01 fevereiro 2016

Resenha #25: Coroa Cruel - Victoria Aveyard (Seguinte)

Título: Coroa Cruel
Título Original: Cruel Crown
Autor: Victoria Aveyard
Série: Red Queen #0.1, Red Queen #0.2
Páginas: 232
Ano: 2016
Editora: Seguinte
Sinopse: Duas mulheres — uma vermelha e uma prateada — contam sua história e revelam seus segredos.
Em Canção da Rainha, você terá acesso ao diário da nobre prateada Coriane Jacos, que se torna a primeira esposa do rei Tiberias VI e dá à luz o príncipe herdeiro, Cal — tudo isso enquanto luta para sobreviver em meio às intrigas da corte.
Já em Cicatrizes de Aço, você terá uma visão de dentro da Guarda Escarlate a partir da perspectiva de Diana Farley, uma das líderes da rebelião vermelha, que tenta expandir o movimento para Norta — e acaba encontrando Mare Barrow pelo caminho.
Esta edição traz, ainda, um mapa de Norta e um trecho exclusivo de ‘Espada de Vidro, o aguardado segundo volume da série A Rainha Vermelha.


ATENÇÃO! Se você não leu os livros e/ou as resenhas anteriores, pode conter spoiler

Essa nota é a média das notas dos contos. A nota de cada conto eu darei no fim da resenha.

Enquanto não é lançado Espada de Vidro, voltamos ao mundo dos Vermelhos e Prateados através dos contos lançados no livro Coroa Cruel Canção da Rainha e Cicatrizes de Aço.

Em Canção da Rainha, conhecemos um pouco da primeira esposa do rei Tiberias e mãe de Cal, Coriane Jacos, desde sua entrada na corte real até os verdadeiros motivos que levaram a sua morte. Já em Cicatrizes de Aço, conhecemos mais sobre a rebelde Farley e como se instalou a Guarda Vermelha em Norta.

Desde a resenha de A Rainha Vermelha, devem ter percebido que a história não me convenceu muito. Quando soube que a autora iria lançar alguns contos, eu fiquei até animada porque geralmente contos dão um up na história, nos mostrando algo que ficou de fora. A realidade foi que me decepcionei um pouco com esses contos.

Apesar de ter gostado do segundo conto, ele seriam bem mais proveitosos para a história se mostrasse uma visão de Maven, Cal ou até do irmão ressuscitado da Mare, Shade. OK! Ele dá as caras no conto da Farley e este não achei inútil. Já o da mãe do Cal...

Pra ser bem sincera, eu achei a Coriane bem trouxa e muito inocente. Ela se deixou encantar por um mundo, mesmo sabendo o que poderia trazer na sua vida. E a forma como ela deixou acontecer algumas coisas me deixou bem revoltada. Achei bem desnecessário esse conto na história.

Já o conto da Farley foi interessante por motivos de Guarda Vermelha em Norta. O conto ilustra toda a trajetória da líder da revolução tentando instalar a Guarda Vermelha naquele lugar. Além de contar um pouco mais da vida de Farley e por que ela tem bastante interesse em Mare. Ou seja, um pouco mais necessário que o primeiro.

No geral, como falei antes, os contos seriam bem melhores – pelo menos o primeiro lançado – se nos mostrasse outros personagens mais interessantes na história. Dos dois, recomendo a leitura de Cicatrizes de Aço, pois eles nos deixa mais por dentro de como funciona a Guarda Vermelha.

Avaliação por conto

Título: Canção da Rainha
Título Original: Queen Song
Autor: Victoria Aveyard
Série: Red Queen #0.1
Páginas: 51
Ano: 2015
Editora: Seguinte
Sinopse: Conto inédito que revelará detalhes das antigas intrigas do mundo de A Rainha Vermelha.
Neste conto que se passa no universo da série A Rainha Vermelha, você terá acesso ao diário secreto da rainha Coriane, primeira esposa do rei Tiberias VI e mãe de Cal. Presente de seu querido irmão Julian, o caderno se tornou o único lugar onde a nobre prateada podia desabafar sem que seus pensamentos e emoções fossem usados contra ela.
Ainda jovem, Coriane Jacos foi obrigada a se mudar para o palácio real e lutava para lidar com os perigos e armadilhas do convívio com as outras Grandes Casas. A garota e o então príncipe herdeiro ficaram cada vez mais próximos, provocando a inveja e o ciúme de outras jovens da nobreza, sobretudo Elara Merandus — que tinha o poder assustador de entrar na mente das pessoas. Apaixonado, o príncipe descartou a Prova Real e escolheu Coriane como sua esposa, mas a vida da jovem rainha estava muito longe do tradicional “felizes para sempre”…



Título: Cicatrizes de Aço
Título Original: Steel Scars
Autor: Victoria Aveyard
Série: Red Queen #0.2
Páginas: 98
Ano: 2016
Editora: Seguinte
Sinopse: Conto inédito que se passa no universo da série A Rainha Vermelha e mostra os bastidores da rebelião.
Neste conto você terá uma visão de dentro da Guarda Escarlate a partir da perspectiva de Diana Farley, uma das líderes da rebelião vermelha. Farley teve uma criação rígida e, desde pequena, aprendeu a ser forte e durona. Mas a missão de semear a rebelião em Norta talvez fosse mais difícil do que ela esperava: pela primeira vez, a capitã comandaria uma operação sozinha. Ela teria de atravessar a fronteira de Lakeland, sua terra natal, e viajar por todo o território de Norta, recrutando comerciantes do mercado negro, contrabandistas e rebeldes para uma primeira tentativa de ataque à capital. Tudo isso sem chamar a atenção dos oficiais prateados, claro.
Enquanto Farley troca mensagens secretas com seus superiores e põe a tarefa em ação, ela acaba cruzando com Shade Barrow — um vermelho que consegue descobrir informações cruciais para a causa e que a leva até sua irmã, Mare, uma garota que talvez seja a chave para virar o jogo e instaurar uma nova aurora.



Resenhas anteriores
Livro 1 - A Rainha Vermelha (Red Queen)

20 comentários:

  1. Olha raramente eu leio essas estória paralelas, sei lá não me atrai tanto..
    Quero mesmo é ler Espada de Vidro. Adorei A Rainha Vermelha e não vejo a hora de ler a continuação e saber como vão ser as coisas!

    Beeijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  2. Quando eu penso que essa série não poderia me deixar mais desanimada descubro que "Coroa Cruel" é um livro de contos e não a continuação do livro um. Para mim esse tipo de livro é pura enrolação! #PRONTOCONFESSEI

    Assim, sou geminiana, ou seja, não concorro ao concurso de Miss Coerência do Multiverso, mas eu não tenho a minima vontade de ler essa série...

    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  3. Olá :)
    Ainda não li o primeiro livro, mas talvez comece lendo os contos ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu nem li muito pra não pegar spoiler dos livro que ainda não li. Mas fico feliz que a soma dos contos tenha dado positiva; E eu jurava que esse livro seria uma sequência não fazia ideia que eram contos.
    Beijos
    Instante Efêmero

    ResponderExcluir
  5. Oooi! Tudo bem?

    Ai flor, eu desisti dessa série já. Normalmente tento não julgar só pelo primeiro livro, que quase sempre é mais introdutório mesmo e tal, mas esse realmente não me desceu. Vários pontos me incomodaram, achei os personagens mal desenvolvidos... E a escrita dela também não é lá grande coisa, fica arrastada em vários pontos. O fato de você não ter gostado tanto dos contos (principalmente do primeiro né) aumentou minha certeza de que não vou continuar a acompanhar a trilogia.

    Beijinhos, te espero lá no http://amendoasefelpices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. oi, oi.

    por mais que eu considere um tanto desnecessário os contos para essa série, estou animado para o lançamento de Coroa Cruel, já li Canção da Rainha, não foi uma leitura maravilhosa mas foram pontos de vista interessante para a história!

    espero que Cicatrizes de Aço seja uma leitura mais positiva, pois quero entender para quê veio a Farley.

    bjs!

    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
  7. Não gosto de ler contos, porque sempre acabo me decepcionando um pouco com os pontos de vista. Essa é a primeira resenha que leio dos contos da Saga da Rainha Vermelha e vou esperar mais um pouco pra decidir se vou ler ou não :)
    http://estantedeumafangirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não entendo a necessidade de lançar contos entre os livros. Geralmente, são mais do mesmo, ou então acontece como foi nesse caso de decepcionar. É uma pena, mas torcemos pro próximo volume da série em si ser boa!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Fragmentados", vem conferir!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Luh!

    Interessante... interessante...
    Quem sabe eu leia? Espero ler algum dia desses!

    Beijos!
    Danny
    www.irmaoslivreiros.com

    ResponderExcluir
  10. Oi! Tudo bom?

    Essa é a primeira vez que eu visito o seu blog e primeiramente gostaria de dizer que está muito bonito! Adorei a forma que você avalia os livros! Agora falando da resenha, eu conheço a série e já ouvi várias críticas positivas e a sua é a primeira que disse que o livro não é tão bom. Quem sabe um dia eu leia por curiosidade! :D

    Abraços!
    Gabriel Sidney
    www.nemteconto.org

    ResponderExcluir
  11. Oi
    ainda não li o livro dessa série, mais me chama a atenção, pena que não gostou do conto Canção da resenha, pelo menos gostou do outro, quem sabe o segundo livro seja melhor.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Nesse livro tem só esses dois contos? haha Eu estava meio desesperada achando que tinha mais. Vou aproveitar que tenho no Kindle e ler.

    Beijos
    SIL ~ Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  13. Pra eu ler livro de contos de uma história eu realmente preciso ter gostado muito dela. Ainda não li A Rainha Vermelha, mas quero. Quem sabe agora com o lançamento do segundo eu empolgo :D

    Beeijo
    Resenhando Sonhos

    ResponderExcluir
  14. Eu ainda não li, mas fiquei com vontade por conta da resenha :3

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  15. Oi :D
    Não li A rainha vermelho então não sei o que esperar desse livro de contos. Eu adoro livro de contos mas sua nota final foi bem normal. Tenho algumas dúvidas sobre essa série, não sei se leio pra ter minha opinião. Os leitores estão tão divididos entre amar/odiar hahaha o pior que são muitos livros na frente :/
    Gostei de ver sobre os contos aqui, espero que os próximos sejam melhores.
    Bj


    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Lu, tudo bem?

    Menina, faltou pouco, muito pouco para eu não encaixar A Rainha Vermelha como uma das minhas piores leituras de 2015.
    Achei o livro bem fraco, repleto se referências mal maquiadas!
    Não engoli muitas coisas na narrativa e a leitura foi muiiiito arrastada!
    Aí eu li Canção da Rainha, e sim, tbm achei a Coriane uma trouxa!
    Eu só li o conto pq estava gratuito! Hahah
    O da Farley tbm está gratuito? Nem procurei saber. Só lerei se estiver... Não vou comprar esse livro só pra ler esse conto.
    Apesar disso tudo, ainda lerei Espada de Vidro pq achei que A Rainha Vermelha pegou ritmo no final! Vamos ver...

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Luiza, sua linda, tudo bem
    Não acredito, estava cheia de expectativas sobre os livros dessa série. Na verdade, eu não gosto muito de contos, eu queria que os autores colocassem toda a história nos livros da série mesmo. Uma pena que eles não corresponderam as suas expectativas. Apesar disso quero muito ler, mas agora vou com meus pés no chão, risos... Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Eu tinha achado ok A Rainha Vermelha mas quebrei a cara com os contos, já não gosto de contos e esses foram piores! No da Coriane entendi vários nada e muito menos a dimensão dos poderes dos prateados. E o da Farley achei sem graça com tanto codinome besta no meio, só salva o Shade mesmo.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi flor, tudo bem?
    Eu geralmente não leio os contos paralelos da história, só se eu gostar muito e olhe lá... de qualquer forma... é uma pena que a leitura não funcionou tão bem pra ti... e que você não se sentiu contagiada com o enredo... espero que se for continuar a leitura da série você curta mais o livro 2... xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Lu!
    Eu acompanhei sua resenha de A Rainha Vermelha. Como mencionei eu tenho livro aqui, mas livro extra, não é muito do meu fetio ler, a não ser que a série principal me ganhe muito, tipo Instrumentos Mortais, Percy Jackson ou Os Legados de Lorien. A Seleção por exemplo eu so li o livro extra porque acabei ganhando ele por acaso.
    Pelo que eu vi, não evoluiu muito sua visão da obra pelos contos. EU espero que ela não escreva 09122091290 livros extras, pq isso me desanima numa série, sempre.

    Abraços
    David
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.