26 setembro 2018

Filme #51: Cinquenta Tons de Liberdade


Título Original: Fifty Shades Freed
Sinopse: Superados os principais problemas, Anastasia (Dakota Johnson) e Christian (Jamie Dornan) agora têm amor, intimidade, dinheiro, sexo, relacionamento estável e um promissor futuro. A vida, no entanto, ainda reserva surpresas para os dois e fantasmas do passado como Jack Hyde (Eric Johnson) e Elena Lincoln (Kim Basinger) voltam a impedir a paz do casal.
Elenco: Dakota Johnson, Jamie Dornan, Eric Johnson, Kim Basinger, Rita Ora, Luke Grimes, Eloise Mumford, Brant Daugherty, Arielle Kebel, entre outros
Duração: 106min
Roteiro: Niall Leonard
Produção: Mike de Luca
Direção: James Foley

Finalmente pude conferir Cinquenta Tons de Liberdade e digo com tranquilidade que os filmes foram bem melhores que os livros.

Quem leu minha resenha do livro sabe o quanto eu sofri para terminar a trilogia. Para mim, esse livro foi um completo retrocesso da relação de Christian e Anastasia. Esse filme, assim como os outros dois, conseguiu capturar o importante da história e adaptar de modo relativamente fiel. Eu só pude dar graças a Deus que deixaram de lado todos os pitis do Christian (e olha que foram muitos) e mostrar como se não houvesse o retrocesso que teve no livro.

O filme tem um pouco mais de 1h45m mas que passam bem rapidinho até. Apesar de no início achar que as cenas cortavam muito do nada e sem muita conexão, isso não atrapalha no ritmo do filme. Na reta final tem uma pequena açãozinha e achei que foi melhor executado aqui que no livro.

Falando dos três filmes, eu curti bastante as adaptações, até que os próprios livros. Souberam dosar as cenas de sexo, principalmente nesses dois últimos. OK que os livros são do gênero erótico, mas chegou um momento que eu já não aguentava mais e pulava os capítulos de sexo (sim, não eram somente cenas, mas capítulos inteiros de 10, 15 páginas). Na minha concepção, a história foi melhor contada nos filmes que nos livros.

Dakota Johnson como Anastasia foi a melhor coisa que aconteceu nessas adaptações. Ela conseguiu dar uma voz mais firme para a personagem em certas situações. Já o Jamie Dornan de Christian conseguiu passar nos filmes (não tanto no primeiro) um Christian menos robô do sexo e da possessão.

No fim das contas, toda a trilogia Cinquenta Tons não são filmes tão memoráveis assim, mas foram bem feitos e com certeza agradaram os fãs dos livros. (Ou pelo menos aqueles que leram)



Considerações finais
- Aquela montagem no final de Anastasia pensando em todos os seus momentos com Christian e eu pensei “Amanhecer parte 2, é você?”

9 comentários:

  1. Oi Luiza,
    Confesso que nunca li a trilogia pois não me despertou interesse.
    Mas assisti os filmes e acabei gostando, mas ainda não tive oportunidade de assistir esse.
    Que bom que pelo menos o filme valeu a pena, ne?
    Mas acho tão triste quando o filme fica melhor, deveria ser crime! rsrsrs

    Fiquei curiosa para assistir depois das suas observações e certamente vou me atentar para a parte do Amanhecer kkkkk. Adorei!

    Abraço,
    Fernanda
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu assisti aos filmes a um tempo atrás, eu gostei dos filmes, realmente foi bem feito, nunca cheguei a ler os livros, mas dos filmes eu gostei bastante.

    Beijos!!
    https://sentimentos-de--uma-garota--bipolar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lu!
    Olha, eu até gostei dos livros, mas também acho que os filmes foram melhores trabalhados. Até consegui gostar mais do Jamie nesse filme, sabia? Ah, e quando as cenas do final serem parecidas com a de Amanhecer, acho que foi de propósito. Afinal, os livros são fanfics de Crepúsculo. Foi uma sacada legal!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu
    Faz tanto tempo que eu assisti o filme que nem lembro mais. Dá pra ver que a Dakota consegue melhorar bastante, mas aquele final meia-boca nunca vou superar, aff.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Luiza.
    Eu li os livros na época em que lançou, e como ainda não tinha enjoado do gênero eu gostei deles. E assisti somente o primeiro filme mais para ver como ia ser mesmo. Não sei se vou assistir os outros hehe. Acho que a ideia da história funciona melhor visto do que lido.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Hello!
    Bom, eu não quis ler, nem assistir, então, vou dar uma de Glória Pires: não posso opinar! Hahahahah...

    Beijoooo 💓

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu! Vi o primeiro filme, mas não curti. Já os livros eu não li nenhum deles, não descarto a possibilidade da leitura, já os filmes eu deixo pra lá. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. A verdade é que não sou fã de filmes romanticos, mas adorei esse filme. Vi que Jamie Dornan faz parte do elenco e adoro como ele se desenvolveu em sua perosnaje. Já vi outros filmes do ator e acho que é excelente, recentemente vi o do Meu Jantar Com Hervé e recomendo muito. Eu acho que é um dos melhores movie drama 2018. Você não deve parar de ver isso. Espero poder seguir de pertos seus próximos projetos para a evolução do seu trabalho. Realmente recomendo!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.