21 dezembro 2017

Filme #30: Star Wars VIII - Os Últimos Jedi


Título Original: Star Wars VIII - The Last Jedi
Sinopse: Após encontrar o mítico e recluso Luke Skywalker (Mark Hammil) em uma ilha isolada, a jovem Rey (Daisy Ridley) busca entender o balanço da Força a partir dos ensinamentos do mestre jedi. Paralelamente, o Primeiro Império de Kylo Ren (Adam Driver) se reorganiza para enfrentar a Aliança Rebelde.
Elenco: Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Mark Hammil, Carrie Fisher, Adam Driver, Kelly Marie Tran, Andy Serkis, Benicio Del Toro, Laura Dern, Gwendoline Christie, Lupita Nyong'o, Domhall Gleeson, Billie Lourd, entre outros
Duração: 152min
Roteiro: Rian Johnson
Produção: Kathleen Kennedy, Ram Bergman, J.J. Abrams
Direção: Rian Johnson


Não sei que milagre dessa vez o cinema aqui perto de casa colaborou comigo e colocou o filme numa sessão legendada e sem ser 3D. (Eu ouvi um amém?) Que filme, senhores… que filme! Não tenho palavras pra dizer o quão bom foi o filme. Começando nos personagens antigos, passando por alguns novos apresentados e terminando nesse roteiro maravilhoso que nos foi apresentado.

Euzinha assistindo
Além do plot principal, Os Últimos Jedi também é composto mini-histórias (como eu digo), focando em núcleos e personagens diferentes, mas todas sendo interligadas uma na outra e com o plot principal. Todas foram muito bem trabalhadas, no tempo certo e sem uma sobressair em outras. Me lembrou um pouco da trilogia clássica - episódios IV, V e VI - que também tinham um pouco desse formato.

Nesse filme, somos apresentados a novos personagens, além de matar a saudades dos novos que foram apresentados em O Despertar da Força. Dou destaque para a mecânica Rose (Kelly Marie Tran), que é um bolinho de gente e quero guardá-la num potinho.

Falando em Rose, o que são as mulheres desse filme. Assim como em Mulher Maravilha, me senti muito representada pela força e garra das mulheres da porra nesse filme. Adorei as mulheres em cargo de alta patente militar (como general Leia, almirante Holdo e capitã Phasma) assim como as não de tanta patente assim (como Rey, Rose e tenente Connix) mostrando quem manda na bagaça.


Algo que fiquei com medo mas no que final teve um bom resultado foi o conflito interno em Kylo Ren/Ben Solo e sua ligação com Rey. Pensei que essa ligação ia ficar algo forçado, mas até que gostei dessa ligação e de todas as possibilidades futuras para os dois personagens.


Gostei muito da dinâmica Finn, Rose e BB-8. Mesmo em alguns momentos de alívio cômico, o trio não perdia a seriedade e nem o desfoque na missão que lhes foi dada. E eu já falei que quero guardar a Rose num potinho?

Apesar de ter achado que Poe Cameron com menos destaque aqui que no filme anterior, todas as cenas que ele estava envolvido foram maravilhas desse mundo. E por maravilhas, digo que foram muitos feels que não cabiam dentro de mim e explosões para tudo quanto foi lado.


Toda vez que a Carrie Fisher aparecia em cena era uma dor no peito por pensar na atriz. E em certo momento eu jurava que era a participação final dela, mas graças a God que ainda não. Junto com Mark Hammil, os dois dão mais ares nostálgicos na história. Falando nele, gostei do papel do Luke nesse filme e como tem um contraste com o Luke que estamos acostumados da trilogia clássica.


O filme é eletrizante do começo ao fim. Eu sou muito suspeita pra dizer porque, como vocês sabem, eu sou louca por filme que tem luta e muita explosão. E aqui é o que não falta. Junta tudo isso com umas lutas com sabre de luz e temos uma Luiza Helena bastante feliz da vida e que não pisca que não é pra perder nada.


Falando em eletrizante, as cenas feitas no deserto de sal foi uma das melhores cenas que já vi em filmes. Amei o contraste do branco e vermelho, imaginando algumas referências. As raposas de cristal lindas demais e depois que vi como foram feitas (o que foi antes de assistir o filme), eu só podia aplaudir de pé toda essa sequência.


Com um roteiro incrível e altos plots twits, Os Últimos Jedi é um filme que vai superar todas as expectativas



Considerações finais
- Quero uma raposa de cristal pra mim
- Tenho que tomar vergonha na fuça e assistir Rogue One. Me perdoem e não desistam de mim.
- Fãs da DC e fãs de Star Wars a 80km/h. Quem faz mais petição desnecessária?
- Gui Weasley encontrou a fonte de cura da licantropia, largou a Fleur e foi para o lado negro da força. Nesse processo todo, deu uma evoluída marota.

14 comentários:

  1. Oi, Lu.
    Eu nunca fui fã de SW por isso não sinto essa emoção toda que os fãs sentem quando vão lançar algum filme. Já até tentei assistir porque meus amigos amam, mas como os primeiros filmes são antigos demais pro meu gosto, eu sempre desisto. Mas fico feliz que o filme tenha sido bom, muita gente fica dizendo que "não foi tudo isso". Haha, não sei bem o que dizer.
    Beijos
    Suddenly Things

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu, tudo bem?
    Eu nunca fui de assistir os filmes da saga, isso nunca foi por falta de oportunidade, creio que é porque eu nunca me identifiquei com ele... mas pelo visto os novos filmes estão em uma categoria muito boa e que talvez me faça dar uma chance para essas obras-primas!

    Beijão,
    Vinicius
    refugiolitxrario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu,

    Não curto essa franquia, só vi Rogue One e nem lembro mais pq fui ao cinema, devia estar com alguém que é fã, mas nem lembro mais com quem fui... hahaha
    Pra vc ter ideia eu nem sabia da existência desse filme até alguns dias atrás, mas que bom que vc adorou, o meu cunhado não curtiu..

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  4. Olá Luiza, tudo bem?

    Não vejo a hora de assistir esse filme, tantos comentários positivos que só aumentam a minha expectativa....sorte a sua já ter assistido, ótima resenha...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu, sua linda, tudo bem?
    Primeiro a sua empolgação é contagiante. Depois você nem precisava ter comentado, só as imagens que colocou aqui foram necessárias para perceber que é um mega filme daqueles que sentimos falta de ver. E por trazer a figura da mulher de foram tão representativa já me ganhou como fã. Estou louca para ver. Adorei sua crítica, divertida como sempre e perfeita.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu, tudo bem?
    Acredita que não curto Star Wars, então vou deixar passar esse filme, mas fiquei feliz em saber que gostou!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  7. Que ansiedade para ver esse filme! Adorei suas impressões sobre ele e minhas expectativas só aumentaram!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não assisti o filme ainda, mas a fotografia é deslumbrante.. Disney sempre Disney arrasando na produção..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Mulher, é nesses posts que eu fico repetindo na minha cabeça EM 2018 ASSISTO STAR WARS!. Como é possível eu não ter assistido ainda? hahahaa

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  10. Oi!! Eu nunca assisti a nenhum filme, sua resenha me animou bastante. Quando um fã é atendido em suas expectativas, quer dizer que o filme é bom. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu, eu tb gostei bastante, só achei que teve muitas cenas descartáveis, mas de modo geral gostei mais que o despertar da força e super curtir o Finn e a Rose tb! E shippo Kylo e Rey desde sempre hehehehehe Amei os gifs <3

    bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Oi Luuu, menina do céu, que resenha ein... lia cada linha com brilhos nos olhos de emoção... eu amo Star Wars, mas não assisti nenhum desta nova fase, agora sou eu que peço que não desista de mim, mas quero colocar isso em linha nas minhas férias, quero assistir todos e mergulhar neste mundo maravilhoso... Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu, tudo bom?
    Esse filme. Eu ainda não consigo pensar nesse filme sem que os meus pensamentos virem um eco de AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA. Nunca pensei que fosse gritar no meio de uma sessão de cinema MAS EU ESTAVA ENGANADA PORQUE SW 8 ME FEZ BERRAR.
    Olha, tudo que você falou. Tudo isso. Assino embaixo. Chorei com cada cena da Carrie, mas também fiquei feliz porque de fato foi uma despedida honrosa pra uma personagem tão gigante quanto a Leia. O resto do elenco foi fenomenal, se eu pudesse chutava todo mundo do Oscar e dava vários prêmios pra eles só por existirem.
    PRECISO REVER.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Lu!
    Nunca tive paciencia para a franquia Star Wars, até hoje nao vi um filme se quer na vida, e embora os trailers pareçam legais, acho que vou continuar na mesma situaçao.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.