01 outubro 2015

Cinema em Casa #1: Diários de Motocicleta

Indicações cinematográficas
Essa coluna não se trata bem de críticas de filmes e sim de indicações. Nas críticas, pode ser que eu tenha ou não gostado do filme. Aqui, você pode assistir sem medo que tem o selo Babado de qualidade.

Hoje lhes indico um dos melhores filmes da minha vida: Diários de Motocicleta. Assisti esse filme no terceiro ano do ensino médio muuuuito tempo atrás e lembro que ele me marcou muito. Foi a partir dele que me apaixonei pelo trabalho do Gael Garcia Bernal.

A título de curiosidade, descobri que o ator Rodrigo de la Serna é primo de segundo grau de Che Guevara.

Diários de motocicleta (no Brasil, Diários de Motocicleta; em Portugal, Diários de Che Guevara) é um filme de drama biográfico de 2004 produzido pela Argentina, Brasil, Chile, Reino Unido, Peru, Estados Unidos, Alemanha, França, com direção de Walter Salles. A produção é sobre a viagem e livro de memórias escrito por Ernesto Guevara de 23 anos de idade, que mais tarde se tornaria conhecido internacionalmente como o icônico comandante guerrilheiro marxista e revolucionário Che Guevara.

O filme narra a expedição de 1952, inicialmente por moto, em toda a América do Sul por Guevara e seu amigo Alberto Granado. Como a aventura, inicialmente centrada em torno de hedonismo juvenil, se desenrola, Guevara se descobre transformado por suas observações sobre a vida do campesinato indígena empobrecido. Através dos personagens que eles encontram em sua jornada continental, Guevara e Granado testemunham em primeira mão as injustiças que o rosto destituído e estão expostos a pessoas e classes sociais que eles nunca teriam encontrado de outra forma. Para sua surpresa, a estrada apresenta-lhes tanto uma imagem verdadeira e cativante da identidade latino-americana. Como resultado, a viagem também planta a semente inicial de dissonância cognitiva e radicalização dentro de Guevara, que supostamente viria a ver a revolução armada como forma de combater as desigualdades econômicas endêmicas do continente.

O roteiro é baseado principalmente no livro de mesmo nome de Guevara de literatura de viagem, com um contexto adicional fornecido pelo Traveling with Che Guevara: The Making of a Revolutionary por Alberto Granado. Guevara é interpretado por ator mexicano Gael García Bernal (que já interpretou Che na minissérie de 2002 Fidel) e Granado pelo ator argentino Rodrigo de La Serna, que coincidentemente é um primo de segundo grau na vida real de Guevara em seu lado maternal.

Dirigido pelo brasileiro Walter Salles e escrito pelo dramaturgo porto-riquenho José Rivera, o filme foi uma co-produção internacional entre as empresas de produção da Argentina, Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Chile, Peru e França. Produtores executivos do filme foram Robert Redford, Paul Webster, e Rebecca Yeldham, os produtores foram Edgard Tenenbaum, Michael Nozik e Karen tenkoff, e os co-produtores foram Daniel Burman e Diego Dubcovsky.

Espero que tenham curtido a indicação de hoje e até a próxima #xoxo

Ficha Técnica
Sinopse: Che Guevara (Gael García Bernal) era um jovem estudante de Medicina que, em 1952, decide viajar pela América do Sul com seu amigo Alberto Granado (Rodrigo de la Serna). A viagem é realizada em uma moto, que acaba quebrando após 8 meses. Eles passam a seguir viagem através de caronas e caminhadas, conhecendo novos lugares e pessoas. Em Machu Pichu a dupla conhece uma colônia de leprosos e questiona a validade do progresso econômico da região, que privilegia apenas uma pequena parte da população.
Gênero: Drama
Direção: Walter Salles
Roteiro: Jose Rivera
Elenco: Gael García Bernal, Jean Pierre Noher, Rodrigo De La Serna, Ulises Dumont
Produção: Edgard Tenenbaum, Karen Tenkhoff, Michael Nozik
Fotografia: Éric Gautier
Trilha Sonora: Aníbal Kerpel, David Lee Scott, Robert Boyd, Stephen Lotwis
Duração: 130 min.
Ano: 2004


12 comentários:

  1. Não conhecia esse filme, mas parece ser uma experiência diferente e interessante. Adorei a dica, com certeza. Obviamente, vou conferir o filme. Depois digo o que achei.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro. Serão seis livros para três vencedores.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luiza! Tudo bem? Ainda não conhecia o livro, mas adorei conhecê-lo! A premissa dele é ótima então possa ser que eu dê uma chance a ele. Adorei o post! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já tinha ouvido falar do filme, porém nunca vi. Será que tem no netflix?

    Beijos,
    http://www.gemeasescritoras.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu, tudo bem?

    Vc acredita que eu nunca assisti Diários de Motocicleta? E olha que gosto muito do trabalho do Gael desde que eu assisti Os Crimes do Padre Amaro.
    Diários de Motocicleta é tão aclamado pela crítica e pelo público e eu tô aqui comendo mosca! hahaha

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  5. Olá, Luiza.
    Me pareceu ser uma ótima indicação a de hoje. Infelizmente para mim, não é algo que eu assistiria. Assisto poucos filmes, prefiro ler, e quando assisto geralmente é algum suspense ou comédia romântica.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oiii, tudo bem?
    Não tinha ouvido falar desse filme, e pelo o que você falou ele parece ser muito bom, Depois vou dar uma olhadinha para ver ele.
    Beijos

    @saymybook
    http://saymybook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Esse filme é excelente. Lembro que qdo assisti no cinema, a sala inteira o aplaudiu qdo os créditos começaram a subir. Inesquecível!!!
    bj
    http://meuamorpeloslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Não conhecia o filme. Confesso que "Diários de Motocicleta" não me despertou tanto interesse, mas o enredo parece muito bom para quem curte este tipo de gênero.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Acredita que até hoje, não vi esse filme? Tenho que ver!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Legal gostei da sua dica, vou procurar assistir a esse filme. Deve ter um conteúdo histórico de primeira. Além disso, gosto muito do Walter Salles.

    blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Legal gostei da sua dica, vou procurar assistir a esse filme. Deve ter um conteúdo histórico de primeira. Além disso, gosto muito do Walter Salles.

    blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Luiza!
    Eu adoro histórias de viagens, já tinha ouvido falar nesse filme mas ainda não vi.
    Você me lembrou de que preciso assistir!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.