12 novembro 2015

Música #3: Arctic Monkeys

Hoje venho lhes indicar a banda responsável pelo álbum trilha sonora da sofrência da minha vida. Afinal, que raios são esses Macacos do Ártico?

Arctic Monkeys é uma banda britânica de rock formada em 2002 nos subúrbios da cidade de Sheffield, na Inglaterra. Os componentes são: Alex Turner (guitarra e vocal), Jamie Cook (guitarra), Nick O'Malley (baixo e vocal de apoio) e Matthew Helders (bateria e vocal de apoio)

A banda é geralmente considerada parte da cena indie rock assim como as bandas contemporâneas The Libertines, The Futureheads e Franz Ferdinand. Atingiram o sucesso através de fitas demo e compartilhamento de arquivos. Após ganharem suas guitarras no natal de 2001, os vizinhos Alex Turner e Jamie Cook montaram uma banda com seus amigos da escola, Andy Nicholson, que tocava baixo, e Matt Helders, que se tornou o baterista.

Sob o nome Bang Bang, eles tocavam covers de bandas como Led Zeppelin e cantavam com sotaque de Sheffield. Após Alex assumir o vocal e a tarefa de escrever canções (ele na verdade já tinha algumas), eles mudaram o nome da banda para Arctic Monkeys, tirado de um grupo do qual o pai do baterista Matt Helders fez parte nos anos 70. Segundo Turner, o nome foi passado de geração em geração, como uma receita.

Após alguns dos primeiros concertos, em 2003, eles começaram a gravar CD demos e distribuí-los para o público. Como a oferta era limitada, os fãs copiaram as canções e as disponibilizaram pela Internet. Até um perfil da banda no site MySpace foi criado, tudo sem que os próprios membros estivessem cientes. Graças a essa divulgação viral pela grande rede, logo não apenas os amigos, mas centenas de pessoas cantavam todas as letras nos concertos.

Em 2004, sua popularidade chamou a atenção da BBC Radio One e da imprensa britânica. Mark Bull, um fotógrafo amador local filmou uma apresentação ao vivo e fez o videoclipe para Fake Tales Of San Francisco, lançando-o no seu site, juntamente com a coletânea Beneath The Boardwalk.

Em maio de 2005 a banda lançou seu primeiro EP, Five Minutes with Arctic Monkeys, com apenas 1500 cópias em CD e 2000 em Vinyl de 7", mas também disponível na iTunes Music Store. Em junho assinaram contrato com a Domino Records e logo depois, tocaram no Carling Stage, palco dos festivais de Reading e Leeds reservado para bandas menos conhecidas.

Em outubro, o primeiro lançamento pela Domino, I Bet You Look Good on the Dancefloor, foi direto para o primeiro lugar nas vendas de compacto simples do Reino Unido, com 38.962 cópias. No mesmo mês, estamparam sua primeira capa da revista New Musical Express. O segundo compacto simples, When The Sun Goes Down, saiu em 6 de janeiro de 2006 e vendeu 38.922 cópias, novamente alcançando o topo das vendas.

Mesmo com o vazamento na Internet e o intenso compartilhamento de arquivos, o álbum de estréia Whatever People Say I Am, That's What I'm Not, lançado em 2006, alcançou cifras recordes de venda. As 120 mil cópias no Reino Unido só no primeiro dia ultrapassavam a soma de todos os outros álbuns do "top 20" do país nessa data, e a primeira semana foi fechada como 363.735 cópias.

Sem deixar a poeira baixar, em abril de 2006 lançaram um EP com cinco faixas, Who the Fuck Are Arctic Monkeys?. Apesar das altas vendas, o linguajar sujo das canções resultou em baixas execuções no rádio, o que não incomodou a banda. Logo após o lançamento do EP, a banda apresentou um novo baixista, Nick O'Malley. Inicialmente, Nick apenas substituiria Andy na turnê pelos Estados Unidos, mas depois foi anunciado que ele tinha deixado a banda em definitivo.

Em agosto, lançaram Leave Before The Lights Come On, o primeiro compacto simples a não alcançar o primeiro lugar de vendas. Pouco depois, o álbum Whatever People Say I Am, That's What I'm Not ganhou o Mercury Music Prize, deixando para trás álbuns como The Eraser de Thom Yorke, The Back Room do Editors e Black Holes and Revelations do Muse.

Em abril de 2007 lançaram o seu segundo álbum, Favourite Worst Nightmare, o qual no dia 29 do mesmo mês já apareceu na primeira posição nas paradas britânicas. Deste álbum surgiram três singles, Brianstorm, lançado em abril, Fluorescent Adolescent, em julho e Teddy Picker em dezembro, encerrando a digressão do álbum.

Em 2008, Alex Turner, o compositor e também vocalista da banda teve seu caderninho de músicas roubado, o que atrasou o inicio das gravações do terceiro álbum da banda. O vocalista conta que ao tentar lembrar das letras das músicas roubadas, ele acabava criando composições completamente novas, o que segundo o proprio, resultou em um trabalho único. No final do ano de 2008, já com alguns riffs de guitarra e as canções prontas, o grupo iniciou as gravações do terceiro álbum. Contando com a produção de James Ford, que já havia trabalhado com Alex em The Age of the Understatement do The Last Shadow Puppets e de Josh Homme, muito procurado para produzir trabalhos de diversas bandas e também vocalista do Queens of The Stone Age, a banda gravou Humbug que foi lançado em 19 de agosto de 2009 no Japão, 21 de agosto no Brasil, Irlanda, Australia e Alemanha, dia 24 no Reino Unido e dia 25 nos Estados Unidos. Em 6 de junho de 2011 a banda lançou seu quarto álbum de estúdio intitulado Suck It and See, que vendeu mais de 100 mil cópias no Reino Unido.

Em 26 de fevereiro de 2012, em meio a rumores da gravação de um novo álbum, a banda lançou uma nova canção intitulada R U Mine? e em 18 de abril lançaram seu b-side, Electricity.Ainda em 2012, a banda foi convidada pelo duo americano The Black Keys para abrir os shows da turnê do álbum El Camino nos Estados Unidos.

Em 28 de julho, o Arctic Monkeys tocou na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres de 2012, e desde então seu cover da música Come Together, dos Beatles, disparou nas paradas britânicas, bem como seu álbum de estréia, Whatever People Say I Am, That's What I'm Not, atingindo o topo de vendas seis anos após seu lançamento.

Em 9 de setembro de 2013, o álbum intitulado AM foi lançado. O primeiro single deste disco foi a canção Do I Wanna Know?, lançada em 18 de junho do mesmo ano. Em 19 de Fevereiro de 2014, o Arctic Monkeys ficou com os prêmios de melhor grupo e melhor disco do ano, com o AM, no Brit Awards.

Acho que nem com todos os adjetivos do mundo eu poderia falar tudo que eu queria dessa banda. Principalmente desse último álbum, que é completamente diferente dos outros. Melhor vocês ouvirem. Como sempre, uma listinha básica pra quem não sabe por onde começar:
- Do I Wanna Know
- Knee Socks
- I Wanna Be Yours
- Crying Lightining
- Cornerstone
- Teddy Picker
- The View From Afternoon
- Don't Sit Down Cause I've Moved Your Chair
- Brianstorm
- Fluorescent Adolescent
- Fireside
- R U Mine
- Library Pictures
- Dancing Shoes

Música preferida de todas – Cornerstone (faixa 7 do álbum Humbug)

Primeira música que ouvi - Fluorescent Adolescent (faixa 5 da trilha sonora de Favourite Worst Nightmare)

Último clipe lançado - Arabella (faixa 4 do albúm AM)

Álbuns
- Whatever People Say I Am, That's What I'm Not (2006)
- Favourite Worst Nightmare (2007)
- Humbug (2009)
- Suck It and See (2011)
- AM (2013)

EPs
- Five Minutes with Arctic Monkeys (2005)
- Who the Fuck Are Arctic Monkeys? (2006)

Singles
- I Bet You Look Good on the Dancefloor
- When the Sun Goes Down
- Leave Before the Lights Come On
- Brianstorm
- Fluorescent Adolescent
- Teddy Picker
- Crying Lightning
- Cornerstone
- My Propeller
- Don't Sit Down 'Cause I've Moved Your Chair
- The Hellcat Spangled Shalalala
- Suck It and See
- Black Treacle
- R U Mine?
- Do I Wanna Know?
- Why'd You Only Call Me When You're High?
- One for the Road
- Arabella

Espero que tenha gostado da indicação de hoje. Pra quem nunca ouviu, dê uma chance pra esses Macacos do Ártico que não irá se arrepender #xoxo

15 comentários:

  1. OMG!! (eu super gritei agora kkkk)
    Eu vi Franz Ferdinand ali... Coloquei a música Bang Bang como tema do meu livro que vai ser lançado agora!! *-*
    Enfim, eu nunca tinha ouvido nada da banda até hoje, só tinha ouvido falar e visto o slogan por aí. Eu amoo indie. Cornestone tem uma vibe bem old e interessante!!
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Que legal, amooooooooo AM. Fiquei super </3 por não conseguir ir no show.
    Descobri a banda quando vieram uma vez (acho que 2011) no Lolla, e eu fui ouvir pra conhecer (não fui no festival, só fiquei desejando ahah) e amei.
    A primeira música que ouvi também foi Fluorescente.
    bj

    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Luiza.
    Eu não conhecia eles ainda, mas vi que eles já tem bastante bagagem. Gostei do nome, bem original hehe. Não sou muito fã do gênero musical, mas vou ouvir para ver se gosto hehe. Parabéns pela postagem.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia Os Macacos no Ártico, mas acho que vou conhecer mais deles agora porque eu super amei as músicas que você colocou nesse post *-*
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  5. Ai meu coraçãão <3 <3 Eu amo tanto Arctic Monkeys *-*
    Infelizmente nunca tive a oportunidade de poder vê-los cantar, é um dos piores pesadelos da minha vida! É bem decepcionante isso pra mim, mas já estou me adaptando a respeito disso :/
    Enfim, como a gente sabe, eles são incríveis, é claro!

    Beijos <3
    vorazesleitoras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Luiza!
    Adoro Arctic Monkeys! Faz um tempo que parei de acompanhar eles, mas sempre escuto alguma coisa deles.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  7. Eu estava no vício de ouvir eles demais, mas a fase passou rsrs
    Mesmo assim ainda gosto.
    Beijos.
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lu, tudo bem?

    Nossa, e eu que pensava que eles só tinham surgido recentemente! Eles são bem rodados, né? hahahha
    Já ouvi algumas músicas aqui, outras ali, mas não sou muito fã do estilo. O nome da banda é muito legal! hahaha

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  9. Oi! Eu lembro quando eles estouraram e rolavam varias comparações e etc etc. Até acho o som deles bacana, mas não sou de ouvir... Acabo perdendo a paciência, muito calminho rs
    O post ficou maravilhoso, para quem esta conhecendo a banda agora é uma ´´otima fonte.

    Beijos
    SIL ~ Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  10. Oi Lu!
    Tenho uma amiga que é super fã da banda, mas nunca me aventurei a escutar. Vou tentar escutar algumas das músicas que você citou e vê se gosto *-*

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Luiza! Tudo bem? Seu gosto musical: <3<3<3 Eu não acompanho o trabalho do Arctic Monkey de perto, mas acabo sempre ouvindo alguma música deles! O estilo deles é demais e o som é super a minha cara! :) "Cornerstone" é incrível! <3<3 E essa música do último vídeo também é muito boa! :D Adorei o post!

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/10/resenha-premiada-muito-mais-que-5inco.html <- Tá rolando promoção do livro "Muito Mais Que 5inco Minutos" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
  12. Oi Luiza, tudo bem?
    Eu não sou fã como você, mas conheço algumas músicas da banda e gosto do estilo deles. Uma das músicas deles que mais gosto é Fluorescent Adolescent, e a que mais ouço também.
    Ótimo post.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, Lu, td bm?
    Eu adoro AM, parabéns pela escolha. Alias, seu namorado é um gato.

    bj

    ResponderExcluir
  14. Excelente indicação e muito bom o post. Quase um artigo! Parabéns!

    www.michellasouza.com.br

    ResponderExcluir
  15. Kirinha, baseada nos seus gostoso musicais eu posso perguntar: vamos ser amigas? xD ''Do I wanna know'' é meu queridinho para sempre. AMO ''R U Mine'' e ''Crying Lightning''

    www.cantaremverso.blogspot.com.br
    www.balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.