04 março 2016

Resenha #33: Estilhaça-me - Tahereh Mafi (Novo Conceito)

Título: Estilhaça-me
Título Original: Shatter Me
Autor: Tahereh Mafi
Série: Shatter Me #1
Páginas: 304
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito
Sinopse: Juliette não toca alguém há exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.


Lembro que, quando li Estilhaça-me, eu fiquei super revoltada comigo mesma que queria chutar meu próprio traseiro daqui até a China ida e volta por não respeitar minha meta de leitura.

Na época, Estilhaça-me estava na minha listinha querida fazia um bom tempo, mas, sempre eu passava alguns livros na frente alguns anos depois e nada mudou. Até que um dia decidi ler e o resultado foi a revolta que expliquei no parágrafo anterior. Me arrependi profundamente de não tê-lo lido antes!

Não tenho nada senão o chão.
Não terei nada senão o chão.

Juliette está a 264 dias presa em uma cela, sem contato algum com o mundo exterior. Sempre desprezada maltratada ignorada judiada por todos, principalmente seus pais, Juliette sempre fez de tudo para não entrar no caminho de ninguém e, quando podia, até ajudava algumas não-dignas desse fato pessoas. Mas, por culpa de um acidente, ela foi presa e é mantida assim desde então.

Para tentar manter restante de sua sanidade eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca eu não sou louca, todo dia, Juliette escreve em um caderno improvisado.

Lá fora, o mundo está desmoronando um verdadeiro caos: animais e plantas pessoas morrendo envenenados; água e energia escassas; pessoas morrendo passando fome; nem o céu é mais azul e os pássaros deixaram de voar. No meio disso tudo, está o Restabelecimento, responsável para levar a humanidade a outro patamar de qualidade de vida matando destruindo tudo que fica no caminho.

A vida de Juliette dá uma guinada de 360° graus quando ganha um lindo tatuado perfeito companheiro de cela chamado Adam. Juliette quer saber não sabe o porquê Adam está ali. Juliette agradece odeia que Adam esteja ali. Juliette não quer que Adam vá embora. Juliette teme pela vida dela dele. Ela quer não pode tocá-lo. Desde que nasceu, Juliette não toca em ninguém: seu toque é poderoso letal.

Seus lábios amolecem em um sorriso que me quebra a espinha em pedaços. Ele repete meu nome como se a palavra o divertisse. Como se o entretivesse. Como se o deleitasse. 

Tentando seguir com o que resta de suas vidas, de repente, Adam e Juliette são arrebatados arrastados de sua cela a mando de um lindo sedutor sádico perverso calculista insensível soldado do Restabelecimento chamado Warner.

Warner tem planos para Juliette: quer usar o seu poder toque em prol do Restabelecimento. Juliette não quer ser usada. Juliette quer ser libertada. Juliette tem de decidir se vai ser uma arma a favor ou contra o Restabelecimento.

Confesso que me surpreendi muito com esse livro. Principalmente com a escrita da Tahereh. Apesar de cheias de metáforas (não curto, admito), ela conseguiu manter um ritmo fluído e rápido. A escrita me lembrou aos livros dos séculos passados (não vou especificar porque nunca sei o certo), mas com um toque moderno. Gostei tanto da escrita que me inspirei nela pra escrever essa resenha.

Adorei as passagens riscadas. É como quando pensamos ou deixamos de falar algo mas, está ali presente. O livro sendo em 1ª pessoa caracterizou muito bem isso.

Sobre os personagens, foram muito bem construídos e personalizados. Principalmente Juliette. Às vezes, ao ler, eu sentia seus sentimentos (redundante mas OK). Não consigo me imaginar ficar sem falar com ninguém durante um bom tempo. Admiro mais ainda ela ter conseguido manter sua sanidade. Se fosse euzinha, já tinha ficado louca há muito tempo.

Adam é um personagem misterioso, que chega de mansinho, mas, com o decorrer do livro, descobrimos seus propósitos. Warner é um personagem feito para se odiar e, ao mesmo tempo, sentir pena. Sim, eu senti pena dele. Seus ideais e sua fé cega no Restabelecimento são sua motivação e ele tenta fazer com que Juliette enxergue isso e o ajude. Eu mal imaginava o que o destino reservava para minha pessoa, envolvendo Warner...

Kenji e o irmão de Adam, James, aparecem para dar um pouco de comédia na história. Confesso que me diverti muito com eles.

Há um ponto que não consegui decidir se é positivo ou negativo: a tensão sexual. Sim, isso mesmo que vossa pessoa leu. Juliette, Adam e Warner são adolescentes com idade entre 17 e 19 anos. Claro que todos estão com os hormônios à flor da pele nessa idade, mas havia momentos que me esquecia que eles eram adolescentes tamanha a tensão sexual que emanava na leitura. Principalmente em alguns momentos entre Adam e Juliette.

Ele está olhando para os meus lábios e eu estou por toda parte me doendo de desejo. Se ele me beijar neste momento, não sei se o deixarei parar. Ele respira bruscamente. Parece lembrar que está segurando algo.

Quanto à diagramação, adorei a fonte - um pouco diferente das que estamos acostumados - e o tamanho. As minhas lindas e adoradas folhas amarelinhas. Gostei muito também do começo de cada capítulo com um desenho de algo estilhaçado. Quanto à revisão, se teve algum erro, passou muito desapercebido.

Ele toma minha mão e a aperta em seu rosto e eu sei que eu nunca entendi a beleza do sentimento humano antes disso. Sei que ainda estou chorando quando meus olhos tremulam cerrados.

Estilhaça-me é um livro para pessoas que, de um algum modo, possuem um toque poderoso.

31 comentários:

  1. Smp fui louco pra ler esse livro! Mas preferia mil e mais mil vezes a capa antiga! Mas entendo que não combinaria com as outras capas. Gostei de saber que ele flui rápido, ele parece uma coisa mais lenta, e isso não me prende muito. E eu também sou meio
    lento pra entender essas coisas de metaforas em livros, hahah. Amei a resenha ❤️
    http://jeremiasoliveirablog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Lie,
    li este livro quando lançou, mas confesso que não curti nada a série.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, Luiza.
    Eu gosto de livros com metáforas, então acho que curtiria mais esse aspecto do que você. Além disso, achei a premissa interessante. Isso de a protagonista não poder tocar em ninguém é bem legal e assustador.
    Quero conferir a obra.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
  4. Olá :)
    Eu amei esse primeiro livro, mas te confesso que me decepcionei com os outros, o Adam vai ficando insuportável e acabamos nos apaixonando por Warner e ai você já viu, mas a história sim é muito bem escrita e construída, ótima resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Luiza.
    Eu tive a trilogia na minha estante e acabei trocando por outros livro que tinha muita vontade de ler. Eu fiquei desanimada com a leitura e troquei. Sua resenha está muito boa.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Luiza!

    Também tenho esse livro aqui e está parado na estante, sempre penso antes de começar a ler. Acho que já está na hora de dar uma oportunidade pra ele, pela sua resenha o livro me pareceu ser ótimo! V

    Beijos,

    http://sozinhanabiblioteca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Ahhh eu adoro essa série <3 <3 Também fiquei indignada comigo mesma por não ter lido esse livro antes! hahaha
    Acho linda essa capa e a história mais linda ainda, Warner <3
    Ótima resenha! Seu blog é lindo, já estou seguindo!

    beijos
    http://infinitudedepalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi (:
    Já li o primeiro livro e gostei muito, faltam os outros. Bom que dei uma lembrada na história aqui no seu blog :D
    Quando a diagramação eu concordo, é lindíssima! Também adoro essa capa!
    Bj

    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Esse livro é realmente maravilhoso, só de pensar nele eu me arrepio toda. Quero reler ele para continuar a leitura do resto da serie.

    Abraços,
    www.pepperlipstick.com.br

    ResponderExcluir
  11. Já li o primeiro livro e amei!! é muito muito bom! Pena que nunca li a continuação, mas depois dessa sua resenha tenho certeza que será minha próxima comprinha.
    Beijos,
    Luana Agra - http://sector-12.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu!
    Acredita que eu tentei ler mas não fluiu comigo? Infelizmente a obra e os personagens não me cativaram. Embora o enredo que a autora criou tenha despertado minha atenção, quando fui ler, ele não me ganhou porque achei a personagem dramatica demais. Desde então não quis mais me arriscar. Mas que bom que gostou tanto.

    Abraços
    David
    http://olimpicoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ah, que saudade de ler essa série. Amei a escrita da autora, e por mim, poderiam ter mais uns cinco livros que eu ia adorar ler todos. O jeito como a protagonista se manifesta é incrível. Impossível não torcer por ela. Beijos, Fê

    ResponderExcluir
  14. Adorei a parte em que você gostaria de chutar a si mesma. hahahaha
    Essa é uma saga que eu gostaria sim de ler. Achei bem legal a premissa.
    É claro que pode ser que demore até eu conseguir ler. Mas vai ficar anotado aqui com carinho haha

    Beijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Luiza!

    nossa, mas uma série para minha eterna lista rsrsrs Eu estou de olho faz tempo no livro, só preciso de tempo pra ler. de qualquer foram foi bom saber que os personagens são bem construídos!

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  16. Oi Luiza!
    Eu li esse livro, porém não dei continuidade a série. :(
    Preciso me dedicar mais, até porque são livros curtos, né?
    Leitura super rápida. Sua resenha me deu vontade de continuar a ler.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Ooi. Menina, eu AMO Estilhaça-Me. PQPQPQPPQ só de pensar nesse livro me da vontade de pega-lo e ir correndo reler pela, sei lá... quinta vez haha
    Adoro as metaforas da Tahereh, a forma como ela inseriu na historia eu não achei algo forçado. parece que foi totalmente de acordo com o que pode-se esperar de Juliette.
    Amo Warner de paixão e Adam também apesar dos pesares.
    Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  18. Oi, flor!!
    Pra começar... que sinopse é essa?
    Chamou e muito a minha atenção!
    Que bom que você gostou, tenho vontade de ler a série!
    Amo livro "escândalo" haha
    Adorei sua resenha!

    Beijokas ;)
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  19. oi querida,
    me lembro que na época que saiu esse livro fiquei louca pra lê-lo, mas depois acabei me esquecendo. Foi ótimo lembrar, parece incrível mesmo. Essa edição nova ficou muito legal!
    bom final de semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  20. Nossa, amei sua resenha.Já li tantas resenhas sobre essa saga e já tinha escutado tanta coisa, mas nunca tinha me prendido uma opinião própria do livro que nem a sua.Parece tão tenso e cheio de conflitos.E cara, as pessoas estão escrevendo muito sobre o fim do mundo né?Sei que não é o objetivo da autora, mas tipo, tudo isso engloba no apocalipse né?Sei lá. Gostei ahahahah :)

    #vaiparaminhalistadeleituras
    :)

    beeijão flor ^^
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Morro de vontade de ler esse livro. Já vi várias resenhas e sempre positivas! Minha listinha literária está ficando infinita, como viver? kkkkkk

    Beijos,
    Postando Trechos

    ResponderExcluir
  22. Olá, Luiza! Tudo bem?
    Tenho bastante interesse em lê esta série. Parece ser tão envolvente.
    Gostei bastante do seu ponto de vista. É bom quando uma série nos surpreende positivamente falando, não é?

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olá, Luiza.
    Diferente de você, eu odiei as partes riscadas hehe. Achei esse livro ótimo, mas depois fui desgostando da série. Meu personagem favorito foi o Kenji.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  24. Nossa, nunca tinha lido sobre o que se tratava essa história. E agora que li a sinopse, achei um escândalo, igual você mesmo colocou no post kkkk.
    A história parece ser muito interessante :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  25. Suas resenhas de livros são muito, mas muito boas.
    A história na sinopse, não me agradou muito, por envolver assassinato, um psicológico meio abalado da personagem, etc.
    Mas lendo sua opinião com relação à história, deixa a gente com uma vontade de ler e se surpreender com a personagem e o pequeno romance e tensão sexual que rola entre a Juliette e o Adam... haha
    Vou tentar baixar em PDF e ler logo.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  26. Olá! Tudo bom?
    Menina acabei de ler a resenha desse livro em outro blog e agora leio a sua e super positiva também. Como disse lá no outro site, minha vontade de ler Estilhaça-me só cresce. Mas fiquei intrigado com uma coisa: esse livro tem duas capas? Conhecia ele com a capa de uma mulher vestida com vestido branco.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. ADOREI a forma como você usou o sublinhado para contar a história do livro em linhas gerais! #Perfeito Adoro quando resenhistas dialogam com o livro, quem leu vai entender, quem não leu quando estiver com o livro em mãos vai fazer um aaaaaaaaaaaaaaah e lembrar! Adoro essa trilogia, eu amo boas metáforas, sei que as vezes parecem enrolação, mas eu sou tão enrolada que me identifico hahaha, e viajei muito nessa história. Sem duvida para mim o vol. 1 foi o melhor e o mais envolvente livro da trilogia e não tem como não se entusiasmar com ele e sonhar com um fim impactante para a história dessa menina devastada nesse mundo arruinado.

    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  28. Oi Lu, sua linda, tudo bem
    Voc~e não sabe, eu comprei faz tempo esse livro, salvo engano é uma trilogia, nem lembro mais,risos, aí depois a editora mudou as capas e permitiu que todos os leitores recebessem a nova capa e eu recebi e amei. Acredita que até hoje não li, mas depois dessa resenha acho que ficarei revoltada por não ter feito isso antes como você, risos... Não vejo a hora de ler, sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Oi Lu!
    Tinha muita vontade de ler este livro, mas com tantos comentários negativos acabei desanimando e deixando para depois. Gostei de conferir sua resenha e saber que você gostou tanto me animou novamente, vou ver se inicio a leitura em breve! :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com | Sorteio A Rainha Vermelha

    ResponderExcluir
  30. Oi, Luiza.

    Eu amo tanto esta trilogia. Ela me ganhou nas primeiras linhas com os pensamentos perdidos de Juliette. E a cada página ficava mais viciada. comecei amando Adam, e depois odiando. Haha. Mesmo sendo uma trilogia sem muitas reflexões sociais, se tornou uma das minhas distopias prediletas no quesito entretenimento/diversão. Assim como A Seleção, que foi uma leitura bem prazerosa. Claro que teve umas coisinhas que me incomodaram, mas mesmo assim meu amor pela série é forte. Sinto muita saudade dos personagens.

    beijos

    ResponderExcluir
  31. Luh!

    Eu adorei a resenha de Estilhaça-me e está em minha meta de leitura fazem... deixa eu ver... desde o lançamento! :/

    E somos iguais mesmo! Passa anos e anos e a prateleira só vai aumentando! Que vício doido, não? hahaha!

    Amiga, adorei a resenha. Parabéns!
    Espero poder ler a obra algum dia desses!

    Beijos!
    Danny
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.