14 fevereiro 2018

Filme #35: Lady Bird - A Hora de Voar


Título Original: Lady Bird
Sinopse: Christine McPherson (Saoirse Ronan) está no último ano do ensino médio e o que mais deseja é ir fazer faculdade longe de Sacramento, Califórnia, ideia firmemente rejeitada por sua mãe (Laurie Metcalf). Lady Bird, como a garota de forte personalidade exige ser chamada, não se dá por vencida e leva o plano de ir embora adiante mesmo assim. Enquanto sua hora não chega, no entanto, ela se divide entre as obrigações estudantis no colégio católico, o primeiro namoro, típicos rituais de passagem para a vida adulta e inúmeros desentendimentos com a progenitora.
Elenco: Saiorse Ronan, Laurie Metcalf, Tracy Letts, Lucas Hedges, Timothée Chamalet, Beanie Feldstein, Stephen McKinley Henderson, Lois Smith, entre outros
Duração: 94min
Roteiro: Greta Gerwig
Produção: Scott Rudin, Eli Bush
Direção: Greta Gerwig



Um dos primeiros filmes cotados para o Oscar que assisti foi Lady Bird. Eu vi o trailer e não tive muita opinião formada se queria ver mesmo ou não. No fim das contas, eu assisti mais por conta de todo burburinho e rebuliço que o filme estava causando entre os cinéfilos. Gente, ele tem 99% de aprovação no Rotten Tomatoes, tornando o filme mais bem avaliado da história do site. Acho que assisti o filme errado e não vi isso tudo que comentaram. Maaaas, não significa que não curti, vide a nota que dei.

A reação da mãe foi a minha reação nessa cena
Apesar de não ser essa coisa toda que estão pintando (na minha humilde e sincera opinião), o filme não é ruim, muito pelo contrário. Ele é um filme que dá pra você se identificar com a Lady Bird: terminando o ensino médio e fica aquele questionamento de “como tudo vai ser daqui pra frente”. Se comparado com os outros concorrentes de Melhor Filme, esse é o de roteiro mais fraquinho e simples. Achei muito filme sessão da tarde, não vou mentir. Porém, assim como nossos livros e clichês, o que importa é como o roteiro é trabalhado.

"E se essa for a melhor versão?"
Assim como um monte de livro YA que tem por aí, vamos acompanhando o crescimento de Lady Bird. Vemos ela batendo de frente com as opiniões da mãe; vemos ela se mostrando ser alguém que não é; vemos ela se afastar da melhor amiga para tentar ser popular. Nada disso é muito novo, mas o filme trabalha de forma bem natural e nenhum um pouco dramática. Apesar de muitos filmes “coming of age” (como a galera mais entendida chama esses filmes de amadurecimento) ter uma carga um pouco dramática, Lady Bird possui diálogos engraçados.


O filme também foca na relação um pouco conturbada entre Lady Bird e sua mãe. As duas batem muito de frente em quase tudo e vivem em pé de guerra, mas quando Lady Bird precisa do apoio e consolo da sua mãe, ela está lá. Ou seja, com certeza você vai se identificar muito, principalmente na época de adolescente, onde achamos que sabemos de tudo e não queremos mais opinião de ninguém. Junto com seu crescimento, Lady Bird vai percebendo os motivos que a mãe fazia o que fazia e que, no fim das contas, só queria o seu melhor.


Um ponto que achei bem nada a ver é que algumas pessoas venderam o filme contendo uma história de amor entre a Lady Bird e sua melhor amiga. Gente, eu fiquei “comassim, sociedade???”. Ali simplesmente é uma amizade bastante sincera entre duas meninas que não encaixam muito bem naquela cidade do interior. Falando nisso, gostei muito da personagem Julie (Beanie Feldstein).


Além dessa jornada de crescimento da Lady Bird, o filme também aborda de forma sutil assuntos como orientação sexual, depressão e até sobre cotas na universidade. Em duas determinadas cenas, eu não aguentei o riso mesmo com meu coração sabendo que era errado.


Creio que o hype do filme é maior devido à sua diretora. Esse longa é o primeiro filme que Greta Gerwig dirige. Fui atrás de informações sobre essa mulher e descobri que ela é bem queridinha dos filmes cults. Não entendo muito bem de direção de filmes, então não tenho muito o que comentar. Porém, destaco algumas tomadas que focam bem o cenário da cidade de Sacramento.


No fim da contas, Lady Bird é um filme que vai agradar justamente pela sua simplicidade. É aquele tipo de filme para você assistir quando não estiver com vontade de um filme muito complicado.


Considerações finais
- PELAMOR DO SANTO CRISTO alguém me ensina como se pronuncia o nome da Saiorse!!!! Porque não é como se escreve


- Elio cansou da paisagem rural da Itália e foi dar um pulo em Sacramento. Infelizmente, não largou o cigarro.


20 comentários:

  1. Assisti esse filme ontem e adorei! essa atriz é MUITO boa e nao tem como nao se identificar com o filme!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luiza! Tudo bem?
    Uma pena que não achou tudo isso do filme. Eu estou bem ansiosa pra assistir, mas não criei nenhuma expectativa muito grande quanto ao filme. De qualquer forma, tem que ter um motivo pra essa avaliação tão boa, né? Espero que eu goste quando for olhar.

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!!
    O trailer desse filme está me perseguindo por todos os vídeos que vou assistir no youtube, hahah. Confesso que fiquei interessada ao ver os trailers, principalmente por conta dessa relação de mãe e filha.
    Adorei a sua sinceridade, e acho que vou acabar curtindo Lady Bird justamente por ser tão simples.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Esse filme está na minha lista de filmes para ver e estou curiosa para ver se vai ser tudo isso que está avaliado no Rotten
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  5. Olá, Luiza.
    Eu sou meio por fora quando o assunto é filme. Assisto só de vez em quando e lançamentos quase nunca hehe. Eu nem conhecia esse site de avaliação que você falou (é um site né?). Não sei se vou assistir.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Comentei sobre o feito de Greta semana passada lá no blog.
    Quanto ao filme, eu adorei, ainda que seja mais do mesmo, Greta conseguiu me pegar e a personagem não é irritante ou mimada em excesso! E a cena do banheiro com o Lucas Hegdes é uma das mais engraçadas do ano!

    https://clebereldridge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Lu, também ainda estou tentando aprender o nome dela, hahaha.
    Já vi 3 do Oscar, que gostei muito, e esse é um dos próximos.
    Todo mundo está dizendo que ele é bom, mas não é como os outros concorrentes. Que apesar de doce, simples e interessante, não tem nada tão fantástico assim.
    Ainda não vi, mas só pela sua resenha e sinopse imagino que seja isso mesmo.
    Deve ser tipo quando Brooklyn concorreu em 2016. Lindo, fofo e até mesmo com a Saiorse, mas não era páreo para os outros.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!!
    Eu gostei muito de Lady Bird pela simplicidade e por me identificar com a personagem. Achei um filme despretencioso: só quer contar uma outra versão de tudo que já vimos. Mas ter uma mulher frente a direção permite tomadas incríveis, quase que um flashback de nossas vidas. Conseguiram capturar muito bem o adultecer quando se é mulher.

    Beijo
    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Acabei de ver uma resenha sobre esse filme e fiquei tão curiosa para conhecer mais a fundo. Já anotei a dica Lu! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  10. Oii Lu, eu quero mt assistir a esse filme, e a sua resenha sobre ele me deixou mais curiosa ainda, espero gostar.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu! A sua é segunda crítica que leio e ambas me convenceram a ver o filme. Eu gosto desse tipo de história em livro, filmes e séries e acho que vou curtir o filme. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  12. Oi, Lu!
    Quero muito assistir a esse filme porque tenho visto no geral muitos elogios em relação a tudo! Gostei de como vc disse que é um filme pra quando "não queremos assistir nada complicado", porque filmes assim são sempre bons de vez em quando <3
    Adorei o uso dos gifs pra ilustrar seus pontos e dar uma ideia do filme!
    Beijos,
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu! Pois é, simplicidade é o nome do filme, mas eu esperava mais, muito mais, acabei um tanto frustrada hehehehe mas vamos ver se leva alguma coisa do Oscar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  14. Oi, Lu

    O nome da Saoirse se pronuncia Sãrcha, bem bizarro! Hahahah
    Eu desde que vi o trailer achei que o filme teria um enredo simples mesmo, e acho que é exatamente por essa sutileza que ele tem agradado. Vou tentar assistir no final de semana.

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Lu, tudo bom?
    Eu acompanho a carreira da Saoirse desde Desejo e Reparação MINHA PRÓPRIA FILHA VI CRESCER, MAIOR ORGULHO DA FAMÍLIA ASJKFNSAUOGBASUOASBASGU tô muito ansiosa pra conferir no cinema, me segurei pra não cair em torrent QUASE FALHEI MAS CONSEGUI.
    Parece aquele tipo de filme pra ver e encher o coração de energia boa <3

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi, Lu.
    Quando vi o trailer também imaginei que a história fosse tudo isso para ser indicada a 7 ou foi 5 óscar? Não lembro. Enfim! Eu gosto dos filmes dessa atriz, apesar de não querer realmente ver o filme. Espero que ao menos possa ganhar em alguma categoria.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Lu!
    Eu já comecei a riscar a lista dos filmes do Oscar e Lady Bird é um que quero muito assistir. Eu vi o trailer e achei bem legal.
    Espero gostar e não achar tão sessão da tarde, apesar de isso não ser ruim.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  18. Eu quero muito ver esse filme. Eu vi o trailer e fiquei muito animada pra assistir. Gosto desse tipo de filme mais levinho, quase bobinho.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  19. Oi Lu!
    Já tinha visto o trailer do filme e não tinha me interessado por se parecer tão comum, mas realmente tinha visto um burburinho muito grande em cima dele. Mas pela sua resenha parece bem comum mesmo, é bom, mas nem tanto. Sinceramente acho que não vou assistir.
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
  20. Olá Luiza,

    Pela sua resenha esse filme parece bem legal, já anotei a dia aqui....bjs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.