07 outubro 2016

Resenha #97: Turbulence - Whitney G

Título: Turbulence
Título Original: ---
Autor: Whitney G
Série: ---
Páginas: 412
Ano: 2016
Editora: Independente
Sinopse*: Eu e ele nos conhecemos em baixo de uma nuvem de clichês.
Rapaz encontra mulher. Rapaz encanta mulher. Rapaz fode mulher.
Nossa história deveria terminar logo depois dos orgasmos, logo depois que seguíssemos os nossos caminhos separados.
Mas logo depois nos víamos de novo...
E nenhum de nós conseguiu se distanciar.
Nossas regras eram simples.
Nossa paixão era escandalosa.
Nossos corações supostamente eram para estar seguros...
Mas quando você encontra algo que te consome, inebriante e inevitável, você vai arriscar tudo que você já teve, mesmo que você esteja destinado a cair e se queimar.


Leitura recomendada para maiores de 18 anos

Turbulence conta a história de Jake Weston e Gillian Taylor que, após encontros e desencontros na vida, acabam trabalhando na mesma linha aérea: Jake como piloto e Gillian como aeromoça. Uma das regras da empresa é o não-relacionamento entre funcionários, mas os dois ignoram essa regra e iniciam um turbulento caso.

De início, eu achei que encontra uma história no estilo de O Lado Feio do Amor, mas essa minha expectativa foi por água abaixo logo nos primeiros capítulos. Logo me vi lendo algo que lembrava muito o livro Toda Sua.

Não vou mentir que passei boa parte da leitura odiando os dois personagens principais. Jake por ser um bruto imbecil que não tem noção de como tratar as pessoas e Gillian por ser bastante trouxa e, apesar de inúmeras vezes dizer não, acabava voltando para Jake. Same old, same old de alguns livros.

Entretanto, Gillian me dava mais raiva do que Jake pelo fato dela tentar forçar a barra. Então me ajuda a segurar... Essa barra que é gostar de você*.. Desde o começo, eles acordaram que seria somente sexo e acabou, mas parece que ela não queria entender isso. Gillian sempre encontrava um jeito de ler e entender completamente diferente as ações dele e forçar uma relação entre dois. Claro que, eventualmente, Jake começa a gostar dela, mas ainda assim ela continua forçando a barra. Miga, entenda, nessa vida ninguém é obrigado. Creio eu que Gillian venceu Jake pelo cansaço, porque olha…

Falando em ódio, eu já tive minha cota de personagens escrotos (me desculpem o palavreado, mas é que realmente não existe outro adjetivo para encaixar aqui) no mundo literário, mas as famílias de Gillian e Jake e o ex de Gillian entraram direto para o top 5 de personagens escrotos. Gente, eu creio que a Whitney os criou para realmente odiarmos eles com todas as forças.

Vendo o passado e a família de Jake dá até pra tentar compreender porque ele é assim com as pessoas. Gente, o cara pulou a fila da sorte quando nasceu. A única pessoa na família que ele nutre um sentimento é a mãe, mas, por ironia do destino, alguns babados aconteceram que olha.. Fiquei de coração partido ao ler as cenas entre ele e a mãe.

Eu estava disposta a dar, no máximo, um babado fraco para esse livro, mas eis que cheguei na reta final do livro… Pra quem passou boa parte do livro odiando o casal, chegar na reta final e ficar com o coração na garganta por conta deles, é sinal de que a autora realmente estava guardando o melhor pro final. Quando eu estou me recuperando de um tiro, vem mais porrada e bomba que fizeram dar babado forte pra esse livro e ainda escrever essa resenha bem aqui. Eu realmente tive de bater palmas para essa mulher, mesmo contra a minha vontade.



Ok! Pra não dizer que só odiei gente aqui, teve uma personagem que gostei que foi a amiga da Gillian, Meredith. Em certo momento, ela fala umas verdades para Gillian que me fez lavar a alma, porque foram as verdades que eu diria pra ela e pra qualquer amiga minha que estivesse nessa situação. Parabéns, Meredith, você merece o prêmio de melhor pessoa dessa história.

Sua companheira de quarto ruidosamente abriu um enorme saco de batatas fritas e sentou-se no sofá, assistindo-nos intensamente como se fosse o seu entretenimento[...]
"Ha!" sua amiga bufou, fazendo ambos virar-se, nos fazendo perceber que ela ainda estava assistindo.
"Desculpe", disse ela, fingindo uma tosse. "Minhas alergias estão simplesmente horríveis este ano."

Sim, eu estou tendo uma relação de amor e ódio com esse livro. Provavelmente esse vai ser o único livro da autora que lerei, mas ainda assim eu recomendo para aqueles que curtem o gênero e gostam de uma reviravolta monstruosa.

*Pra quem não conhece a música, ouça essa masterpiece brasileira aqui.

17 comentários:

  1. Oie
    Confesso que o enredo não chamou muito a minha atenção, mas se tivesse chance o leria.
    É tão ruim quando não simpatizamos muito com os personagens né?
    Adorei sua resenha e saber sua opinião sobre.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii Lu

    Vou ser sincera: só de ler a resenha já odiei o suficiente o casal protagonista. A garota que nao se toca me tira do sério, caramba, se dá o valor né? E o brutamontes insensível tampoco me agrada...

    Acho que nao é o tipo de leitura pra mim

    Obrigada pela resenha sincera, ficou ótima

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Adorei sua resenha, mas não leria o livro, já que não faz meu tipo de leitura e também porque não gostei dos personagens, rs.

    Beijos,
    Duas Livreiras / Sorteio de 3 KITS

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Lu, eu já li a trilogia dela "Uma Noite e Nada Mais" e eu AMEI, entrou pra lista de favoritos, então fiquei bem animada quando vi resenha de "Turbulence". Uma pena que você não curtiu taaanto assim, mas eu recomendo muito a trilogia (mesmo que você tenha dito que não leria mais nada dela, hahah).

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu!
    Olha... Existem muitas pessoas tipo a Gillian por aí. Espero que todas tenham uma Meredith por perto para falar as tão necessárias verdades dolorosas, sacudir, esse tipo de coisa. Fiquei curiosa com a tal reviravolta!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Não conhecia esse livro, mas depois de ler a resenha estou aqui curiosa RSRs
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Você lê cada babado forte que me surpreendo :D
    Adorei a resenha, e conhecer um pouco mais dessa história. Nunca tinha visto esse livro.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lu. Pois é, acabei de comentar que estou detestando alguns personagens eróticos e infelizmente alguns livros só fazem esse nosso ódio aumentar. Acho que os autores resolveram abusar do gênero e fazer uma coisa meio sem sentido, perdendo um enredo ótimo que poderia ser melhor abordado.
    Abraço! Participe do sorteio do livro Twist de Tom Grass

    ResponderExcluir
  9. Adoro esses livros que nos fazem sentir como se a gente tivesse em uma montanha russa de emoções hahaha mas não sei se eu conseguiria ler um livro odiando o casal principal, eu demorei horrores pra ler A Seleção só porque não gostava da America HAHAHA mas fiquei curiosa pra saber esse final, parece surpreendente!
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
  10. Realmente, lembra um pouco O lado feio do amor, mas ninguém tem o dom da Colleen de destroçar o nosso coração, né? Foi boa a intenção da Whitney, mas parou por aí hahahaha bom que pelo menos no fim o livro melhorou!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. OOOOOI

    preciso confessar: infelizmente o que me faz não ter muito gosto por esses livros hot é que, no geral, os homens são mais brutos que animais e as mulheres são trouxas e submissas ao extremo :( Mas que bom que ao menos teve uma mudança aí e fez você gostar HAHAHAH

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu, sua linda, tudo bem?
    Eu ainda não li o lado feio do amor, preciso ler esse livro. Lu, confesso que não conseguiria me apaixonar pelo casal, já que ela não respeita e força muito a barra. Mas fiquei curiosa com esse final, risos... Adoro suas resenhas!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Luiza!
    Não conhecia o livro, mas também não sei se leria porque acho que também ia odiar os dois personagens. Mas que bom que no final eles te surpreenderam, senão ia dar vontade de jogar o livro pela janela, né?

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  14. Oi Lu

    Odeio mulheres como a Gillian, confesso rsrsrs mas quando um livro nos faz amar e odiar é porque ele é no mínimo interessante! Então, com certeza quero conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  15. Oi, Luiza.
    Eu não conhecia esse livro, mas também não fiquei com interesse em lê-lo
    Acabei de ler um livro mais ou menos assim e, no momento, não quero ler outro tão cedo.
    Apesar disso, fiquei curioso pelo final.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Muito legal, adorei os gif. #Seguindo para não perder nenhum babado.

    www.ocabeloemeuedai.com.br

    ResponderExcluir
  17. Ola!!
    Ja procurei este livro em varias lojas, porem nao encontro em nenhuma, se alguém souber poderia me avisar?
    Obrigada!!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.