02 junho 2017

Resenha #173: O Martelo de Thor - Rick Riordan (Intrínseca)

Título: O Martelo de Thor
Título Original: The Hammer of Thor
Autor: Rick Riordan
Série: Magnus Chase and the Gods of Asgard #2
Páginas: 400
Ano: 2016
Editora: Intrínseca
SinopseEm A Espada do Verão, primeiro livro da série, os leitores são apresentados a Magnus Chase, um herói boa-pinta que é a cara do astro de rock Kurt Cobain. Morador de rua, sua vida muda completamente quando ele é morto por um gigante do fogo. Por sorte, na mitologia nórdica os heróis mortos vão parar em Valhala, o paraíso pós-vida dos guerreiros vikings. Lá, Magnus descobre que é filho de Frey, o deus do verão, da fertilidade e da medicina.Desde então, seis semanas se passaram, e nesse meio-tempo o garoto começou a se acostumar ao dia a dia no Hotel Valhala. Quer dizer, pelo menos o máximo que um ex-morador de rua e ex-mortal poderia se acostumar. Magnus não é tão popular quanto os filhos dos deuses da guerra, como Thor e Tyr, mas fez bons amigos e está treinando para o dia do Juízo Final com os soldados de Odin — tudo segue na mais completa paz sanguinolenta do mundo viking.
Mas Magnus deveria imaginar que não seria assim por muito tempo. O martelo de Thor ainda está desaparecido. E os inimigos do deus do trovão farão de tudo para aproveitar esse momento de fraqueza e invadir o mundo humano.


ATENÇÃO! Se você não leu os livros e/ou as resenhas anteriores, pode conter spoiler

O tio Troll Riordan é uma máquina de escrever feat um cara que não conhece a tal arte do desapego. Mas não importa quantos milhões de livro que ele escrever, eu sempre vou querer ler. O jeito que ele escreve suas histórias baseadas em mitologias me fisgou de um jeito que é difícil superar.

Magnus Chase e eu seríamos bons amigos na vida real. A narração dele é uma das melhores que já li em primeira pessoa. Não tem como você não rir com os comentários engraçados e irônicos que ele sempre tem na ponta da língua. Muitos comparam Magnus e Percy e eles tem alguns aspectos iguais sim, como a lealdade para com seus amigos e a vontade de querer fazer algo ajudar a quem precisa.

Outro ponto legal da história é a evolução amizade entre Magnus e Samirah. No livro passado, Sam basicamente queria matar – de novo – Magnus até se ele espirrasse. Aqui, vemos como a amizade entre eles cresceu e evoluiu bastante no tempo que se passou do final de A Espada do Verão para o tempo desse livro.

Em O Óraculo Perdido, Rick comenta sobre a sexualidade de alguns de seus personagens da maneira mais normal que todo mundo deveria tratar. Mas eu acho que essa série nórdica é bem mais representativa. Além de termos um herói ex-morador de rua, uma valquíria muçulmana, um elfo surdo, Riordan nos presenteia de novo com um personagem maravilho: @ genderfluid Alex Fierro. Filh@ de Loki, Alex tem dia que se sente como homens, outros como mulher. A forma como Riordan tratou desse assunto – mais um dos imensos tabus da sociedade heteronormativa 😒😒😒– foi de extrema significância. Como comentei na resenha d’O Óraculo Perdido, a faixa etária desses livros é infanto-juvenil. Ou seja, aquela fase de descobertas e afins. Imagina só o que é ler sobre semideuses que salvam o mundo e eles serem como você?

"Essa coisa do gênero não foi o que me surpreendeu. Uma porcentagem enorme dos adolescentes sem-teto que eu conheci teve um gênero atribuído ao nascer, mas se identificava com outro, ou sentia que o binário garoto/garota não se aplicava a eles. Eles iam parar na rua porque, pasmem, suas famílias não os aceitavam. Nada mais amoroso do que jogar seu filho não heterossexual na sarjeta para que ele experimente abuso, drogas, altas taxas de suicídio e perigo físico constante. Valeu, mãe e pai!"

E para a cereja do bolo sobre Alex Fierro é sua relação com Magnus. Gente, vivi pra ver algo do tipo na literatura. É bem perceptível o interesse de Magnus n@ personagem e como ele tenta se aproximar de Alex. Tá, mas quando Alex está se sentindo como homem? Esse detalhe não importa para Magnus. Como eu li numa resenha: só existe um personagem hétero na história e ele nem é protagonista #AMÉMRICKRIORDAN!

Os deuses nórdicos continuam daquele jeito diferente e único que Riordan poderia escrever. Agora que Thor perdeu seu Mjölnir, está super preocupado em como vai poder em dias suas séries (o que super me identifiquei). E o que dizer de Heimdall aka Rei das Selfies? Eu gosto muito como o Riordan mistura aspectos atuais nas mitologias.

Como de praxe nas suas histórias, temos aqui um prazo para que o herói salve algum objeto a fim de deter o apocalipse. Em alguns livros, eu acho bem paia e forçado essas passagens de tempo bem rápida, mas Riordan consegue fazer acontecer de forma bem crível. Então, aqui temos Magnus correndo para impedir o Ragnarok. (Falando em Ragnarok, já quero novembro com Thor mozão Ragnarok)

Não é spoiler e nem segredo pra ninguém que Magnus e Annabeth são primos. O legal é que esse fato não foi somente jogado na história e esquecido. Por várias vezes Magnus menciona Annabeth e percebemos o carinho que um tem pelo outro, apesar de passarem um bom tempo sem se ver. E foi assim que Rick Riordan conseguiu juntar seus dois mundos. E depois daquele final, eu estou esperando desesperadamente por um crossover.


Resenhas anteriores
Livro 1 - A Espada do Verão (The Sword of Summer)

18 comentários:

  1. Oi Lu, sua linda, tudo em?
    Esses personagens são sempre os melhores, aqueles com a resposta na ponta da língua e que nos divertem e nos provocam com suas ironias. E não tem como não nos conquistar com um coração grande e leal como o dele. Já me apaixonei!!!! Risos...Lu, você me deixou impressionada ao contar sobre os personagens que ele criou. Nunca vi ninguém trazendo um e-x morador de rua e o transformando em herói; um elfo surdo e ainda trouxe uma valquíria mulçumana. Ele arrasou!!!! E a forma como ele lidou com a sexualidade tem que ser elogiada mesmo. Parece que esse livro, não é só mais um dele, vem acrescentar e muito!!!! Adorei sua resenha e estou louca para ler mais essa série!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Luiza.

    Você não para, hein?
    Ótima resenha, lida aos pulos contra-spoilers hahaha
    Apesar de eu não ter lido nenhum livro deste autor - ainda -, não quero já ter spoilers.
    Sua resenha aumentou minha vontade de ler, porque uma pessoa com uma produção literária como a sua, é para se tentar ler todos os que você indicar hahaha

    Beijos
    Alana Marques
    http://colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu,

    Nunca li nada do autor, mas conheço alguma coisa, um dia ainda quero ler sabe.. Gostei dos seus comentários, e fiquei curiosa com essa narrativa heimm

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  4. Ótima resenha dica maravilhosa, bom final de semana, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia a série, mas pela sinopse ele parece ser ótimo! Vou ler a primeira resenha pra conhecer melhor a história :D

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia, parece ser bem legal, gosteei! <3
    Beijão
    www.blogbelezamake.com

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Já fui mais interessada por essa temática, hoje já não curto muito.

    beijos
    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nenhum livro da coleção, mas já de cara, acho as capas deles linda. Essa é muito bonita. O estilo da história até me chama atenção, então acho que leria, claro, se minha pilha de novas leituras não estivesse enormeeee.. hehehe

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Amei sua resenha Lu, como sempre muito detalhada! Não gosto muito desse gênero, mas se um dia quiser ler um livro assim, com certeza vou lembrar da sua indicação! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Infelizmente não gosto muito desse tipo de livro, mas, para quem gosta, parece ser uma ótima leitura...

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu, tudo bom?
    Magnus Chase é meu novo hino. Eu sou APAIXONADA por essa série. Acho a melhor do tio Rick de lavada, desculpa aí, Percy :P
    Amo ter tanta representatividade no núcleo principal. Alex foi uma das melhores personagens que já li; os problemas do Magnus e como ele lida com tudo é tão real e emocionante. Eu tô morrendo pelo último volume, ao mesmo tempo que não quero ler porque não quero dizer adeus </3
    Adorei a resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu, preciso enfrentar minha preguiça e encarar o Rick Riordan de novo! E tem tantos personagens diversificados, com tanta representatividade, adorei isso! E ainda tem o Thor \o/ espero conseguir ler em breve!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Sinto até calafrios quando vejo algum livro do Rick! Hahahaha
    Legal ter essa (e) Alex agora, mas não curto o autor então não lerei.


    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  14. Uma das metas da minha vida é conseguir ler Rick Riordan haha! É que esse é o gênero que eu menos me identifico aí fico com o pé atrás, mas preciso dar uma chance, né??

    Beijos,
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  15. Oi Luiza!
    Gente,mas tio Rick não para mesmo!Acho que ele não dorme kkkkkkkkk
    Sorte nossa :D
    Tô com o primeiro livro dessa série aqui,já com boas expectativas,mas fico esperando lançar logo a série completa pra não me perde kkkkkkkkkk
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nunca li nada do Rick, mas quero muito. Eu vejo as pessoas lendo e resenhando cheias de paixão. E dai penso... também quero sentir esse tempero especial que o autor tem.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  17. Oi Luiza!
    Estou por fora dos livros do Rick Riordan, mas queria muito ler a série do Percy Jackson. Estou esperando uma promoção boa pra poder comprar o box.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  18. Oii,
    Eu não conhecia esse livro, mais adorei a história.

    Beijos :**

    Literatura Por Amor

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.