muitas juras de amor que me pareceram forçadas. Ao longo da história, vamos descobrir sobre esse amor avassalador da parte de Annika até tem um bom fundamento, mas da parte de Sawyer ainda achei tudo muito miojo.

Um detalhe que me incomodou aqui também foram algumas narrações e descrições. Definitivamente esse livro foi escrito por algum dos ghost writers (o que não é segredo pra ninguém) da autora. Sou super fã da autora e li vários de seus livros e a escrita dessa trilogia difere de todos os outros já lidos.

Quanto à vilã da trilogia, Nezzera lembra muito vilãs mexicanas e chega até ser um tanto caricata. Novamente, a questão dos diálogos atrapalhou aqui porque a personagem até tem um grande potencial.

Bom, mesmo com todos esses defeitos desde Estrelas da Sorte, decidi terminar a trilogia por serem livros pequenos e que, de alguma forma, me tiram de ressaca literária. Então, assim parto para o último livro, Ilha de Vidro.

Resenhas anteriores
Livro 1 - Estrelas da Sorte (Stars of Fortune)

10 comentários:

  1. Oi, Lu

    Sempre houve esse boato de Ghost Writer e vi que ela andou até processando um povo aí que alegou isso. hahahah
    Eu não tenho um interesse real nessa série dela, depois que eu terminar Ano Um vou começar a das Sete Irmãs.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Luiza! Tudo bem?
    Eu já tinha ouvido falar deste livro. Essa questão de interação é um pouco complicada, né? As vezes um pouco de clichê demais que é colocado deixa o livro meio sem graça.
    Adorei a resenha! A capa deste livro também é muito bonita.
    Beijos, Polly
    www.tudo-em-tres.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Essa capa é maravilhosa, eu normalmente gosto muito da narrativa dos livros dessa escritora, esse ainda não li. Mas, acho que diálogos da forma como você descreveu pode me deixar um pouco mais lenta na hora da leitura. Mas, vou ler em breve.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie, td bem?
    Vou admitir que AMO um dramão mexicano HAHAH, então provavelmente vou ler!
    beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu!
    Eu achei as sinopse dessa trilogia uma viagem só. Uma amiga minha leu e amou, mas ela é suspeita. Ama a autora e favorita tudo que é dela, mesmo que o mundo todo diga que é ruim KKKKKKKKK. Eu vou me arriscar na distopia, essa dai nao muito minha praia nao.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu, sabe que nunca li nada dela? A princípio fiquei curiosa com a trilogia, mas com esses defeitos apontados nem sei se me animo. Chato quando a leitura tem os diálogos confusos. Essa questão da vilã ser meio "drama mexicano" também não me atrai.
    Bom ter o seu ponto de vista sobre os livros
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook

    ResponderExcluir
  7. Olá, Luiza.
    Não tem como ela escrever tudo isso que publica, só se fizesse isso dia e noite e mais nada hehe. Eu não tenho interesse nessa trilogia, geralmente não gosto dos livros dela que puxam mais para o sobrenatural.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lu
    Eu gosto das obras da Nora mas eu acho seus livros bem aquém do esperado, meio sem graça sabe? São poucas as séries dela que se destacam e acho que essa não é uma delas.
    beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, vc sabe, inacreditavelmente eu não gosto muito dos livros da Nora, mas eu adoro uma vilã mexicana kkkkkkk que bom que apesar das ressalvas vc curtiu!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oi
    só li uma série da autora, essa eu não tenho muita curiosidade, apesar do lado negativo da descrições, escrita, conseguiu gostar da história, uma coisa não posso negar é que a capa é bonita.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)