10 maio 2016

Resenha #51: The Score - Elle Kennedy

Título: The Score
Título Original: ---
Autor: Elle Kennedy
Série: Off-Campus #3
Páginas: 361
Ano: 2016
Editora: Independente (CreateSpace)
Sinopse*: Ele sabe como marcar, dentro e fora do gelo
Allie Hayes está no modo de crise. Com iminente graduação, ela ainda não tem ideia sobre o que ela vai fazer depois da faculdade. Para piorar a situação, ela está cuidando de um coração partido graças ao fim de seu relacionamento de longa data. Rebound sex selvagem definitivamente não é a solução para os seus problemas, mas o lindo estrela do hóquei Dean Di-Laurentis é impossível resistir. Só essa vez, porém, porque mesmo que seu futuro é incerto, com certeza não incluirá o rei de uma noite só.
Vai precisar mais do que movimentos chamativos para conquistá-la
Dean sempre consegue o que quer. Meninas, notas, meninas, reconhecimento, meninas... Ele é um homem das mulheres, com certeza, e ele ainda está por encontrar uma mulher que é imune a seus encantos. Até Allie. Por uma noite, a loura resoluta abalou todo o seu mundo, e agora ela quer ser só amigos? Não. Não acabou até que ele diz que acabou. Dean está em perseguição, mas quando as mudanças da vida o atinge, ele começa a se perguntar se talvez é hora de parar de se concentrar na pontuação... e atirar para o amor.


Eu faço o que eu quero, quando eu quero. E eu não dou a mínima para o que as pessoas pensam de mim.*

Em toda série que, cada livro foca em um amigo, sempre tem aquele que é o dito horny dog: o cara que se acha digno do prêmio pênis de ouro sorry pela expressão e sempre está atrás de um rabo de saia. E, por ironia do destino, apesar dessas características, essa pessoa geralmente é a responsável pelo livro mais engraçado da série. É isso que acontece aqui.

Allie Hayes - roommate e melhor amiga de Hannah (The Deal) - acabou de terminar um relacionamento que, entre idas e vindas, durou três anos. A última coisa que ela queria era passar a noite acompanhada de Dean Di-Laurentis. Depois de muita tequila, os dois acabam na cama.

Allie está decidida que esse feito não se repita, mas Dean está decidido a fazer Allie mudar de ideia. Porém, o destino está preparando outra coisa para os dois.

- Você tá fazendo isso errado, sabe. O melhor jeito de esquecer alguém é ficar com outra pessoa. Rápido.
- Não tô pronta para estar com outra pessoa ainda.
- Claro que você está. Sério, só ache alguém pra ser o estepe - Dean levanta e balança o braço - Eu me ofereço como tributo.*

Acho que de todos os personagens, Dean foi o que mais me surpreendeu. Nos outros livros, temos uma visão muito superficial dele. Ele se deixa passar pelo menino riquinho e tapado, mas no fundo, ele é super interessado no seu futuro e a fofura em pessoa.

Allie é uma menina decidida, pé no chão - como as outras protagonistas. Porém, nesse momento, ela está um pouco fragilizada por conta do término do seu namoro. Para completar, ela está preocupada com seu futuro também e como isso vai afetar a vida do seu pai.

Falando em pai, achei muito fofa a relação da Allie com o dela. A mãe dela morreu de câncer quando ela era criança e, anos depois, seu pai foi diagnosticado com esclerose múltipla. Com sua carreira de atriz, ela quer fazer de tudo para ficar perto do pai.

Confesso que sou apaixonada por histórias em que o safadão #VAISAFADÃO desculpa galera galinha pega todas se redime. É legal ver a transição de quando percebem-se apaixonado. De início, Allie não queria essa história de casual com Dean, mas a pessoa sabe ser insistente… Claro que todos nós sabemos que iria desenvolver para algo a mais. Foi desenvolvendo de um jeito que nem eles perceberam.

- Ok, então aqui está o nosso plano para esta noite. Primeiro vamos fazer sexo para relaxar. Então vamos pedir uma pizza e reabastecer nossa energia, e depois disso, a segunda rodada. Parece bom?
Exasperação sobe dentro de mim. Toda vez que eu acho que há mais para Dean do que simplesmente ser um tarado obcecado por sexo, ele vai e me prova errado. Ou, na verdade, ele prova certa.
- Você já considerou procurar um psiquiatra para ver essas tuas alucinações? - eu pergunto educadamente. - Porque, querido, não existe a menor possibilidade da gente fazer sexo esta noite.
- Tá bom. E que tal então só fazer sexo oral um no outro?
- Que tal você ir embora?
- Contra proposta: eu fico aqui e a gente só se esfrega.*

A frase que inicia a resenha é quase um lema da vida do Dean. OK que ele é podre de rico e tals, mas ele não deixa que isso influencie no modo que vive sua vida. Acho que essa foi a maior lição que ele ensinou para Allie - e pra mim. Hoje em dia, sempre existe aquele ser energúmeno para criticar tudo que fazemos na vida ou para comentar que as pessoas vão falar #bandifofoqueiro. Eu simplesmente respondo "Eles pagam minhas contas? No dia que fizerem isso, podem meter o bedelho na minha vida" e saio divamente ao som de Turn Down For What #sqn #sonharnãocustanada. Resumindo, viva a vida do Dean: faça o que quiser, quando quiser e não ligue para o que as pessoas falam.

Se os outros dois livros continham cenas engraçadas, esse aqui ultrapassa o limite. Dean é a graça em pessoa. Então, qualquer cena que ele apareça, sempre vai ter algo engraçado. Rolaram algumas aqui - uma bem específica que não vou dar spoiler - que me fez rir que nem uma retardada. Não que isso seja muito difícil but whatever... Os diálogos dele com ser amigo Beau também são dos melhores.

- Ei. Você sabe Crepúsculo?
Ele pisca. - Com licença?
- Crepúsculo. O livro de vampiros.
Seus olhos desconfiados estudam meu rosto. - O que sobre isso?
- Ok, então você sabe como o sangue de Bella é extra especial? Como ele dá um tesão em Edward cada vez que ela está ao seu redor?
- Você está f***ndo comigo agora?
Eu ignoro. - Você acha que isso acontece na vida real? Feromônios e toda essa baboseira. É uma teoria besta que algum tarado sonhou para que ele pudesse justificar por que ele está atraído por sua mãe, ou alguma merda? Ou há realmente uma razão biológica para que sejamos atraídos por certas pessoas? Como no maldito Crepúsculo. Edward quer ela em um nível biológico, certo?
- Você está dissecando a sério Crepúsculo agora?
Deus, eu estou. Isto é o que Allie está me reduzido. Um perdedor triste, patético que vai a um bar e obriga seu amigo para participar de um clube do livro sobre Crepúsculo*

Como eu comentei nos outros livros, as histórias são free drama. Isso muda um cadinho nesse livro aqui. A autora adiciona um drama quase no final do livro, mas não tem nada de drama mimimi de casal. Eu fiquei bem mal até porque recentemente aconteceu algo parecido comigo.

O próximo livro é do último amigo que falta - Tucker. O nome se chama The Goal e vai sair em agosto. Só pelo gancho final desse livro aqui, já prevejo uma história bem engraçada. Já estou bem depressiva por me despedir desses meninos fofos e engraçados.


Resenhas anteriores
Livro 1 - The Deal
Livro 2 - The Mistake

*Traduções feitas por mim

21 comentários:

  1. Oi Lu, que resenha Show! Os livros poderiam ser lançados aqui né?!
    Amei os quotes que selecionou, adoraria ler!!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    não conhecia o livro, mas ele não me chamou atenção.
    Estou fugindo de livros neste gênero por enquanto

    bjos
    http://blog.vanessauseroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiii Lu, tudo bem?
    Apesar da resenha ter ficado boa, confesso que ando meio cansada de livros assim.
    Descobri que gosto de suspense acredita hahha (e olha que sou mega cagona).
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
  4. Estou percebendo que você gosta desse estilo de leitura, mais picante kkk. Eu não sou muito desse estilo, por isso até nem li nenhum dessa série, mas parece ser interessante conhecer cada personagem de perto em cada livro :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. oi, oi.

    preciso desse livro com urgência! <33333 é o meu tipo de leitura favorita. romance com uma mistura de drama sempre dá certo, né?! <3

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
  6. Oi Luiza!
    Não conhecia a série, nem é muito meu estilo de leitura, mas parece que você está adorando acompanhar, né?
    PS: Morri de rir do "prêmio pênis de ouro" kkkkkk
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Tem como não se encantar pela escrita da Elle?! Os livros são muito divertidos, personagens super carismáticos que nos fazem derreter de amores.
    Adorei a resenha.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  8. Oi, Luiza! Menina eu não gosto de livros hot, mas resolvi encarar um esse ano novamente, depois de anos. E de alguma forma achei esse livro parecido com o que estou lendo, no sentido de o cara ter todas as garotas aos pés, de todas quererem ele e ele se sentir atraído uma garota diferente delas. Acho isso bem clichê para esse tipo de história.

    Diego, Blog Vida & Letras

    ~ Venha comemorar o aniversário do blog comigo:
    http://blogvidaeletras.blogspot.com.br/2016/05/9-anos-de-vida-letras-concurso-cultural.html

    ResponderExcluir
  9. Oiiii Lu

    Pela sua empolgação e pela resenha impecável, fica dificil resistir à essa série. O primeiro dessa série será publicado semana que vem aqui aonde moro, e já tenho ele entre meus pendentes. Quer ler em breve, tenho certeza que vou amar

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  10. Oi, Luuu

    Menina, tu curtiu mesmo essa série, hein? hahahahha
    Tô meio cansada desse negócio de redenção de "bad boys", mas leio os livros mesmo assim pq curto o gênero! hahahah
    E essas capas com esses peitorais sarados e abdomens tanquinhos? #seabana! hahahahha
    Mais pra frente vou dar uma chance pro primeiro, vamos ver se rola química! hahahah

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  11. Oi, Luiza!
    Eu não consigo gostar desse gênero, "50 tons" me deixou traumatizada! Ahahahaha! E são tantos clichês, né?! Na verdade, acho que cada gênero tem os seus e que quem é fã nem se incomoda muito com isso, faz parte do estilo mesmo. Achei sua resenha divertida! :P

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  12. "Prêmio penis do ano" kkkkkkkk Menina, mas vc gostou dessa serie mesmo. Ainda não consegui terminar o primeiro.

    Abraços.
    aressacaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Já suspirei só com a resenha, imagina com a leitura, hehe. Ando numa fase "leituras hots" portanto, sem dúvida quero ler!!!

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi
    adorei a resenha, você está me deixando muito curiosa com os livros dessa série, esse parece ser legal pelos quotes e já quero ler também , adoro livro desse estilo.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi
    Que capa mais linda!!
    Gostei muito da sinopse e da resenha, a história parece ser muito legal, gosto de romances que tenham essa pegada divertida.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  16. Oi Lu, quer para de postar livros com capa de homens tesudos, por favor? kkkkkkkkkkkkk brincadeira! Mas a cada resenha dessa série que vc posta, mas vontade de ler eu tenho! #confesso e vou ler, logo, logo! e se eu me viciar a culpa é sua rsrsrrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  17. Oi, Luiza!
    Essa foi uma das resenhas mais engraçadas que já li... adorei!
    Gosto muito de continuações com personagens secundários e acabei de colocar essa trilogia na minha lista. Obrigada pela dica :)
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  18. So in love with your blog! You've got such a fresh style and it really is a pleasure to read it!
    Would you like to follow each other on GFC? If yes just let me know once done and I'll be right back!
    xoxo
    Patricia http://patriciacori.blogspot.ch

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Apesar de não gostar muito de livros hits gosto de um romance com aquela comédia sabe? Parece que esse é assim né?
    Adorei a tua resenha super divertida!
    Um beijo!
    Lua.

    http://luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Olá, Luiza.
    Confesso que essas histórias onde o protagonista não presta muito de pois se redime não me convencem. Ademais, é sempre meio repetitivo. Isso me deixa com um pé atrás com a obra. Sinceramente, não sei se a leria.
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de maio. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  21. To doida pra ler a série , mas ja tenho tantos livros acomulados aqui que da até um aperto no coração kkkkkkk
    Amei o Dean só pela sua descrição "faça o que quiser, quando quiser e não ligue para o que as pessoas falam." Tambem amo muito livros com essa temática do playboy que se redime haha Amei a resenha!
    Blog: estacaonoventae7.blogspot.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.