05 julho 2018

Resenha #294: Outrun The Wind - Elizabeth Tammi (Flux)

Título: Outrun the Wind
Título Original: ---
Autor: Elizabeth Tammi
Série: ---
Páginas: 320
Ano: 2018
Editora: Flux
Sinopse*: As Caçadoras de Artemis devem obedecer a duas regras: nunca desobedecer a deusa e nunca se apaixonar. Depois de ser resgatada de uma vida angustiante como um Oráculo de Delfos, Kahina está feliz por fazer parte da Caçada; viver entre um grupo de mulheres guerreiras lhe dá uma chance de recuperar sua força, mesmo enquanto seus poderes proféticos permanecem. Mas quando uma missão de rotina dá errado, Kahina quebra a primeira regra para salvar a lendária caçadora Atalanta.
Para ganhar de volta o favor de Artemis, Kahina deve completar uma tarefa perigosa no reino de Arkadia - onde se revela que a filha do rei não é outra senão Atalanta. Ainda se recuperando de sua busca desastrosa e da insistência de seu pai no casamento, a Atalanta não sabe o que fazer com Kahina. À medida que sua conexão com Atalanta se aprofunda, Kahina se vê em perigo de quebrar a segunda regra de Artemis.
Kahina ajuda a Atalanta a conceber um jogo perigoso para evitar o casamento, e a notícia se espalha por toda a Grécia, atraindo pretendentes dispostos a tentar o destino para enfrentar Atalanta em uma corrida por sua mão. Mas quando os homens responsáveis pelos passados sombrios das meninas chegam, o jogo se torna mortal.

 *ARC recebida através do NetGalley em troca de uma opinião honesta*

Outrun The Wind foi uma ARC que recebi através do NetGalley. De início, a sinopse me chamou atenção. Depois de ler algumas reviews no Goodreads, descobri que a história é uma releitura do mito de Atalanta, uma das mais famosas Caçadoras de Ártemis.

Kahina e Atalanta são de personalidades bem parecidas. Ambas são determinadas, inteligentes, corajosas e resilientes. Porém, enquanto Atalanta é impulsiva, Kahina escolhe que batalhas valem a pena serem enfrentadas.

Por ter salvo a vida de Atalanta, Kahina é meio que banida da Caçada e precisa lutar pelo seu lugar de volta. Esse detalhe faz com que ela tenha uma raiva crescente contra Atalanta e esta não faz nem ideia do porquê de toda a hostilidade da parte de Kahina.

À medida que as duas vão convivendo, a relação entre as duas começa a mudar. A autora desenvolveu bem o relacionamento entre as duas, passando dessa hostilidade para uma amizade e companheirismo e, depois, algo a mais. No meu ver, Kahina já sentia alguma coisa por Atalanta. Por ordens de Artemis, Kahina e outras duas caçadoras foram enviadas para ficar de olho em Atalanta, já que ela prometia ter potencial para uma futura caçadora.


A escrita da autora é um tanto poética nas suas descrições, porém bem fluída e envolvente. Minha única ressalva com o livro é o começo, que é um tanto parado, e o tamanho de alguns capítulos.

Nos agradecimentos, a autora deixou claro que mudou alguns detalhes da história original, mas deixou sua essência, se transformando assim em uma história onde duas garotas querem fazer seu próprio destino. Outro ponto interessante que autora levanta na história é a questão da mulher na sociedade e o machismo. Esses dois pontos circulam o personagem Hippomenes. O cara é completamente misógino e realmente fere o orgulho dele ver mulheres em uma posição de poder. Bom… só posso dizer que ele teve o final que mereceu.

Apesar de alguns furos, Outrun The Wind foi uma leitura interessante. O livro está com previsão de lançamento internacional para novembro desse ano.

* Tradução feita por mim

11 comentários:

  1. Oi Lu,

    Há muito tempo que não leio histórias nesse estilo e perdi um pouco interesse, na realidade.
    A sinopse me deixou um pouco confusa, acho que não estou com a mente aberta para essa leitura, mas pelo jeito promete ser uma leitura interessante para quem gosta do gênero.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oiii Luiza

    Eu nunca tinha lido nada com essa premissa, releituras estão com força total e essa aí é no mínimo diferente, original. O que me deixa com o pé atrás são capitulos largos demais, nossa, isso me cansa muito e faz minha leitura quase sempre decair (a não ser que o livro seja muito, mas muito bom).

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu, tudo bem?
    Interessante a premissa, e a capa é bem bonita também!
    Vim te convidar a responder uma Pesquisa de Opinião lá no blog :D Você é uma das minhas leitoras mais antigas e eu adoraria ter sua resposta por lá, se desejar.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu!
    Não conhecia esse livro, mas fiquei interessada, porque adoro mitologia grega.
    :D
    Eu conheço um pouco da trama das Caçadoras de Artemis, por causa dos livros do Percy Jackson, hahahahahaha.
    Vou ficar de olho no lançamento aqui no Brasil.
    :)

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu
    Eu vi essa capa e achei ela linda demais, mas nem de longe faz parte de um gênero que eu me dedicaria a ler. Se o começo é parado, dificilmente conseguiria ir em frente com a história.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  6. Uau, essa capa na encantou demais, eles arrasaram na apresentação. Mas, acho que não iria gostar pela história ser bem parada.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu, tudo bem? Que capa linda!! Gostei do tema sobre o machismo e acho bacana vc avisar sobre o começo, assim ninguém desiste! rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto de escrita poética, ficaria bem encantada por isso haha.
    Já fiquei interessada.
    Bom saber que a narrativa e a história são envolventes.

    Tenha uma ótima noite!

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lu!

    Ainda não conhecia a obra, mas já fiquei interessada quando comentou que era baseada no mito de uma das caçadoras de Ártemis. A história tem tudo pra ser ótima!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Lu

    Como eu disse lá no IG, quase solicitei essa ARC, mas como tem mitologia eu desisti.
    Bacana que a autora levanta questões machistas, misoginia sempre precisa ser discutida.

    Mulher, eu li TTWY, só não resenhei ainda pq sou uma fraude! Hahahaha
    Mentira, pq com o TCC atrasei a porra toda agora tô me lascando pra colocar em dia e estou dando prioridade para as parcerias.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eu vi esse livro entre as possíveis solicitações do Netgalley mas esperei tua resenha pra ver como me sentiria a respeito. Que bacana a autora trazer discussões sobre o machismo e a mulher na sociedade; se foi bem trabalho, deve ser uma pauta bem interessante pra história! Ainda mais porque MAIS FEMINISTA QUE A ARTEMIS IMPOSSIBRE.
    Adorei a resenha! Mesmo com as ressalvas, vou procurar *-*

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.