27 janeiro 2017

Resenha #133: Malícias e Delícias - Tara Sivec (Valentina)

Título: Malícias e Delícias
Título Original: Seduction And Snacks
Autor: Tara Sivec
Série: Chocolate Lovers #1
Páginas: 304
Ano: 2015
Editora: Valentina
Sinopse: CUIDADO: Esta história de amor pode matar você de tanto rir. Ah, e está escandalosamente lotada de porres homéricos e, hummm, sexo da melhor qualidade!
Claire é uma espirituosa jovem de vinte e poucos anos que trabalha num bar (não era esse o plano, mas...) e, muito a contragosto, resolveu ajudar a melhor amiga (uma expert em malícias) a vender brinquedos eróticos bem safadinhos. Na verdade, seu sonho é viver de delícias, ou melhor, abrir uma confeitaria dedicada exclusivamente a doces, cookies e bolos feitos com muuuito chocolate.
Quando Carter, um rapaz que conheceu numa festa de faculdade e com quem passou uma única noite (o suficiente para mudar sua vida para sempre!), reaparece na cidade sem demonstrar reconhecê-la, a não ser pelo profundo aroma de chocolate que Claire exala no ar, ela se mostra determinada – aaaai que loucura! – a fazê-lo nunca mais se esquecer dela. Só que existe uma terceira pessoa na relação (divertidíssimo, porém desbocado e inconveniente). Alguém que Carter desconhece e que, das duas uma: ou o obrigará a comprar uma passagem só de ida para o Polo Norte ou o fará o homem mais feliz do mundo!!!


Sabe aquele ditado “Não julgue um livro pela capa”? Recentemente eu tive o prazer de viver esse ditado. Quem vê essa capa bem fubequinha de Malícias e Delícias não imagina o quanto o livro pode ser bom e engraçado.

Creio que em toda a minha vida literária eu nunca ri do começo até o final do livro. Sério. Logo na primeira frase, eu já sabia que seria fisgada por essa história super engraçada. Conselho: não leia esse livro em público. Não por conta da capa, mas o seu conteúdo vai fazer ter ataques de gargalhadas. Veja bem que não falei risinhos ou sorrisos, eu disse gargalhada.

Olá! Meu nome é Claire Morgan e eu nunca quis ter filhos.
Uma perguntinha básica para alguém como eu que esteja por aí: é só comigo ou você se sente no meio de um bizarro encontro dos Alcoólicos Anônimos quando alguém descobre que você nunca quis ter filhos? Será que eu deveria me levantar, cumprimentar respeitosamente a plateia e contar o que me levou ao sétimo círculo do inferno em que eu me vejo o tempo todo?

Eu simplesmente amei o casal. E isso é algo bem raro de acontecer. Mais raro ainda é me identificar com o casal. Gente, esse livro operou milagres. Claire e Carter são pessoas engraçadas, trabalhadoras, sempre tentando ver o lado positivo da coisa, até mesmo quando não sei tem e super atrapalhadas e sem filtro algum.

Apesar da sua pequena aversão por crianças e a vontade de não ter filho, Claire é uma ótima mãe e ama Gavin. Ela desistiu da faculdade, tem uns trabalhos meio loucos, mas tudo isso é pra que não falte nada para esta criança. Gente, até eu amei esse menininho. Muito fofo, engraçado, bem pra frente da sua idade e um tanto boca suja. Fico pensando que, se eu tivesse um filho, com certeza seria um parecido com ele. (Se não for pra ter um filho assim, nem quero) O que pensar da idade mental de uma pessoa que se identificou horrores com uma criança de quatro anos?

- Quem te ensinou a soletrar, garoto? - quis saber Drew, com uma risada de deboche.
- Dããã, eu já fiz quatro anos! - zoou Gavin.

Carter quando soube de Gavin, de início teve aquele choque básico. Ele podia muito bem picar a mula, mas ele fez o que todo homem que se considera decente deveria fazer: assumiu seu papel de pai e quis realmente fazer parte da vida de Gavin. Mas o que me fez apaixonar por ele foi que ele nunca superou sua noite com Claire e a procurou como um condenado. Ele só lembrava do seu aroma de chocolate e olha… isso rendeu muitas cenas engraçadas mas dignas de vergonha alheia.

- Au-au!
Três pares de olhos se viraram na minha direção.
- Eu acabei de latir, foi isso? - perguntei.
Três pares de olhos balançaram para cima e para baixo, ao mesmo tempo.

Uma coisa é certa: ninguém é normal nesse livro. Repito: NINGUÉM. Começando por Claire e Carter, passando por Liz, Jim (amigos de Claire), Drew (amigo de Carter) e terminando em George (pai de Claire) e Gavin (filho do casal). Durante qualquer diálogo entre os personagens, eu tive a impressão de que estava sendo testemunha de uma conversa entre várias de minha pessoa.

Sem sacanagem, palhaços são assustadores pra cacete!

Um único empecilho que pode haver nesse livro é a linguagem um tanto vulgar que os personagens usam. Mas essa linguagem não te incomodou, Luiza? Olha… 99% dos alunos de Ciência da Computação é composto pela população masculina, então eu já ouvi todo tipo de depoimento, acontecimentos e lingajar possíveis que nada mais falado me espanta nessa vida. Momento depoimento passado, alguns podem se incomodar, mas eu meio que curti esse aspecto porque achei que deu uma veracidade na histórias, fez os personagens parecerem mais reais. Fora que Claire e Liz vendem brinquedos sexuais, então...

Então, se você está à procura de um livro leve, engraçado e que possa te arrancar muitas gargalhadas, supere a má impressão da capa e leia Malícias e Delícias.

21 comentários:

  1. Oi Lu,

    Eu tenho esse livro, mas desde que chegou aqui em casa eu não peguei para ler, preciso fazer isso tipo, urgente, ainda mais depois de ler sua resenha rsrs

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lu. Fico muito feliz sabendo que gostou do livro. Malícias e Delícias é diversão certa, é impossível não ler o livro e sair rindo a curto e adoidado por aí. Também me incomodei pouco com os palavrões e palavras vulgares, mas tô tão acostumada a ouvir que nem me importo de ler também.
    Beijo! Leitora Encantada
    Promoção 4 anos de blog Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  3. Bom dia como vai? Confesso que ainda nao conhecia o livro, mas fiquei bem interessada depois que li a sua resenha.
    beijos!
    www.garrotadelicada.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não sou nada fã desse tipo de livro. Acho meio pesado de mais :P

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Luiza! Tudo bem? Eu odiei essa capa, mas saber que o livro é divertido me faz querer lê-lo.

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Vou comprar sim! Eu gosto de livros descontraídos, principalmente para dar boas risadas hehe!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu, tudo bem?

    Não conhecia o livro, mas com toda certeza o leria. Adoro livros que te fazem gargalhar e te fazem ficar com a barriga doendo, são meu fraco haha A linguagem não seria um impecilho para mim, pois já li muita coisa com um linguajar bem chulo. Os personagens terem essa perna do mais real possível já me deixa instigada. Fiquei morrendo de vontade de conhecer essa família louca. Uma ótima dica!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  8. Você já começa quebrando um paradigma meu: "Não julgue o livro pela capa". Você parece ter advinhado que eu não tinha gostado tanto assim. Mas conforme fui lendo seu texto eu fui ficando cada vez mais curioso em descobrir mais sobre o livro, gostei! Estará na minha lista para o segundo semestre, parabéns pela postagem e principalmente pela forma como desperta em nós o interesse em permanecer na leitura.

    Escrevo Contos e Poemas, dá uma passadinha lá depois:
    www.franklinsousa.com.br

    Se me permite a indicação, amei escrever esse:
    www.franklinsousa.com.br/o-misterio-da-rua-15/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Luiza!
    Realmente, eu nunca compraria esse livro pela capa, rsrs. Mas, parece ser bem divertido e acredito que daria um bom filme, não?
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, Luiza.
    Eu sempre julgo pela capa, por isso nem olharia duas vezes para esse livro. Mas gosto muito de livros que me fazem rir e por isso daria uma chance, mesmo não gostando de linguagem vulgar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Acho que vou me identificar então, já que ninguém é normal haha. Tenho vontade de saborear esse livro, mas costumava julgar ele pela capa também. Mas se nos faz rir é porque vale a pena.
    Beijo
    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi! Que resenha divertida, me lembrou o filme de pernas pro ar hahaha Bjos ♥️

    Click Literário 

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu, tudo bem?
    Eu não sou nem um pouco puritana em relação a capas e nem as histórias, aliás, não sou puritana em nadinha nessa vida kkkkkk Mas confesso que não curti esta capa, achei feia e de mau gosto, sei lá. Por conta disso, mesmo tendo curtido a sinopse eu não me animei em comprar o livro. Sempre digo que ler resenhas é bom demais. Depois de ler a sua, fiquei mega empolgada em ler este livro. Já coloquei na lista!
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  14. Luuuu, já estou com livros em mãos. Desde que vc me falou sobre estou morrendo de vontade de ler. Quero rir e conhecer esses personagens loucos hahahahahaha

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  15. Oi Lu!
    Cara eu ri só lendo a sua resenha, sério!
    Adorei o livro já coloquei na lista de leituras!
    Você faz Ciência da Computaçãoo????Não creio, eu terminei tem um ano. ^^

    Bjs!
    www.auniversitaria.com

    ResponderExcluir
  16. A mágica da resenha é essa: transformar um livro para o qual você torceu o nariz e não leu nem a sinopse em algo que você quer ler! Eu já comecei a ri com a resenha ai depois disso... acabou! Já quero ler o livro, adoro gente louca, maluca, pirada, geralmente são as melhores pessoas para se conviver! hahaha

    ResponderExcluir
  17. já amei o casal só de você descreve-los e também achei a capa fraquinha , mas vou ler com certeza. beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, Lu!!
    Por enquanto o livro não me interessou tanto.
    Mas pelas suas descrições, acho que ele cairia bem para curar ressaca literária ;)
    Vou anotar a dica!

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  19. Oi, Lu

    Acho qur vi você mostrando o livro lá nas histórias do IG. Já li outras resenhas falando praticamente a mesma coisa, que o livro é engraçado e meio obsceno! Hahaha
    Não é um livro que eu compraria, sabe? Mas leria na boa se pintasse oportunidade.

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  20. Oiii, Lu!! Que resenha fantástica, me deixou muito animada para ler esse livro!!
    Eu nunca tinha dado atenção pra ele justamente pela capa fubequinha (nas suas palavras haha), não tinha ideia de que era tão divertido! Sou parceria da Valentina e com certeza vai ser um dos meus próximos pedidos! Não deixarei de comentar que você que me fez ter vontade de ler hahaha
    Beijoss
    Vida em Marte

    ResponderExcluir
  21. Oi Luiza!
    Lembro da polêmica em cima desse livro quando foi lançado,principalmente por causa da capa kkkkkkkkkk
    Já tô rindo horrores aqui com a sua resenha,imagina quando pegar o livro pra ler?hahahahhahahaha
    Tô reparando que só tem gente louca nessa história,já me identifiquei muito!!kkkkkkk
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.