15 novembro 2018

Resenha #332: O Par Perfeito - Nora Roberts (Arqueiro)

Título: O Par Perfeito
Título Original: The Perfect Hope
Autor: Nora Roberts
Série: Inn BoonsBoro #3
Páginas: 320
Ano: 2016
Editora: Arqueiro
Sinopse: Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro.
Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois.
Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito?
No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.



Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, não se preocupe
Essa resenha é livre de spoilers

O Par Perfeito é o livro que fecha a trilogia A Pousada. Dessa vez acompanhamos o romance entre Ryder Montgomery e Hope Beaumont.

Conhecemos Hope Beaumont em Um Novo Amanhã e sabemos que ela está à procura de novos ares, depois de ser traída pelo homem que ela achava que seria o pai dos seus filhos. Logo de início o seu santo não bateu com o Ryder Montgomery, mas nós (que somos vacinados em romances) sabemos onde isso tudo iria terminar.

Quando se trata de trabalho, Hope é a profissional em pessoa: dedicada, esforçada e ama seu trabalho. Alguns dias serem bem corridos, mas ela ama gerenciar a pousada BoonsBoro. Já quando se trata da vida pessoal e sentimental, Hope ainda tem alguns receios, originados da decepção com seu último relacionamento. Apesar disso, ela reconhece que há uma atração entre ela e o mais velho dos Montgomery, sendo ela a dar o primeiro passo a explorá-la.

Dos três irmãos, Ryder é o mais fechado de todos. Ele tem um jeito bem taciturno e mal-humorado, mas é honesto, sincero e leal com todos ao seu redor. Ryder não é um cara de palavras, mas sim de gestos. Apesar de ter uma vida amorosa bem agitada no passado, ele nunca machucou nenhuma das mulheres com quem se envolveu.


O romance entre Hope e Ryder prometia ser explosivo e cumpriu. Os dois têm uma grande química, apesar de completamente opostos. O que seria visto como defeito por outras pessoas é justamente o que torna atraente um ao outro. Ambos conseguem relaxar na companhia um do outro e estão dispostos a se curtir sem compromisso, mas claramente a gente já sabe onde vai dar.

Assim como nos outros dois livros, temos Lizzy e o mistério de sua vida e morte. Nora poderia ter abordado melhor esses detalhes nos outros dois livros, mas não ficou a desejar. Por Lizzy e Hope estarem ligadas (não somente pela pousada), achei legal como Nora conduziu a história da fantasminha camarada juntamente com a gerente da pousada.

Falando em pousada, que é um personagem vivo na história, vocês acreditam que ela existe real oficial? Pois sim, existe e eu só descobri fazendo essa resenha. Como falei nas outras, eu tive um pouco de dificuldade em visualizar a pousada, então para você que ficou interessado na trilogia, só clicar nesse link e já começar a entrar no clima da história.

Paralelo com os casais e a pousada, Nora abordou muito a questão de família. A relação de mãe e filhos não só presentes entre os Montgomerys, mas também com Clare e seus filhos, Avery e seu pai que a criou depois que a mãe abandonou, o modo como Beckett praticamente adotou os filhos de Clare como seus. No fim das contas, todo mundo ali é uma grande família feliz e um tanto perfeita porque não tem treta e nem tortas de climão nos almoços da vida, a não ser umas briguinhas entre os irmãos Montgomery.

A Pousada foi uma trilogia bem gostosa de se acompanhar. Apesar de ter suas falhas, cumpriu seu propósito, histórias românticas e leves curadoras de ressacas.

Resenhas anteriores
Livro 1 - Um Novo Amanhã (The Next Always)
Livro 2 - O Eterno Namorado (The Last Boyfriend)

5 comentários:

  1. Oi Luiza.
    Histórias leves e curadoras de ressacas são comigo mesmo. Gostei da premissa, e apesar das falhas, acho que vou gostar do livro.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu, tudo bem?
    Que bom que a trilogia fechou positivamente. Da autora, quero ler Quarteto de Noivas.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Oie Lu =)

    Adoro livros cura ressaca literária rs... Eles são tão perfeitos e deixam sempre o nosso coração mais quentinho.

    No momento acho que a minha cota de Nora está fechada. Infelizmente os últimos livros que li da autora, não me empolgaram tanto. Mas quem sabe no futuro.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu, tudo bem???

    Menina que legal que a pousada existe ein... fica até melhor ver antes de ler os livros, assim a imagem fica fixa na mente, gostei muito da proposta do romance viu... eu gosto destes romances gostosinhos para sair de uma ressaca ou de um livro pesado. Um xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Awon, gostei da resenha, quero ler faz um tempo, não sabia que esse era o último da trilogia.
    Sua resenha está muito legal!
    Beijos ❤

    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.