22 novembro 2016

Resenha #111: The Architect of Song - A.G. Howard (Golden Orb Press)

Título: The Architect of Song
Título Original: ---
Autor: A.G. Howard
Série: Haunted Hearts Legacy #1
Páginas: 425
Ano: 2016
Editora: Golden Orb Press
Sinopse*: Uma dama aprisionada pela surdez, um arquiteto preso pelo seu passado, e um fantasma preso dentro das pétalas de uma flor - entrelaçam neste história de amor que transcende a vida e a morte.
Para a maioria de sua vida, Juliet Emerline tem vivido - isolada pela surdez - de fabricação de chapéus na solidão de sua casa. Agora, ela está em risco de perder seu santuário a Lord Nicolas Thornton, um arquiteto misterioso e excêntrico, com desenhos sobre sua humilde propriedade. Quando ela secretamente testemunha ele descontar sua fúria ao lado de uma sepultura, Juliet investiga, encontrando o nome de "Hawk" na lápide e uma flor incomum. No momento em que Juliet toca as pétalas, um jovem nobre inglês aparece em forma fantasmagórica, cantando uma canção que somente ouvidos surdos podem ouvir. O fantasma se lembra de nada de sua identidade ou morte, que não seja o nome que assombra sua vida após a morte: Thornton.
Para vingar seu companheiro fantasma e salvar sua propriedade, Juliet afasta o medo da sociedade e viaja para a estância de férias isolada do Senhor Thornton, posando como um chapeleira em uma de suas lojas. Lá, ela começa a se questionar em quem confiar: o arquiteto de carne e ossos que pode se relacionar com ela através de gestos românticos, notas sinceras, e toques sensuais ... ou o espectro que canta para ela belas canções e palavras ardentes, tocando sua mente e alma como nenhum outro homem jamais pode. Quando verdades sinistras por trás do interesse do Senhor Thornton em sua propriedade e seu vínculo com Hawk vir à luz, Juliet é atraída para uma teia de segredos. Mas é tarde demais para fugir, e a trágico semente de amor tomada em seu coração irá alterar o seu mundo silencioso para sempre.


Eu sempre quis ler algo da A.G. Howard. Quando vi ela anunciando no twitter sua mais nova série, Haunted Hearts Legacy, e vi essa capa maravilhosa, eu decidi que iria começar por ela. E não me arrependo.

The Architect of Song conta a história de Juliet Emerline, uma moça de 19 anos, surda e acabou de perder a mãe. No dia do enterro, sem querer, ela testemunha o acesso de raiva de um homem ao lado de uma cova.

Depois que o homem vai embora, Juliet descobre que aquela cova é de um cara chamado Hawk e ela fica encantada com uma flor que se encontra nela. Juliet leva a flor para casa e, quando a toca, um fantasma aparece e ela descobre que pode ouvi-lo. Porém o fantasminha camarada não se lembra de nada de sua vida, então Juliet decide ajudá-lo a recuperar sua identidade.

Nesse meio tempo, existe a ameaça de um tal Lord Thornton querer comprar suas terras. Quando Juliet descobre que este homem está ligado a Hawk, ela aceita a proposta de trabalhar com ele, como forma de descobrir mais sobre a vida do seu amigo fantasma.

Mal Juliet sabe que a vida desses homens estão ligadas à sua de uma forma que ela nem imagina.


Logo quando lançou o livro, Anitta (posso chamá-la assim porque somos BFF’s no twitter #sqn) logo fez questão de explicar a diferença dessa série para Splintered. Basicamente, Haunted Hearts Legacy é um NA (New Adult) que se passa na era vitoriana com uns toques sobrenaturais. Fora que não é releitura de nenhuma outra história.

Aos que pensaram em desistir ao saber que é um NA, não desistam. Como a autora mesmo explicou, tem um toque de sensualidade sim, maaaaas não tem cenas explícitas porque ela foca mais romance do que no tom erótico em si. Então, podem ler sem medo de ser feliz 🎉🎊

Juliet foi uma protagonista que gostei bastante. Apesar da sua surdez, isso não a impede de levar uma vida normal. Apesar de sua mãe a ter criado como uma donzela sempre em perigo, ela faz questão de se mostrar bem independente e não deixar sua deficiência atrapalhar a sua vida. Em muitos quesitos, Juliet me lembrou bastante as mocinhas de romances de época.

Como previsto, temos um triângulo amoroso bem inusitado: o fantasminha nem tão camarada Hawk e o lord Thornton. Dos dois personagens, eu gostei mais do Thornton. Achei Hawk um tanto quanto chato em certas ocasiões, imaturo e egoísta. Já Thornton, desde o começo ele se mostrou bastante interessado em Juliet, não só por conta de querer suas terras, mas por outros motivos, que aos poucos ele vai revelando. Fora que ele foi bastante compreensivo com alguns closes errados da Miss Emerline.

Até o povo de Marte sabe que não sou muito fã de triângulos amorosos, mas este aqui se encaixa bem com o mistério que envolve a ligação entre Juliet, Hawk, Thornton. Cada detalhe descoberto, Juliete se aproxima mais dos dois homens. E é bastante compreensível suas dúvidas porque HEEEELLOOOO, um deles é um fantasma. (Sim, vibes de A Mediadora). Fora que a história dos dois te leva a acreditar que tudo irá seguir para um caminho. E foi aí que eu fui bastante trouxa.

Agora devo dizer que o tiro chegou quase no final do livro. Eu realmente não esperava por aquilo. Na moral. Pra ter noção, eu estava tomando meu cafézinho da manhã quando esse segredo foi revelado. O tiro foi tão certeiro que quase banho meu Kobo de café.

A história se passa durante o século 19 na Europa e isso dar um tom mais intenso. A escrita da Howard é bastante floreada e poética, mas mesmo assim não fica tediosa. Apesar do tom meio gótico, ela tem uma certeza leveza, que faz com que a leitura flua bem.

Apesar de ter lido em ebook, a diagramação do livro estava linda. No início de cada capítulo, temos um provérbio que tem a ver com o que vai acontecer naquele capítulo e no topo da página temos um desenho de uma borboleta ligada a várias flores (como podem ver na foto abaixo).

A morte fecha todas as portas e paga todos os débitos
Provérbio Inglês*

Segundo a autora, cada livro contará a história de uma geração ligada a esses personagens. Eu estou bastante ansiosa para o segundo livro, ainda mais agora que descobri que não terá triângulo amoroso #yay. Howard comentou comigo no twitter que logo mostrará a capa e ela está bem mais bonita que a do primeiro. Isso é algo que não consigo imaginar. O título do segundo livro é The Hummingbird Heart e tem lançamento previsto para agosto do ano que vem.

The Architect of Song foi uma primeira ótima experiência com a autora e espero que chegue logo em terras tupiniquins.


*Traduções feitas por mim

PS: estou in love com esse novo layout ♥

22 comentários:

  1. Oi Lu,

    Amei a resenha, é bem o estilo de livro que gosto, mas vou começar por baixo com os livros em Inglês, hehe
    Adorei a dica mesmo assim!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  2. Um triangulo amoroso envolvendo um fantasma? Realmente não consigo imaginar pra onde essa história vai ... Assim que é bom, quando não é previsível.
    😘
    www.cupidobrega.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi bom dia ,gostei muito do seu blog, gostaria de te pedir tambem para estar seguindo meu blog:http://redetelenova.blogspot.com.br/
    Seguir:blogger.com/follow.g?view=FOLLOW&blogID=728384867269650044 …
    já estou te seguindo abraço.

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    não conhecia o livro, mas por não ter triangulo amoroso me anima rsrsrsr
    Gostei bastante da premissa.
    Dica anotada.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia o livro ainda, fiquei bastante interessada em saber o final dessa história hehe
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu, sua linda, tudo bem?
    Antes de mais nada, o novo layout ficou ótimo, principalmente por ter escolhido minha cor preferida, risos. Agora sim: OMG!!! É aquela autora do livro o Lado mais sombrio!!! Não sabia que ela tinha iniciado uma nova série. Ainda não li nada dela. Não me aguento nas suas resenhas, morri de rir quando destacou que um deles era fantasma. Isso que eu estava achando estranho: um triângulo com fantasma? Ela chegou a querer ficar com ele? Mas é impossível!!! Ah, adoro ser enganada pelos autores, mas não gosto nada de banho de café, risos... Sou fã de romances de época, então, o cenário da era vitoriana só me encheu os olhos. Você me deixou louca para conhecer mais uma série, agora ficarei sofrendo até que alguém resolva publicá-ló por aqui. Ah, consegui ler um dos livros que você indicou aqui e amei: Sangue e Mentiras- Six Of Crows. Mas a minha edição é normal, não é igual a sua de capa dura, chique demais!!! Amei sua resenha!!!!!

    P.S.: Você é um amor, Lu!!!! Muito obrigada por me ajudar. Não tinha visto onde estavam os emojis, agora com a sua ajuda achei. Obrigada!!! Te favorito!!

    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiee
    Ainda não conhecia o livro, mas tem uma trama interessante!! Adorei sua resenha e saber sua opinião.
    O lay ficou muito fofo!!

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu!
    Adoreeei a resenha, já tinha visto esse livro aqui no seu blog e coloquei na listinha pois tinha gostado da sinopse, e agora fiquei com mais vontade ainda de ler sabendo dos detalhes. A história parece ser diferente!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, Luiza.
    Adorei as novas cores hehe. Apesar do gênero, eu fiquei doida para ler. Adoro livros que tem fantasmas e imagino a emoção dela ao ouvir ele. Tomara que chegue logo aqui.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oi, Lu. Tudo bem?

    Primeiramente, adoei ao layout novo. Só deu um bug (não sei se só aqui) que os dois últimos quadradinhos das últimas postagens ficam embaixo dos outros e não ao lado como ficava antes, parece que ele só acompanha a largura da área de postagem, não sei :(

    Sobre o livro: ainda bem que sua mania de trazer esses livros que ainda estão em inglês dessa vez não me pegou, HAHAHAHAHAH.
    Isso pq eu tenho (sim!) preconceito com histórias com fantasmas :'D

    Um beijo!
    Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu, tudo bom?

    Que resenha maravilhosa é essa? Eu fui lendo e desejando esse livro a cada linha. Triângulo amoroso com um fantasma? Estou louca para ver como isso se desenrolou, apesar de achar bem estranho. Fiquei bem curiosa com esse livro e não conheço a autora, talvez seja uma ótima oportunidade de ler algo dela.

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  12. Ooi Luiza, tudo bom??
    Acredita que não conheço a autora? Agora já estou louca para ler esse livro HUSAHAHA Adorei que tem triangulo amoroso com um lord e um fantasma!! Senti as vibes de A Mediadora <3
    E essa diagramação está ahazando, o novo layout também ahazou, está um amor,
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
  13. Oii, Lu!
    Nossa, eu adoro a autora. Conheci ela por Splintered (indico a leitura!) e estou ansiosa pra ler outros, só espero que as editoras tragam pro brasil logo! Adorei a resenha <3
    Beijos!
    Borboletas de Papel | fanpage - twitter - instagram

    ResponderExcluir
  14. Oi Luiza, tudo bem?
    Lá vem você com mais um livrinho pra deixar a gente cheia de vontade!
    Espero que chegue logo ao Brasil. Dessa autora só li o terceiro livro da trilogia lançada pela Novo Conceito e gostei muito do seu modo de escrever.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  15. Esqueci de dizer que curti muito seu novo lay! Gostei muito da cor.
    Bjus

    ResponderExcluir
  16. AAAi que foda *w* Tô morrendo de vontade de ler agora *w*

    - Nanda (Ice Fairy ^-^ Kell)

    ResponderExcluir
  17. Que resenha maravilhosa flor, eu não conhecia o livro, mas assim como você
    me encantei pela história. como sempre você tem ótimas recomendações. beijos

    Taynara Mello
    www.indcarlivros.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, Lu.
    Não conhecia a autora, mas gostei da história, e de saber que apesar de ser N.A o foco não é esse.
    E gente como assim tudo bem você ver um fantasma e ainda virar amiga? haha
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  19. Luuuu, tá lindo mesmo esse novo lay <3
    Hahha, eu fui uma daquelas pessoas que já estavam querendo fugir quando viu que se tratava de NA hahahah. Mas pelo visto ele parece bem diferente. E amei ter uma protagonista surda. Representatividade importa <3
    Amei!
    Mas como não leio em inglês, preciso que o livro venha para cá hahaha
    Beijooos
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Lu! Que livro é esse. Fiquei aqui babando na resenha e acho que não aguento chegar no Brasil, vou lá procurar na Amazon. Eu curto triângulos, fantasmas, era vitoriana e mistério. Quero agora.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  21. Oi Luiza

    Meninaaa... tem duas semanas que terminei a trilogia Splintered e amei.
    Que autora criativa (e olha que eu odeio triângulos amorosos, mas a escrita da autora é muito irresistível). Quero demais ler essa nova série dela que, por sinal, só traz enredos originais, né?
    Amei ler sua resenha e já estou ansiosa por adquirir essa série.


    Beijos
    Alana Marques
    colecionadoresdelivross.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem contar que o triângulo amoroso em Splintered foi resolvido de uma forma que minha mente adulta quase não conseguiu acompanhar, mas que fez sentido hahaha
      Ela é incrível.

      Excluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.