23 fevereiro 2017

Resenha #141: O garoto que só queria ser amado - Tony Lucas (Autografia)

Título: O garoto que só queria ser amado
Título Original: ---
Autor: Tony Lucas
Série: ---
Páginas: 47
Ano: 2016
Editora: Autografia
Sinopse: "O garoto que só queria ser amado" reúne 33 poemas que falam desde o incessante desejo do autor do livro de ser amado, passando pelo real significado da felicidade, a dor ao se deixar levar pelo amor, e a chegada da maturidade.
São versos melancólicos, por vezes sarcásticos, que trazem reflexões acerca do amor e tudo que está atrelado a ele.


Fiquei bastante feliz pelo Tony quando soube que ele estava publicando um novo livro, mesmo sendo poemas. Já tentei, mas esse estilo literário nunca foi meu forte. Porém, decidi dar uma chance porque eu gostei muito do seu conto Miguel e Manuela. E olha… se os poemas agradaram a minha pessoa que nem curte muito o estilo, quem adora vai amar.

O garoto que só queria ser amado é uma coletânea com 33 poemas e é impossível você não se identificar com ao menos um. São poemas curtos, de linguagem bem simples, mas nem por isso deixam de ser maravilhosos.

Os que mais gostei e me identifiquei foram Como é que pode? e Coração de Gelo. Como é que pode? me lembrou uma época que era 7x1 atrás de 7x1 quando se tratava de assunto do coração. Coração de Gelo me lembrou bastante o modo que meus amigos se referenciam a mim. (Não sou uma pessoa muito sentimental; logo, o apelido de coração de gelo)

Também há alguns poemas que poderiam virar realidade como Arquivar Conversas, Cara de bunda e Quando eu era criança. Super me identifiquei também.

No começo do livro, Tony conta qual foi a sua inspiração para começar a escrever os poemas. Todos, direta ou indiretamente, tiveram a mesma musa inspiradora. Nada como um coração partido para gerar lindas palavras.

O garoto que só queria ser amado pode ser adquirido, falando diretamente com Tony. O valor é de R$25,00 com frete incluso.

11 comentários:

  1. Oi, Lu!
    Eu curto poemas, mas faz tempo que não leio livros dedicados a ele. Pelos títulos, os do Tony parecem mesmo provocar identificação em quem lê.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luiza! Tudo bem? Menina, fiquei bobo lendo sua resenha! Eu sou um tanto perfeccionista e pessimista, então achava que as pessoas não iam gostar dos meus poemas. Aí chego aqui e vejo você dizer que mesmo não gostando muito de poemas, gostou do meu. Ganhei meu dia! Obrigado por todo apoio e carinho. A resenha ficou muito boa! :)

    PS: Devo ficar feliz ou triste por você ter se identificado com Como é que pode? Kkkkk

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho a impressão que todo mundo gosta de poesia o que as pessoas geralmente não gostam é de autores pretensiosos que fazem jogos de palavras de difícil compreensão e usam a poesia como se fosse um código secreto para falar de seus bichos sem ser entendido! Quando o autor é despretensioso, franco e quer ser compreendido as pessoas acabam gostando e se identificando.

    Mas, isso é só uma impressão minha kkkk Eu gosto muito de poesia e de prosa poética então quem sabe qualquer dia desses não me pego conhecendo "O garoto que só queria ser amado".

    Uma Pandora e sua Caixa

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu,

    Eu li esse conto também e adorei a narrativa, o enredo, adoraria ler este livro, mesmo sendo poemas que não é meu forte!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu. Meu amigo também me chama de Coração Congelado quando dou algumas patadas nele, mas eu acho extremamente divertido o apelido e acredito que isso não resuma minha personalidade. Apesar do tema, detesto poemas e não sei se leria o livro.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
  6. Confesso que não sou de ler muitos poemas mas, me interessei bastante neste livro! Parece ser bem bom. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lu.
    Também vi que o Tony tinha lançado esse livro, e a premissa e a capa chamaram muito minha atenção. Como gosto de poemas, eu com certeza leria o livro.
    Não sei quando, mas pretendo conferir a obra.

    Abraço!
    Tudo Online
    Participe do sorteio do livro "Febríssima"

    ResponderExcluir
  8. Olá, Luiza.
    Também fiquei muito feliz pelo Tony. Ele merece. Não deu para eu ler ele ainda porque estou bem enrolada aqui nas minhas leituras. Minha mãe adoeceu e fiquei bem atrasada. Mas assim que der eu vou ler ele. Mesmo não gostando do gênero também hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oie Luiza =)

    Não conhecia o livro e nem o autor, mas como adoro poemas fiquei super curiosa para ler.

    Me pareceu ser aquele tipo de livro bem fofo *-*

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lu, eu não me lembrava que Miguel e Manuela era do Tony Lucas, essa minha memória Dory é um horror! Gosto de poesias, li muitas na faculdade, acho que me acostumei com o gênero! E puxa, já quero saber como são as poesias do Tony!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Oie,
    não conhecia o livro, mas confesso que poemas não é muito o meu estilo.

    bjs
    Blog Vanessa Sueroz
    Canal no youtube

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.