11 outubro 2018

Resenha #322: Shifters and Glyphs - Christina Bauer (Monster House Books)

Título: Shifters and Glyphs
Título Original: ---
Autor: Christina Bauer
Série: Fairy Tales of the Magicorum #2
Páginas: 350
Ano: 2018
Editora: Monster House Books
Sinopse*: Depois de ser criada pelas fadas mais medíocres da história, Bryar Rose agora está livre para viver sua própria vida. Pela primeira vez, ela está estudando na West Lake Prep, uma escola secundária regular. Bem, principalmente regular. Alguns alunos são membros ocultos do Magicorum. Em outras palavras, eles são realmente bruxos, fadas ou metamorfos. Bry não se importa, no entanto. Ela está entusiasmada por aproveitar todas as novas experiências de estar perto de crianças normais da sua idade, desde trotes no armário até carne misteriosa na hora do almoço. Tudo está indo muito bem, exceto por uma coisa.
Os sonhos de Bry sobre as pirâmides do Egito ficaram mais sombrios e sinistros. Toda noite, ela vê seu novo namorado Knox e sua melhor amiga Elle em perigo.
Sem outra escolha, Bry planeja deixar a escola para explorar as pirâmides sozinha. Mas Knox descobre o esquema e não quer ficar para trás. Ele quer ficar ao lado dela, não importa o que aconteça. É uma coisa boa também, porque Bry deve resolver o mistério de sua atração pelas pirâmides e logo. Caso contrário, isso poderia custar a vida daqueles que ela mais ama.
E isso significa não apenas Knox, mas também sua melhor amiga Elle.


ATENÇÃO! Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, pode conter spoiler

*ARC recebida através do NetGalley em troca de uma opinião honesta*

Desde Wolves and Roses, não via a hora de ler Shifters and Glyphs. Moonlight and Midtown deu para matar saudades dos personagens, mas não aplacou a curiosidade em saber como tudo iria acabar para Bryar Rose.

Shifters and Glyphs tem um ritmo um pouco mais lento que o primeiro livro, mas nem por isso deixa de ser bom. A escrita da Christina é bem fluída e envolvente. Fora que temos a personalidade de Bryar Rose com seus comentários maravilhosos, fazendo com que a leitura ficasse mais proveitosa ainda.

Bryar continua a mesma personagem que conheci: dedicada, leal, resiliente, e sempre rindo na cara do perigo. Agora ela está disposta a fazer os sacrifícios necessários para salvar a vida de Elle, Knox, Alec e todo o Magicorum. OK que ela fez umas burradas, mas quem nunca num livro YA ne nom minha gente? Mas o diferencial é que Bry sabe quando erra e necessita de ajuda.

Um dos pontos fortes da série e que mais gosto é a amizade entre Bryar e Elle. As duas podem contar uma com a outra para tudo. Senti falta de uma abordagem maior como foi feito em Wolves and Roses, Isso se deve ao fato que Elle irá estrelar sua própria história, como vou explicar mais na frente. Entretanto, das vezes que estavam juntas percebemos o quão preciosa é a amizade entre elas.

A relação entre Bryar e Knox é a coisa mais fofa do mundo, regada a companheirismo e respeito. Desde o começo, o alpha dos metamorfos sempre respeitou as decisões de Bryar, concordando ou não. Ambos sentam e conversam como pessoas civilizadas, expondo suas opiniões e ouvindo um ao outro. E é assim que se faz um casal com relação saudável, autores.


Durante os primeiros capítulos, Bryar comenta sobre alguns acontecimentos que se passaram tanto em Wolves and Roses quanto Moonlight and Midtown. Algumas pessoas não curtiram muito, mas eu achei bem legal. Confesso que alguns detalhes eu não lembrava e foi bom a autora usar esse artifício.

Uma única reclamação é a falta da narração do Knox. Tivemos no primeiro livro e eu me acabava de rir com os papos dele com o lobo interno. Infelizmente não teve narração dele aqui #triste, mas as conversas entre Bryar e sua loba são tão engraçadas quanto Knox e o dele. Quando terminei a leitura, entendi o motivo de somente a narração de Bryar, já que o ápice do livro é completamente focado nela.

Eu já estava bem tristinha em ter que me despedir dessa galera toda, mas eis que surge uma luz no fim do túnel. Na resenha do primeiro livro, comentei que os personagens vivem o roteiro de algum conto de fadas. No caso de Bryar Rose, o dela era o da Bela Adormecida. Shifters and Glyphs é o livro que fecha esse arco do roteiro da Bela Adormecida e assim, a história focada em Bryar Rose.

O próximo roteiro a ser explorado é o da Cinderela, vivido por Elle. Estou bem ansiosa porque ela é uma personagem maravilhosa e eu quero ver meu ship lindo - Elle e Alec - felizes para sempre! Para esse arco, temos Fairies and Frosting (conto), Slippers and Thieves e Bandits and Ball Gowns. Pesquisando mais sobre a série, descobri que depois desse arco da Cinderela, teremos o roteiro da Branca de Neve, vivido por uma personagem apresentada nesse livro, com Apples and Arsenic e Evil Queens and Goblin Kings. E eu tenho quase certeza que ainda vem um aí sobre A Pequena Sereia. Nem preciso dizer que estou soltando foguetes de felicidade. Aos que se assustaram com o tanto de livro, creio eu que os arcos serão independentes entre si; ou seja, você pode ler um sem ter lido o outro.

Quando comecei a ler essa série, era para preencher o vazio deixado por Crônicas Lunares. Agora, quando acabar, ela vai ser mais uma a deixar um vazio. Ainda bem que falta muito tempo para isso. Espero que ela chegue em terras tupiniquins, porque é uma indicação certa para todos aqueles que curtem releituras de contos de fadas.

Shifters and Glyphs está com lançamento internacional previsto para o dia 16 de outubro, infelizmente sem previsão de chegada no Brasil.

Resenhas anteriores
Livro 1 - Wolves and Roses
Livro 1.5 - Moonlight and Midtown

* Traduções feitas por mim

6 comentários:

  1. Oi Lu!! Bem, sem previsão pra ler essa série, mas a trama parece ser boa e que bom que vc curtiu!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi Luiza, tudo bem?
    Que pena que a série ainda não tem previsão para chegar no Brasil, até lá fico aguardando com suas resenhas! Adorei!

    Obrigada pelo carinho. Volte sempre!
    Um super beijo :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lu! Tudo bom?
    Deusa abençoe continuações que ficam à altura do primeiro livro. Amo mais que lasanha.
    Eu lembro dos teus comentários do primeiro volume e fiquei ainda mais animada pra dar uma chance pra série. SE TEM AMIZADE FEMININA BEM ESCRITA SIGN ME ON \o

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu

    Como assim cada um vive o roteiro de Bela Adormecida, Pequena Sereia, Branca de Neve... as autoras cismaram com isso, misericórdia. Cada hora é uma usando isso de base. Nada contra, mas também nada a favor! HahahahaHH
    Sobre essas costas: nham! Hahahah


    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Nossa, ainda não conhecia essa série, que capa Mara hahahahaha
    Bom, pela sinopse o livro faz bem meu estilo, adoro fantasias.
    Fico feliz que a sua leitura tenha sido positiva, fiquei bem interessada na história, apesar de parecer um pouco confusa, pretendo tirar minhas próprias conclusões.
    Obrigada pela dica.

    Beijos - anne and cia

    ResponderExcluir
  6. Oi Luiza tudo bem? Simplesmente adoro livros que contam história de lobos e shifters, estou lendo a série de Janice Ghisleri " Lobos de Ester" que é fantástico, já anotei aqui essa série e pode ter certeza que vou ler, adorei sua resenha, você explicou muito bem que deu para ter uma ideia do que esperar da trama parabéns, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.