22 maio 2018

Resenha #281: Wires and Nerve - Marissa Meyer (Feiwel and Friends)

Título: Wires and Nerve
Título Original: ---
Autor: Marissa Meyer
Série: Wires and Nerve #1
Páginas: 240
Ano: 2017
Editora: Feiwel and Friends
Sinopse*: Em sua primeira graphic novel, a autora de best-sellers Marissa Meyer amplia o mundo das Crônicas Lunares com uma novíssima história repleta de ação sobre Iko, a andróide com um coração de ouro (mecanizado).
Quando bandos desonestos de soldados híbridos-lobo ameaçam a frágil aliança de paz entre a Terra e a Lua, Iko se encarrega de perseguir o líder dos soldados. Logo ela está trabalhando com um belo guarda real que a força a questionar tudo o que sabe sobre amor, lealdade e sua própria humanidade. Com as aparições de Cinder e do resto da tripulação de Rampion, este é uma leitura obrigatória para os fãs da série best-seller.



Dizer que amo a série As Crônicas Lunares dá no mesmo que falar que o céu é azul. Os livros circularam nas melhores leituras do ano passado e até hoje procuro uma série para tapar o buraco que essa deixou na minha vida.

Depois de muito namorar e desejar, finalmente aproveitei uma promoção marota na Amazon e comprei as graphics novels lançadas. Pra quem não leu a série completa, eu indico ler antes por motivos de muitos spoilers.

Na cronologia dos acontecimentos, Wires and Nerve se encaixa depois de Winter e antes do conto Something Old, Something New (presente no livro Stars Above(Ow Rocco, bora agilizar o lançamento dele aqui, ok?); a história se passa um ano depois de tudo que aconteceu em Winter. Apesar de contar com a presença do melhor bondinho que já existiu, os volumes focam na melhor androide que esse mundo já viu, Iko.

Nostalgia é o que reina nesse volume. Além de acompanharmos Iko em sua missão na Terra, temos também sua interação com os personagens que amamos e sofremos juntos. E o mais legal é ver que, apesar de tudo que a equipe da Rampion passou, eles permanecem os mesmos. OK, a fama subiu um pouco na cabeça do Thorne, mas isso já era de se esperar né?


Nesse volume, temos uma maior participação de Thorne e Cress. Gente, eu amo muito meus pais. Cress é a personagem de maior crescimento na série e aqui vemos o quanto ela é uma pessoa mais confiante de si. Para muitos Thorne ainda passa aquela imagem de malandrão, mas com Cress ele é um amor de pessoa e super romântico. Eu já disse que amo meus pais?

Temos também uma pequena participação de Scarlet e Wolf, que também amo de paixão. E essa participação já é meio que o prelúdio para todos os acontecimentos do conto Something Old, Something New.

Gostei muito do foco da história ser Iko. Ela é uma personagem maravilhosa e rende muito pano pra manga a ser explorada por conta da sua personalidade bem diferente de qualquer IA entre a Terra e Luna. E é a partir das farpas trocadas com um certo Liam Kinney (que aparece lá em Winter) é que Marissa levanta muitos questionamentos sobre o que é ter sentimentos de verdade, sendo humano ou não.

Confesso que eu não curtia muito o Kinney lá em Winter, porém vendo a sua lealdade com Cinder, ele ganhou meu coração. Bom, até a página dois, que é quando ele começava a falar umas coisas nadas legais pra Iko e eu queria arrastar a fuça dele no asfalto quente com brita. Porém, sinto que ele ainda vai aprender algumas lições bem importantes com ela.

Uma personagem que eu gostei muito foi Tressa, irmã do Liam. Iko e ela são bem parecidas na personalidade e as duas juntas dão muita dor de cabeça em Cinder na questão do visual. Ela também dá uns chega pra lá no Kinney e sua implicância com Iko.

Eu não sou muito de ler graphic novels e HQs, então não sei muito o que comentar sobre a edição. Mas eu adorei que a capa dura permaneceu o mesmo desenho da jacket. Os traços me lembraram aqueles desenhos da Cartoon Network (que não sei o nome de nenhum agora). Minha única reclamação é o meu desejo de que ela fosse colorida e não em tons de azul. Não entendi por que é assim, mas tudo bem…

Wires and Nerve não termina num gancho gigante propriamente dito, mas deixa um gosto de curiosidade e querendo logo a continuação, Gone Rogue.

* Traduções feitas por mim

13 comentários:

  1. Oi Lu,
    Eu preciso ler As Crônicas Lunares e olha que eu tenho os dois primeiros no kindle, mas sempre vou adiando :(
    Mas uma 'continuação' graphic novel? Que diferente! E vou te falar que também não sei o que falar sobre uma edição assim, só vejo falarem de traços HAHAHAH
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Mesmo não sendo o meu gênero favorito, gostei da premissa. É a primeira vez que vejo algo sobre esse livro. Amei o post!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu, não é muito meu estilo de leitura preferida, mas adorei sua resenha, parece ser bem interessante
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  4. Eita Lu, isso que é saber explorar a própria história! Eu gosto de HQs, já achei essa interessante!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu!

    Conheço a série, mas confesso que nunca tive lá muito interesse de ler. Fico feliz de saber que você curtiu esse volume, e imagino só a sua alegria quando comprou na Amazon hahaha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lu! Tudo bom?
    Essa HQ foi a realização de todas as minhas horas vitais gastas em fanfics e DEUS ABENÇOE MARISSA MEYER POR ISSO ASKJFNASUOGABGASUOBASG Cresswell por que me matou? Eu realmente não sei o que dizer sobre esses dois, só sentir e ficar estendida no chão morrendo pra sempre.
    Kinney e Iko meu deus que otpzão. Não tem UM SHIP UM FUCKING SHIP que essa mulher escreva e não seja um tiro de bazuca no peito. Amo.
    Preciso do volume 2 só que infelizmente está custando 1 rim e o desemprego tá foda ç_ç

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lu

    Ta aí uma outra autora que não desapega! Hahahah
    Eu também não sou muito de HQ/GN. Junte isso ao fato de eu não curtir a proposta dos livros dela...
    Mas que bom que a autora permanece alimentando sua fome e lhe fornece doses desse universo aí! Hahahha


    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. beautiful blog! I really like how you write
    and what you give photos. wonderful!
    I have a question, you will agree to follow for follow?
    I like to be in touch with inspirational blogs.
    Greetings from Poland!
    ayuna-chan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Luiza,

    Essa série parece muito boa e eu gostaria muito de ler, ótima resenha....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oiiii Lu

    Eu tenho pendente Renegades, da mesma autora e parece que a premissa, essse toque de aventuras coincide com essa série também. Nunca tinha prestado atenção à este, ams agora fiquei com vontade de ler..

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  11. Não é um gênero que me atrai, mas sua resenha atiçou curiosidade em mim!

    Beijos! =)

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu! Só amor por essa série, li ano passado e tenho maior carinho por todos os personagens. A Iko merecia mesmo este espaço. Amei! Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu!
    AFFF, SOFRO PQ EU QUERO LER ESSA HQ T.T EU vou me arriscar em inglês e me matar tentando entender alguma coisa. SOFRO DEMAIS. Pq só Deus sabe se essa HQ chega aqui. Com a rocco lenta do jeito que é. Capaz de nem chegar.
    MINHA CRESS É UM BB E EU QUERO PROTEGÊ-LA <3 Amo demais. Ela e o Thorne são meus favoritos. Naõ tem como não amar. MAS O BONDINHO INTEIRO É DIGNO <3 AFF. Baita buraco você deixou Marissa Meyer.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.