03 março 2017

Resenha #144: O Duque e Eu - Julia Quinn (Arqueiro)

Título: O Duque e Eu
Título Original: The Duke and I
Autor: Julia Quinn
Série: Bridgertons #1
Páginas: 288
Ano: 2013
Editora: Arqueiro
Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.


Como comentei no instagram, eu comecei um projetinho pessoal chamado Um Ano com os Bridgertons. Durante o ano, vou tentar ler toda a série. Se conseguir ler tudo, ótimo... Se eu não conseguir ler tudo, beleza… (Se flopar, fingimos que nunca existiu)

A família Bridgerton é composta pela mãezona guerreira Violet e pelos oito filhos (representados na ilustração abaixo), alfabeticamente nomeados, o que achei uma ideia genial porque olha… com certeza eu iria me perder na ordem de nascença de oito crianças. O Duque e Eu é protagonizado por Daphne, a mais velha das mulheres e a quarta na ordem de nascença.


Eu já havia comentado em Namorado de Aluguel os clichês que eu realmente não resisto e O Duque e Eu se encaixa na categoria 2, que aqui vamos modificar para casais que fingem cortejo. E esse foi um dos motivos por eu ter amado a história.

Logo nas primeiras páginas fui fisgada pela escrita peculiar da Julia. Peculiar por falta de adjetivo. Essa mulher é capaz de te fazer ir dos risos ao coração apertadinho em questão de linhas. Há cenas engraçadas, cenas românticas, cenas com um pouco mais de seriedade e tudo muito bem equilibrado.

Dizer que gostei da Daphne é bem pouco. Ela entrou para a listinha de mocinhas de épocas preferidas. Daphne é realmente uma moça inocente, meiga, daquelas de se querer guardar num potinho, mas sabe se fazer ouvir. Tendo três irmãos mais velhos, ela sabe lidar com os homens de um jeito diferente das mulheres da época: falando de igual pra igual. Ela é bastante determinada no que quer.

Eu adorei todas as cenas que Daphne não se deixava diminuir a Simon, principalmente quando ele vinha com uns papos bem machistas, infelizmente comuns naquela época, como “você é minha” (no sentido de popriedade) e “é obrigada a me obedecer”. Como sabemos, naquela época, as mulheres realmente eram propriedade dos homens - sejam pais ou maridos. Então, imagina só a surpresa de Simon quando Daphne o contraria e ainda discute algumas situações. Eu estava tipo “YOU GO, GIRL!”.


Como mocinho, Simon não me decepcionou. Apesar de certo momentos eu querer dar uns socos na cara dele, percebe-se que ele realmente se importa com Daphne. Seu passado e a relação com seu pai não eram dos melhores e isso influenciou muito a formação do seu caráter. Quando ele conhece Daphne, ela o vê como realmente é, mas ele demora a perceber isso. Quando ele está com Daphne, é só coraçõezinhos no ar: ele consegue ser romântico e galanteador ao mesmo tempo. Fora que eles tem uma amizade muito linda de se acompanhar.

Algo que gostei bastante na família Bridgerton é a interação entre mãe, filhos e irmãos. Todos nós sabemos que, naquela época, tudo era muito mais frio que o iceberg que derrubou o Titanic. O diferencial dessa família é que todos se tratam de igual pra igual, com muito carinho e amor. Adorei ver que, apesar de ser o homem da casa, Anthony não obriga sua mãe a reconhecer sua autoridade. Fora que Violet... Gente, que mãe é essa???? Só muita disposição e paciência para ter e criar oito filhos. Merece troféu de melhor mãe da literatura.

E paralelo a isso tudo, temos uma celebridade no maior estilo Gossip Girl chamada Lady Whistledown. Estou super curiosa para saber quem é. Espero que não demore a série toda para descobrir porque isso não se faz!

Lendo O Duque e Eu descobri o porquê essa família conquistou tantos leitores.

PS: será que até o final da série, aprenderei realmente como se pronuncia o nome da Hyacinth? Fica aí a questão 🙇

Um Ano com os Bridgertons
Livro 1 - O Duque e Eu (The Duke and I) ✔
Livro 2 - O Visconde que Me Amava (The Viscount Who Loved Me)
Livro 3 - Um Perfeito Cavalheiro (An Offer From a Gentleman)
Livro 4 - Os Segredos de Colin Bridgerton (Romancing Mister Bridgerton)
Livro 5 - Para Sir Phillip, Com Amor (To Sir Phillip, With Love)
Livro 6 - O Conde Enfeitiçado (When He Was Wicked)
Livro 7 - Um Beijo Inesquecível (It’s In His Kiss)
Livro 8 - A Caminho do Altar (On The Way to the Wedding)
Livro 9 - E Viveram Felizes para Sempre (The Bridgertons: Happily Ever After)

23 comentários:

  1. Oi, Lu!
    Muito bacana a resenha, deu pra perceber bem os motivos que te fizeram gostar tanto do livro.
    Eu não consegui me cativar com quase nada, principalmente com Daphne. É engraçado como um único livro (ou um mesmo personagem) é capaz de despertar tantas opiniões diferentes em quem lê.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu!
    Ahhh eu amo tanto as séries Os Bridgertons, espero muito que vc consiga passar um ano com eles, eu nem sei dizer qual é o meu livro favorito, mas meu Bridgerton preferido sem duvidas é o Colin Bridgerton e a mocinha é a Lucy q vc só vai conhecer no oitavo livro da série! E sem falar na nossa matriarca Violet, ela é uma mulher incrível! No momento estou lendo o Quarteto Smythe-Smith que tbm é maravilhoso...

    Beijinhos e bom final de semana!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu, Adorei sua resenha. Certeza que você acaba até o fim do ano, para mim faltam A caminho do Altar e viveram felizes para sempre, só porque ainda não encontrei em e-book, li todos os outros em tres semanas e sou bem lenta para ler. Você vai adorar a Lady Whistledown!

    Beijos
    https://tear-de-informacoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    como sempre adoro livros assim e adorei a resenha.
    Este já li e gostei bastante.

    bjos
    https://www.youtube.com/watch?v=7jdad4BWtNc

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu, então, pedi o livro da Nora pq to louca para ler um livro da autora.. rsrs, espero gostar, acho que vc adora né..
    Então, adoro um clichê hehe, já li sua resenha de Namorado de Aluguel e to doida para ler, mas vamos a resenha.. Legal seu projeto heimm
    Eu nunca li Julia Quinn, mas tenho vontade, porém fico com um pouco de preguiça por ser tantos livros, adorei sua resenha, espero que consiga ler todos os livros!

    Beijos Mila
    Daily of books Mila

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lu!
    Menina, eu que ainda não me aventurei pelas histórias dessa família, mas já li zilhões de resenhas, confundo todo mundo! Hahahahah! Mas sempre gosto quando os romances de época trazem personagens femininas fortes, que não se submetem, então já gostei da Daphne. Esse carinho entre a mãe e os filhos deve ser bonito de se acompanhar mesmo. Eu estou lendo meu primeiro livro da Julia Quinn agora, tô adorando a escrita dela. É bem isso que você falou, a gente ri, a gente sofre, tudo em pouco tempo. Uma delícia!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lu. Fico muito animada por você ter gostado tanto, O Duque e Eu foi meu primeiro romance de época, depois não parei mais. Tu vai descobrir rápido, mas vai demorar um pouquinho... relaxa! Espero que goste dos outros livros, a minha favorita é da Sophie e do Benedict porque é uma leitura de Cinderela e eu sou like uma princesa.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu!!! Todo mundo fala tão bem dos livros da autora que dá muita vontade de ler mesmo! Adorei sua resenha e vou adicionar esse livro aos desejados :)
    Beijinho
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO - PARTICIPE DO CONCURSO RESPONDA E GANHE

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu!
    Ahhhhhh ótimo projeto *-*
    Você só vai amar essa família ainda mais! São tantas coisas que vão acontecer, mas com certeza a descoberta de quem é a Lady Whistledown é uma das melhores coisas.
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  10. Olá, essa foi a primeira série de romances de época que comecei a ler, e fico super contente por ver que você está lendo e que gostou do primeiro livro. Gostei muito da sua resenha.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Também adoro os clichês dessa categoria. Para mim, deixa a história ainda mais emocionante e envolvente!! <3
    Simon me deu nos nervos em alguns momentos (principalmente do meio pro final), MEU DEUS DO CÉU! Hahaha.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  12. Luiza, MELHOR PROJETO!
    Bridgertons são maravilhas em formato de papel.
    Amoooooo!
    Já li quase todos e até agora a Daphne e o Simon ainda são dos meus preferidos.
    E o Colin é o mais maravilhoso dos irmãos, você vai ver.
    Temos que ter em mente que o povo daquela época era machista mesmo, ainda bem que a autora tenta fazer mocinhas fortes.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu, como você está? Nunca li uma história assim, achei muito interessante. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  14. Oie
    Acho que vc já viu lá no blog que sou fã desta série, e este é meu livro favorito de todos. Amo a escrita da Julia Quinn.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Tratamento sem ser frio nessa época é quase impossível né? Me interessei a ler, vou anotar o nome para procurar!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem? Quero muito ler essa série, mas são muitos livros e tenho medo de acabar não gostando... Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras / Sorteio literário

    ResponderExcluir
  17. Necessito realmente ler essa série! Estou curiosa e sua resenha me deixou ainda mais!

    A protagonista parece ser bem cativante, até por não se deixar diminuir diante dele, diante de um homem que na época, ela era submissa.
    O mocinho, Simon é uma das pessoas que eu acredito que irei gostar e odiar e isso é bom, gosto de personagens que me passam sentimentos conflituosos!

    Adorei a resenha!
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  18. Instigante a sua resenha. Gosto desses temas de época.
    Quero te convidar para visitar o meu blog Café Feminices, estava parado e resolvi reativar. Tem um texto para leitura e debate lá - semana da mulher - se puder deixe sua opinião. Bjs

    http://cafefeminices.blogspot.com.br/2017/03/mulheres-que-reclamam.html

    ResponderExcluir
  19. Luuuuu! Toca aqui! Viciadas em Julia Quinn! Estou até com vontade de reler! eu adoro o Simon e o fato dele ser Gago, a autora arrebenta no romance <3 E nem sei escrever Hyacinth (só copio e colo), imagina falar hahahahahhaahhaa

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  20. Oi
    eu já li esse livro é muito bom e com uma escrita envolvente, a daphne não se deixa intimidar né, adorei ela. To com o terceiro livro, mas antes vou comprar o segundo.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Eu já flopei tantos projetos pessoais que olha, hoje em dia nem faço mais hahaha \o/ Sério, você tem noção de quanto tempo faz que terminar Dom Quixote é meu projeto pessoal do ano?!?! Estou com medo de chegar aos 40 e não conseguir terminar haha A parte isso, eu seria capaz de apostar que você vai terminar essas leituras em uma estação do ano em vez de em um ano. Eu adoro os Bridgertons e mais que eles a escrita da Julia Quinn que sempre me faz ri sozinha lembro exatamente de como ela chegou em minha vida e de como fincou raizes em minha estante. E sim, eu concordo que Violet merece o troféu de melhor mãe da literatura, é muita paciência e dedicação com aquelas pest... quer dizer filhos e filhas kkkk Ah, Hyacinth é a pior/melhor criatura desse livro hahaha #Adoro essa pes... é PESTE mesmo... Essa criatura é terrível ahahah

    Boa Sorte Lu, espero que você consiga ir até o fim e goste de ter ido... Sempre tem uns livros que são melhores que os outros e umas horas que eu esperava muitooo da Julia e ela frustrou minhas expectativas e outras que ela surpreendeu completamente, mas, no fim, quando me peguei lendo "E viveram Felizes para Sempre" deu uma baita sensação de dever cumprido e rolou até lágrimas...

    ResponderExcluir
  22. Oi Luh, se você descobrir como se pronuncia please, me ensina tá (kkkk).
    Eu li recentemente esse livro e me encantei com a história, sem contar que adorei a escrita da Julia Quinn. Apesar de não concordar com algumas atitudes do Simon, eu gostei muito dele. Espero conseguir ler o segundo livro logo logo.
    Beijokas
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.