06 dezembro 2018

Resenha #338: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - JK Rowling (Rocco)

Título: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Título Original: Harry Potter and the Prisioner of Azkaban
Autor: JK Rowling
Série: Harry Potter #3
Páginas: 394
Ano: 2000
Editora: Rocco
Sinopse: Durante 12 anos o forte de Azkaban guardou o prisioneiro Sirius Black, acusado de matar 13 pessoas e ser o principal ajudante de Voldemort, o Senhor das Trevas. Agora ele conseguiu escapar, deixando apenas uma pista: seu destino é a escola de Hogwarts, em busca de Harry Potter. Neste livro o leitor estará mais uma vez mergulhando no mundo mágico de Hogwarts e participando de aventuras repletas de imaginação, humor e emoção, que repetem o encantamento proporcionado pelos livros anteriores dessa maravilhosa série de J. K. Rowling.


ATENÇÃO! Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, pode conter spoiler

Para muitos, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban é o livro favorito. Dentre os três que já reli, ele se tornou o meu favorito também.

Nesse livro, JK já mostra um pouco sobre o passado de Harry e o que aconteceu na noite que seus pais morreram. A caçada a Sirius Black e os dementadores em Hogwarts dá um clima mais sombrio para a história. Gostei muito como foram apresentados os Marotos e os acontecimentos da noite que os pais de Harry, estes bem diferentes do que foi contado no filme. Senti que aqui a história e a escrita da JK sofreram um amadurecimento.

Um detalhe que eu fiquei bem triste com o filme foi não ter mostrado os jogos de quadribol. OK que teve aquele que o Harry é atacado por dementadores, mas meu sonho mesmo era ver a final Grifinória e Sonserina, com a narração do Lino Jordan. Com certeza ele é um dos melhores personagens da história até aqui e eu me acabo de rir com suas narrações e a McGonagall tentando contê-lo.

– TRINTA A ZERO! TOMA, SEU SUJO, SEU COVARDE...
– Jordan, se você não consegue irradiar imparcialmente...
– Estou irradiando o que acontece, professora.

Agora um detalhe que me deixou bem revoltada nesse livro é o modo que Rony trata Hermione. Desde o primeiro livro, vemos que ela sofre um bullying bem velado entre seus companheiros de escola (Harry e Rony incluídos) por ser uma garota inteligente e bastante dedicada aos estudos. Nos outros livros não foram muitas situações em que o Rony maltratou a garota com palavras, mas nesse livro a situação chegou num limite que deu vontade de chegar e dar um murro na cara dele.

Por Bichento (gato da Hermione) sempre estar perseguindo Perebas (no futuro sabemos o motivos), Rony fala (quando não, grita) coisas para ela que eu realmente me questiono como nasceu um amor entre os dois. Pior ainda é o Harry que, quando não fica do lado do Rony, não faz nada para defender a garota dos ataques do sexto filho Weasley. Por isso eu sou do time que acredita que Mione deveria ter ficado com Viktor Krum, que era sim um homão da porra.


Outro detalhe que eu não consigo engolir é o fato de muita gente ainda idolatrar e defender o Snape. Houveram cenas que eu fiquei realmente de queixo caído com o modo que ele trata (leia-se humilha) os estudantes não-sonserinos, principalmente a Hermione. Só dele ser o medo do Neville que o bicho-papão se transforma já diz muita coisa de sua personalidade. A gota d’água mesmo foi o piti que ele deu quando descobriu a fuga do Sirius. Pela primeira vez em toda a história, eu vi o Ministro da Magia Cornélio Fudge dizer algo sensato, como selecionado no quote abaixo. Como eu sempre digo: mesmo com aquela “redenção”, Snape sempre vai ser um recalcado que nunca aceitou perder a gata pra outro cara e resolveu descontar no seu filho e seus amigos e é isso.

– O homem parece que é bem desequilibrado – disse Fudge, acompanhando-o com o olhar. – Eu me precaveria se fosse você, Dumbledore.

Um detalhe que eu achei melhor no filme que no livro foi as ações finais. Achei que no filme ficou bem menos corrido e mais desenvolvido toda aquela sequência que começa após a “morte” do Bicuço e segue até o momento que Harry e Hermione voltam à enfermaria depois de terem utilizado o vira-tempo. Porém, não trocaria por nada desse mundo Hermione socando a cara do Draco. Esse sim merece o título de Top Socão.

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban marca o início das emoções e acontecimentos que ainda surgirão nos próximos livros.

Resenhas anteriores
Livro 1 - Harry Potter e a Pedra Filosofal (Harry Potter and the Sorcerer's Stone)
Livro 2 - Harry Potter e a Câmara Secreta (Harry Potter and the Chamber of Secrets)

6 comentários:

  1. Oi Lu,

    Nossa faz tanto tempo que li esse livro, que eu preciso reler também.
    Confesso que é um dos meus favoritos, não só o livro, mas o filme também.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  2. Eu amei essa versão de Harry Potter, os livros ficaram lindos demais. Quero muito comprar todos os livros!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu, tudo bem?
    Esse é meu livro favorito da vida! <3
    Amo o filme também, é a melhor adaptação da saga na minha opinião.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu
    Você acredita que eu nunca li esse livro? Já reli os outros duas vezes mas não tenho O prisioneiro de Askaban, é a única história que eu não li até hoje, apesar de saber de cabo a rabo o que acontece. Quero reler HP e quem sabe não ler direito agora.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu, eu adoro esse livro porque aparece meu personagem favorito de todos os tempos Sirus Black e o Snape é insuportável e nada mudará meu sentimento quanto a isso.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu!
    Eu amo O prisioneiro de Azkaban, é preferido sim ❤
    Hahah, tbm nunca concordei com esse romance Ron/Mione mas né...
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.