01 junho 2018

Filme #41: A Barraca do Beijo


Título Original: The Kissing Booth
Sinopse: Melhores amigos desde sempre, Elle (Joey King) e Lee (Joel Courtney) têm a inventiva ideia de gerenciar uma barraca do beijo durante um evento da escola. Para fazer da proposta um sucesso, a garota tenta convencer o galã Noah (Jacob Elordi), seu crush e irmão mais velho de Lee, a participar da brincadeira. Ele mostra-se irredutível, mas os dois acabam se aproximando como nunca, o que estremece a amizade de Elle e Lee.
Elenco: Joey King, Jacob Elordi, Joel Courtney, Molly Ringwald, Meganne Young, Morne Visser, entre outros
Duração: 105min
Roteiro: Vince Marcello
Direção: Vince Marcello


Finalmente me rendi a esse tão falando A Barraca do Beijo… Pela nota, vocês já sabem que vem polêmica por aí.

Vamos começar pela parte positiva do filme. Gostei muito da fotografia, direção e figurino até.. Tudo num clima bem praiano bem cara de Los Angeles mesmo. Gostei também do ritmo da história. Apesar de não ter gostado 100% do filme, não fiquei entediada em nenhum momento e as 1h45min passam até que rápido.

Outro ponto positivo é a trilha sonora. Vocês sabem que eu sou muito apaixonada por trilhas sonoras de filme, principalmente quando ela complementa e te faz entrar no clima. A desse filme não fica atrás. Bem alto astral, divertida e jovial, com certeza vou ouvir mais algumas vezes nessa vida.


Agora sim vamos polemizar porque se não for pra fazer isso, eu nem posto nada sobre o filme.

De início, eu achei a amizade entre Elle e Lee bem fofinha, daquelas que a gente quer pra vida. Mas a partir do envolvimento dela com Noah, eu cheguei a conclusão a amizade deles é um tanto tóxica da parte do Lee. OK, deve ser paia sua melhor amiga namorar seu irmão gostosão e tals… mas, se você realmente considera a pessoa melhor amig@ do mundo, você tem que tentar ser feliz por ela e não praticamente fazê-la escolher entre seu melhor amigo e o cara que ela está se relacionando.

Fora o fato da Elle meio que sacrificar sua felicidade em nome da felicidade do amigo. Se for pra ter uma amizade assim, eu dispenso. Isso porque eles tem uma regra sobre sempre ficar feliz com a felicidade do outro. Só observo como essa regra se aplica a um lado...

Outro ponto que eu não curti muito na história: ele mesmo, Noah Flynn. Esse cara precisa ter um tratamento de como controlar sua raiva, na moral. Teve uma certa cena que eu não consegui deixar de compará-lo com Travis Maddox (Belo Desastre). Eu só consegui gritar daqui MIGA, FOGE QUE É CILADA!!!! Eu mesma teria saído correndo, sem nem olhar para trás. Praticamente tudo ele só queria saber responder na porrada. Eu fiquei tipo wtf.

Algumas atitudes da Elle também me deixaram bem decepcionadas. Porém a que vou citar a seguir foi a gota d’água para disparar a ribanceira. Então, se não quiser pegar spoiler, sugiro que pule o próximo parágrafo.

Tipo assim… você está aqui de boas quando de repente o cara dá um tapa na sua bunda. Claramente você fica ultrajada, correto? Isso até a página dois, quando ele faz um espetáculo de pedido de desculpas e assim, já que ele está arrependido, você aceita sair com ele. Gente!!!! MEU DEUS TIPO ASSIM MANOOOOOOOO

Todas essas problemáticas eu discuti com uma amiga (olha você aparecendo aqui, Brunna!) e ficamos nos questionando se somente nós duas vimos isso porque eu não vi ninguém comentando nada disso. Olha que eu não vou nem entrar em detalhes de uma certa cena no letreiro de Hollywood… ou então de um aluno que vivia tirando foto DE TUDO e ninguém nem ia atrás para reclamar da utilização de sua imagem sem autorização.

Aí chega esse bando de drama para ter aquele final. Gente, eu me revoltei com aquele final. Foi algo próximo da realidade? Sim. Mas depois de todas as tretas pra terminar daquele jeito, de uma conformidade só, eu fiquei muito revoltada.

Então, é essa minha opinião sobre o filme que caiu nas graças da galera, mas infelizmente não foi dessa vez que caiu na minha.


Considerações finais
- Na moral, o cabelo da Joey estava parecendo uma peruca artificial. Vamos dar um banho de hidratação nele, miga.
- Socorro que minhas costas doíam toda vez que rolava os beijos entre Elle e Noah. Misericórdia que este homem vai ter problemas na lombar futuramente.

16 comentários:

  1. Nossa Lu!!! Sério?
    Eu gostei bastante!
    Sobre essa questão do 'tapa na bunda', vou te contar que na minha época de escola era comum. Não, eu não aceito e não acho certo. Muito pelo contrário, mas achei realista, sabe? Garotos conseguem ser ridículos e presunçosos quando querem.
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu!
    Deus me livre desse filme. Alem de a coisa mais batida do seculo, eu tive zero interesse so em ve o titulo. E depois dos teus comentarios, com esse relacionamento abusivo embutido ai, com certeza nao vou ver. Deixa pra quem gosta. Rola nao Faro kkkk.

    Abraços
    David
    Território Geek Nerd

    ResponderExcluir
  3. Cara eu já não tava tão afim de ver, agora então...
    Não sei porque, mas os caras não cansam de fazer esses filmes clichezões de péssima qualidade. Fazem um escarcel na divulgação, mas na hora do vamos ver decepcionam.
    Nem quero assistir
    deus me dibre!

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oii Luiza.
    Se fosse eu pensaria a mesma coisa. Sim, se minha amiga namorasse meu irmão eu ficaria feliz, com cara de bleh, mas feliz.
    E sério, eu senti vontade de pular na Elle e enfiar a mão na cara dela.
    Francamente.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  5. Oii Luiza.
    Se fosse eu pensaria a mesma coisa. Sim, se minha amiga namorasse meu irmão eu ficaria feliz, com cara de bleh, mas feliz.
    E sério, eu senti vontade de pular na Elle e enfiar a mão na cara dela.
    Francamente.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  6. ai sei lá esse filme, to lendo varias opiniões controversas mas acho que vou passar viu

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  7. Oie Lu =)

    É tanta gente falando desse filme que se ele não for bom, vou brigar com todo mundo XD

    Já adicionei ele na minha lista da Netflix e vou aproveitar a folga prolongada para conferir.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  8. Aquele momento que agradeço aos céus por não ser cinéfila e não correr o risco de gastar duas horas da minha vida com uma coisa dessas! mkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, eu tive uma visão completamente diferente da sua. Eu concordo com a Alê na questão do rapaz idiota e aliás, acho que isso torna a personagem mais humana, sinceramente eu prefiro assim do que personagem mega certinha, tudo certinho demais não tem graça nenhuma além de ser bem superficial. Outro ponto é o do plot do amigo, se não tivesse não teria filme, né? rsrs Lee é egoísta, mas entende que a amiga ama o irmão e aceita os dois. O caso do garoto que tira foto era para o baile todo mundo sabia, ou ao menos me pareceu que sabiam rsrsr Não era nada demais.. rs Enfim, que pena que vc nao curtiu, pra mim foi bem divertido, até espero a continuação rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oi, Lu! Tudo bom?
    EU VENERO UM POST E É ESTE.
    Li as várias polêmicas do filme e confesso que quero assistir só pra poder criticar com embasamento, porque olha, sinceramente. 2018 e uma história passando esse tipo de relacionamento controlador (seja de amizade ou romântico - que é bem o caso do cara né, pelo que eu li a respeito) deus me dibre, não dá.
    PS.: Sempre que vejo um post sobre esse filme preciso comentar que eu tenho nervoso e agonia de ver esses 2 juntos porque a guria parece ter 13 anos e ele parece ter 25??? ME LEVA JESUS QUE HORROR.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Lu

    Sua opinião não é muito diferente da que estava rolando no twitter. Honestamente não vi nada muito alarmante no filme, achei leve, divertido e fofo.
    Tenho minhas ressalvar acerca do comportamento do Noah? Sim, mas tinha também em relação ao de Dean DiLaurentis, por exemplo, e amei o Dean, assim como N protagonistas dos NA da vida que começam babacas e vão melhorando.
    Lee de fato é egoísta e é por isso que eu achei (e até comentei na minha postagem) que o filme tem uma singela mensagem sobre individualidade. Bastava Elle se posicionar e chamar o Lee pra realidade assim como ela fez no final.
    Sobre o fotógrafo, todo mundo sabia, ele estava tirando foto de tudo pq ia ser o tema do baile.
    Mas enfim, não estou aqui pra mudar sua opinião, é até bom que haja mesmo opiniões diferentes, assim quem não curtiu pode se identificar com sua postagem.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu! Eu ainda não assisti, mas você é a primeira que vejo não caindo e amores pelo filme. Foi bom ter uma visão diferente da história. E já vou assistir com menos expectativas. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  13. Oi, Lu
    Eu acho que tem filme que a gente não pode ficar analisando demais. Se ele não for entrar pros favoritos do Óscar, então nem precisa ficar comentando sobre tudo que tem nele. Eu gostei do filme, não vi nada demais assim, é bobinho mas agrada. É claro que se fomos parar para analisar tudo ai ele começa a ter problemas, mas o intuito dele é só divertir e fazer a gente se apaixonar pelo casal, nada além disso.
    Eu também detestei o jeito que o Lee fazia a Elle ter que escolher, mó filho da puta ele, mas ok né.
    Eu também senti agonia de ver eles dois juntos porque ele é muito alto, deus me livre.
    Mas mesmo assim eu curti muito o filme e vou assistir o segundo.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Lu!
    Eu ainda não assisti e quero muito ler o livro antes, por isso estou esperando um pouco mais. A sua resenha é a primeira que toca nesses problemas e eu estava achando que ia encontrar o melhor filme do mundo antes de ler o que li por aqui hahaha
    É bom saber os pontos negativos, assim já fico ligada quando for ler e assistir.
    E menina, eu também penso muito isso sobre as costas dele! Principalmente quando fiquei sabendo que eles namoram na vida real... Como pode, né?
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  15. Olá, Luiza.
    Eu gostei muito do filme. E até concordo com os pontos que você levantou, mas acho que o objetivo do filme era divertir e isso foi cumprido. Se for para levantar pontos do tipo acho que não leria nenhum livro New Adult poque todos eles tem esses problemas que você citou. Quanto ao amigo não aceitar o namoro dos dois acho que é porque ele conhece o irmão melhor do que ninguém hehe. E também me dava calafrios dos dois se beijando hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  16. Oi Lu! Tudo bom?
    Tô querendo assistir esse filme pra formar uma opinião também, tenho lido resenhas tão controversas que estou até confusa do que pensar kk
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.