27 dezembro 2018

Resenha #344: O Amante da Princesa - Larissa Siriani (Verus)

Título: O Amante da Princesa
Título Original: ---
Autor: Larissa Siriani
Série: ---
Páginas: 224
Ano: 2018
Editora: Verus
Sinopse: Um romance sensual e divertido sobre as escolhas que são feitas por nós — e sobre tomar as rédeas da vida nas próprias mãos.
Maria Amélia de Bragança é princesa do Brasil, prometida a Maximiliano Habsburgo, arquiduque da Áustria. Mas não há nada que ela deseje menos do que esse casamento: como alguém pode querer que ela se case com um homem que nem sequer conhece? O que Amélia não esperava é que seu noivo chegasse ao Palácio das Janelas Verdes, em Lisboa, acompanhado do amigo Klaus Brachmann, um homem charmoso e experiente que se sente compelido a seduzir a princesa apenas pelo prazer da conquista. Uma viagem inesperada que Maximiliano precisa fazer se mostra a oportunidade perfeita para que Klaus ensine uma coisinha ou outra a Amélia entre quatro paredes... E, conforme o jogo avança, a possibilidade de casamento se torna cada vez mais remota para a princesa, que agora precisa proteger seu coração a todo custo.


Quando comecei a ler O Amante da Princesa, pensei que ele seria somente mais um romance de época na listinha. Terminei essa história com sentimentos conflitantes e o coração na mão.

Maria Amélia e Klaus são meio típico padrõezinhos de romance de época. Ela, comprometida com outro cara, sonhava em se casar por amor. Amélia é uma moça gentil e romântica, mas sempre com uma resposta rápida na ponta da língua e de personalidade bem decidida. Klaus é o típico libertino que foge de casamento como gato escaldado foge de água, mas vê seu mundo mudar ao conhecer a noiva do amigo, por quem desenvolve uma atração. No seu envolvimento com Amélia, Klaus vai se mostrando um homem sedutor, envolvente e apaixonante; muito mais do que ele deixa aparentar por baixo da fama de libertino.

O Amante da Princesa é narrado em primeira pessoa, intercalando entre Klaus e Maria Amélia. A escrita é bem fluída e essa alternância de visão nos permite ver os sentimentos dos personagens. O livro não conta com muitas descrições, mas as que são feitas são suficientes.

Maria e Klaus tem uma boa química. De início, Amélia “odiava” Klaus, mas todo mundo sabe que isso é código para desejo. Ambos começam um relacionamento e vemos como vão se apaixonando um pelo outro. As cenas sensuais foram muito bem escritas, sem deixar de fora o romantismo.


Um detalhe que me incomodou era quando os protagonistas falavam frases em alemão e não havia nem uma nota de rodapé com a tradução. Infelizmente, alemão é uma língua que ainda não falo e, particularmente, cortava o clima quando eu ficava tentando adivinhar o que eles queriam dizer.

Outro ponto foi como se deu o início dessa relação entre Klaus e Amélia. O modo como Max e Klaus conversaram sobre como Klaus iria “cuidar” de Amélia durante seu tempo fora me deixou um tanto desgostosa (pra não dizer outra coisa). Praticamente tratando Amélia como uma propriedade.

O final da história não era o que eu estava esperando. Pra que não sabe, Maria Amélia e Maximiliano realmente existiram e, diferente da história apresentada aqui, se amavam loucamente. Quando soube sobre o casal fui atrás da história e, pelo que encontrei, eu deveria já ter me preparado para o futuro de Maria Amélia e Klaus (que foi inventado somente para essa história). Fechei o livro sem ter um rumo na vida. Os acontecimentos finais eu já suspeitava, mas ainda assim ler foi um baita baque para mim, influenciando até na nota que eu daria para a história. Então, pra quem conhece a história de Amélia e Max, já sabe o que esperar. Se você não conhece, bem… prepare o coração.

O Amante da Princesa é o primeiro romance de época da Larissa Siriani. Tirando algumas considerações, foi uma boa história. Recentemente, ela lançou o conto O Natal dos Brachmann, disponível na Amazon.

13 comentários:

  1. Parece ser muito bom, sua resenha me deixou curiosa haha

    https://blogisadebatom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Amazing post, dear! A big hello from Germany!
    Hugs ♥
    LIANA LAURIE | My book video

    ResponderExcluir
  3. Olá, Luiza.
    Eu estava com muita vontade de ler esse livro desde que lançou. Mas agora que li sua resenha e percebi que não é bem o que eu esperava não se sei se ainda quero ler ele. A capa é linda e gosto bastante da autora, mas a história parece não ser bem o que eu gosto de ler no gênero.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Que pena que não é tão bom!
    MAs eu compraria só pela capa que é linda hahaha
    beijos
    https://batongrafando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu!

    Uow, fiquei curiosa e também com medo desse final haha já até tenho uma ideia, mas daí já vou ler sofrendo. Melhor ir às cegas pra leitura né hahah

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. No inicio da sua resenha não fui muito com a cara do livro, mas, o resto me deixou com vontade de ler. Mesmo que eu não goste muito de histórias de pessoas reais que mudam o que realmente aconteceu para uma versão fantasiosa (tipo a série Reign).

    Nanda, Gravado na Memória

    ResponderExcluir
  7. Oi
    não conhecia o livro, até parece ser interessante, mas não chegou chamar a minha atenção, pelo menos você gostou apesar de alguns pontos que não foram positivos.


    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu! Tinha vontade de ler o livro, mas lendo a resenha não sei se é o que eu esperava. Não sabia que os personagens de fato existiram, acho que vou pesquisar sobre eles para saber melhor. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, curti a premissa e gosto de um romance de época, mas o do jeito que vc fala do final não sei não rsrsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eu não curto muito quando mexem com figuras históricas e mudam a vida delas, vide Reign que me dava dor de cabeça a cada episódio - ainda mais uma que teve uma história de amor tão bonita quanto a Maria Amélia. É o mesmo que mexer no romance da rainha Vitória e é, prefiro não me arriscar porque sei que o lado historiadora em mim vai pistolar :P
    Romance de época full ficção é minha vibe.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Você me deixou muito curiosa por causa desse final aí, isso eu chamo de maldade hahaha Comecei não dando muita bola para o livro e agora estou curiosa. Achei uma sacanagem não ter rodapés explicando as expressões em alemão, quem me dera ser fluente hahah Bem, não sei, talvez eu dê uma chance.
    Beijos
    Our Constellations

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu!
    Concordei em genero e grau sobre os pontos. Nossa senhora, eu fui atras de traduzir o que diabo eles falavam pq ficava muito perdido.
    Orra, eu fiquei devastado, principalmente porque recebi o spoler antes de realmente ler. Nao sei, pra mim ela poderia ter mudado esse negocio e ter tido um final feliz, maa vai entender. Em determinado ponto ja tava achando o livro enrolado demais.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Oie
    Desde que este livro foi lançado eu estou com vontade de ler, mas confesso que suas ressalvas meio que me desanimaram. mas se eu tiver a oportunidade lerei.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.