13 fevereiro 2018

Resenha #253: Deixa Dizer que Te Amo - Sinéia Rangel

Título: Deixa Dizer Que Te Amo
Título Original: ---
Autor: Sinéia Rangel
Série: Família Allencar
Páginas: 165
Ano: 2017
Editora: Independente
Sinopse: Deveria ser um dia comum de plantão, quando foi notificado para comparecer a emergência do hospital, Gustavo não esperava que a vida fosse colocar nos seus braços o seu grande amor.
De repente, o mundo havia virado de ponta-cabeça, ele que sempre acreditou que era jovem demais para confessar os seus sentimentos por Júlia, não tinha mais tanta certeza assim, ela estava morrendo, bem diante dos seus olhos.
Agora, tudo o que Gustavo quer é uma chance de dizer "eu te amo".


Começo essa resenha deixando um recadinho para esta malévola que atende pelo nome de Sinéia Rangel: NÃO QUERO MAIS BRINCAR CONTIGO!!! Sei que tu achas bonito fazer os leitores sofrerem, mas isso não é legal com as coleguinhas. Como se eu precisasse de mais desgraçamento nessa vida...

Deixa Dizer que Te Amo é um conto spin-off de Rafani. Antes que o terror se instaure, não é preciso ler o livro, mas super recomendo que o leia porque é selo babado de qualidade. Esse conto é focado em Gustavo (filho de Rafani) e Julia.

O conto tem um pouco mais de 100 páginas, mas são páginas de muita dor e sofrimento que já começa desde o prólogo. Creio que desde Confesse eu não lia um prólogo que me deixasse arrasada no chão frio chorando em posição fetal. Daí pra frente, o gif abaixo descreve os sentimentos.


Deixa Dizer que Te Amo é dividido em duas partes; a primeira narrada por Gustavo e a segunda por Julia, ambas em primeira pessoa. Os dois se conhecem desde criança e rola um sentimento forte e verdadeiro de amor entre eles. Porém, entretanto, todavia, por conta do receio (e muita cachorrada) de Gustavo e sua aversão a compromissos, os dois vivem uma relação de vai e volta. Até que um acidente quase ceifa a vida de Julia e Gustavo se vê com medo de perder a mulher amada.

Olha, na moral.. Gustavo tinha todo o pacote que um macho deve ter para que eu o odiasse, mas isso foi impossível. Gostei que ele sofreu para reconquistar Julia? Gostei e muito porque ele precisava sofrer para saber o que ela sofreu em todos os anos desse “relacionamento” entre os dois. Em suas narrações, vemos toda a agonia e sofrimento dele em relação a Julia e é impossível não simpatizar e sofrer um cadinho junto. E isso é sério, minha gente… Eu estava decidida a fazer dos olhos (e outras partes) de Gustavo churrasquinho, mas o sofrimento dele é tão real e palpável que esse sentimento logo ia embora.


Julia praticamente nasceu de novo. O acidente deixou muitas cicatrizes e sequelas em seu corpo e quase tira sua vontade de viver. Em sua parte da narração, a vemos reaprender a viver enquanto tenta decifrar seus sentimentos referentes a Gustavo. Nem preciso dizer que é sofrimento à vista né? Julia sabia que o pior para ela era a esperança de que Gustavo pudesse querer algo a mais. Quando ela percebeu que isso só aconteceria no dia que o inferno congelasse, ela deu um basta na situação toda, seguindo com sua vida e à procura da felicidade.

Agora, não vá achando que só porque Gustavo de repente é adepto do lema “a vida é muito curta por isso vamos ficar juntos” que Julia deixou se envolver de novo nessa teia maluca entre os dois. Apesar de sim, ainda amar Gustavo, ela decidiu que precisa cuidar de si primeiro e reaprender a viver. Julia Ruriz, eu te venero! Pisa menos eu te imploro! Tenho certeza que não é fácil dizer “não” quando a pessoa que você ama diz que quer ficar com você, mas Julia o fez e adorei essa força de vontade dela.

Em ambas as partes, somos apresentados a alguns acontecimentos do passado dos dois e vemos o quanto Gustavo foi realmente bem escroto com Julia. (Esse é formado na mesma escola que Miles Archer, de O Lado Feio do Amor) Por isso eu digo que o sofrimento foi bem merecido e ainda sofreu foi pouco. Ao mesmo tempo, vemos que ele também se martirizava por achar que não era merecedor do amor de Julia. Do outro lado, sofremos com Julia e seus sentimentos nem tão correspondidos por Gustavo. Quem nunca sofreu por amor, que atire a primeira pedra.

Sineia, amiga, você é uma das poucas autoras que consegue fazer alguns milagres nessa pessoa que vos fala. Um deles é envolvendo seus machos Allencar. Assim como Sam e Murilo (de Rafani), Gustavo é aquele tipo de cara que você realmente deve passar longe e odiar as suas atitudes, sempre pensadas com a cabeça de baixo. Mas, assim como Rafani, tem uma mulher que os fazem analisar e perceber que a vida é mais que somente sexo casual por aí. (Sempre usando camisinha porque né… pelo menos nisso eles são conscientes)

Eu sei que tudo relatado aqui tende para um final nada feliz, mas o modo com Sineia conduz toda a história vale a pena toda a dor e sofrimento. Acho que já dei motivos suficientes para adicionar Deixa Dizer Que Te Amo na lista de leitura. Por isso, não pense duas vezes e prepare seu coração (e algumas caixinhas de lenço)

18 comentários:

  1. Oi Lu,
    Eu adoro sofrer, já coloquei esse livro na lista de desejados. HAAHHHAHA
    Nossa, fiquei mega curiosa!!!!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie

    Não conhecia, mas teus comentarios me deixaram curiosa e com vontade de conhecer as outras obras do autor.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu! Tudo bom?
    É um dos tipos de livros que eu leria, me interessei pela sinopse e sua resenha. Julia parece ser o tipo de personagem que eu admiro, e o Gustavo deve se fazer muito de "cachorrinho abandonado" hahaha. Foi bem engraçado vc dando recadinhos pra autora. Por isso gosto das suas resenhas! Elas são ótimas!
    Um beijo!
    Sonho Inverossimil

    ResponderExcluir
  4. Risos. Gritos. Suspiros. Mais risos. E gritos. E suspiros. Assim foi a minha reação durante a leitura desta resenha. Valeu cada segundo de espera, Lu! Quase morri com a menção a Confesse, depois mais CoHo e "ahhhh". Obrigada, Lu!

    ResponderExcluir
  5. Olá Luiza! Tudo bem?
    Não conhecia esse prólogo, mas não sou muito fã de coisas tristes.
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre que será sempre bem vindo(a).

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Já vi que terei com ler com caixinha de lencinho do lado RSrs Não conhecia o livro e já anotei aqui mais esta dica.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oii!
    Não conhecia a autora nem seu livro! Fiquei bem curiosa com sua resenha super empolgada com a leitura. Ótima resenha ♥

    Beijão!
    https://blogperdidanasnuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Bem com a sua resenha tão intensa já fiquei bastante curioso com o livro e esse spin-off!!! Também sou desses que gosta de sofrer x)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lu!
    Nunca li o livro, mas lendo sua resenha lembrei do spin-off de A Promessa da Rosa (A Sombra da Rosa), você conhece? Ambos mostram o sofrimento do protagonista para reconquistar o amor da amada. Mas, de sofrimento a vida já está cheia, né? rs. Estou fugindo desse tipo de romance, por enquanto..
    Beijos

    Versos e Notas

    ResponderExcluir
  10. Hahaha. Eu ri com a sua resenha.
    Não conhecia a autora e nem o livro.
    Parece uma boa trama para se ler, principalmente nesse feriadão chuvoso que está por aqui.

    Beijos,
    Natalia
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oiii Lu

    O que vale é sempre os sentimentos que a leitura desperta na gente e pela resenha se nota que valeu a pena pra ti, pois vc conectou com os personagens e com a história. Não conhecia esse spin off e nem a história principal, mas já ouvi falar da Sinéia.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu! Meu Deus se vc que tem um coração peludo e frio sentiu tudo isso, imagina eu!! Vou em acabar de chorar hehehehehehe e sempre leio resenhas positivas da autora, ainda quero conferir as obras dela!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Oi
    não conhecia a história e depois de ler a resenha me interessei apesar de que eu li o leitor vai sofrer na leitura, mas deve valer a pena, que bom que gostou de ler.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Lu, tudo bom?
    Falou em drama e angst bem desenvolvidos pro casal principal SIGN ME UP FOR THIS. Fico muito aliviada por saber que o protagonista masculino não é aquele esteriótipo babaca típico de romances nesse estilo, EU TÔ MUITO TRAUMATIZADA COM AS MINHAS ÚLTIMAS LEITURAS, BICHO.
    E que a deusa abençoe uma história que dá importância pra auto-estima da personagem feminina e dá poder pra ela se redescobrir sem precisar da ajuda de macho (oi @ Colleen Hoover dá vontade né?)
    Vou adicionar aqui pra procurar, adorei a premissa toda.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, Lu

    Eu sou do time da sofrência, então drama e rasgação é comigo mesmo! Hahahaha
    Eu já tinha dito lá no IG que não lembro a história de Rafani... tinha feito uma nota mental para procurar sobre ele e esqueci, vou ver isso agora.
    E fiquei impressionada de caber tanta coisa em cento e poucas páginas! Hahahaha

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  16. Oii Lu, não conhecia o livro e nem a série, mas fiquei curiosa , já vi que vou ter que preparar os lencinhos para ler esse livro.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá, Lu!
    Li Rafani e amei demais, com certeza vou incluir esse conto na minha lista de leitura. Ansiosa para me surpreender mais uma vez com esses personagens que só a Sineia sabe criar!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  18. Oi Lu!
    Estou impactada com sua resenha, o conto tem um pouco mais de 100 páginas e parece ser bem arrebatador. Já fiquei com raivinha do Gustavo e adorei a Julia, que se colocou em primeiro lugar - antes mesmo de um amor tão forte. Espero ter oportunidade de ler Rafani e esse conto algum dia :D
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.