24 setembro 2015

Filme #1: Maze Runner - Prova de Fogo

Título original: Maze Runner – The Scorch Trials
Sinopse: Neste próximo capítulo da saga épica “Maze Runner”, Thomas (Dylan O'Brien) e seus companheiros Clareanos vão encarar seus maiores desafios até agora: procurar por pistas sobre a misteriosa e poderosa organização conhecida como C.R.U.E.L. Sua jornada os leva até O Deserto, um cenário desolado repleto de obstáculos inimagináveis. Unindo-se com lutadores da resistência, os Clareanos desafiam as forças superiores da C.R.U.E.L e descobrem seus terríveis planos para todos eles.
Elenco: Dylan O'Brien, Kaya Scodelario, Thomas Brodie-Sangster, Ki Hong Lee, Giancarlo Esposito, Patrícia Clarkson, Aidan Gillen, Katherine McNamara, Nathalie Emmanuel, Rosa Salazar, Jacob Lofland
Duração: 131 min.
Roteiro: T.S. Nowlin
Produção: Marty Bowen, Wyck Godfrey, Ellen Goldsmith-Vein, Joe Hartwick Jr., Lee Stollman
Direção: Wes Ball



Está difícil acreditar que CRUEL é bom...

No final de Maze Runner – Correr ou Morrer, Thomas (Dylan O'Brien) e seus amigos conseguem sair da Clareira e descobrem que tudo aquilo é um experimento do governo. O planeta foi afetado pela alta temperatura solar, seguido de um poderoso e incurável vírus chamado Fulgor, que afeita as células do cérebro, levando à loucura. Porém, por algum motivo, os Clareanos são imunes a esse vírus, motivo pelo qual eram ratos de laboratórios.

Prova de Fogo retoma da última cena do filme anterior: os Clareanos sendo resgatados e levados para um lugar seguro, fora do alcance de CRUEL - Catástrofe e Ruína Universal: Experimento Letal. Mas, nem tudo que parece, é. Temendo mais uma vez por suas vidas, Thomas e seus amigos terão de (literalmente) correr para salva-la.

Bom... eu sai da sala de cinema com o pensamento de, apesar de ser igual a um monte de nada do livro, é bom filme. Terminei de ler o livro alguns dias atrás e até gostei de que os roteiristas mudaram boa parte da história. Experiência própria, o livro chega a ser entediante em algumas partes mas, além de ser assunto pra outra resenha, não significa que o livro é ruim.

Em alguns momentos, eu me senti jogando Left 4 Dead (jogo de zumbi que amo mas faz tanto tempo que não jogo #todoschora). Motivo: os Cranks. Cranks são os humanos que foram afetados pelo vírus Fulgor e viraram uma espécie de zumbi. Eles foram responsáveis por alguns sustos básicos. Parabéns à equipe de maquiagem que fez um bom trabalho porque cheguei até a sonhar com esses bichos a noite.

O que faltou de cena de ação no primeiro filme (e no livro), foi redimido nesse. Literalmente abaixa que é tiro. E correria também. Boa parte do filme, a galera está correndo e isso está sendo o alvo das críticas. Mas querem o que? O nome da franquia é Maze RUNNER, gente. No mínimo, tem umas corridinhas para não ficar sedentário.

Gostei muito das escalações dos personagens Rat Man/Janson, Brenda e Jorge. Rat Man, aqui denominado Janson, tem uma participação singela no livro mas, chamar a cara do cara mais vigarista de todos os tempos, Aiden Gillen, pra fazer uma participação mísera é uma sacanagem. Giancarlo Esposito como Jorge e Rosa Salazar como Brenda também foram boas escolhas (apesar de ainda não gostar do Giancarlo por motivos de ódio vindo de Revolution). Mas, confesso que senti falta das loucuras da Brenda do livro (e seu cabelo grande também).

Sou tiete assumida do Dylan então, tudo que ele faz é lindo e divino. Foi por causa dele que eu fiquei sabendo que iam adaptar a trilogia do James Dashner. E ainda é por causa dele que continuei assistindo Teen Wolf. Eu achei que foi uma tremenda oportunidade ele estrear essa trilogia. Ele é um puta ator. Eu já gostava muito dele e do seu personagem em Teen Wolf (Stiles, seu lindo). Porém, na 2ª metade da 3ª temporada ele deu um show de atuação que eu fiquei no chão. Apesar de ter feito outros filmes (assisti todos, claro), ele ainda era pouco conhecido.

Falando em pessoas desconhecidas, isso é um ponto positivo para essa trilogia. Além do Dylan, tem vários outros atores, como Kaya Scodelario (Skins) e Thomas Brodie-Sangster (Game of Thrones), que são poucos conhecidos mas que tem um talento enorme.

Geralmente não gosto de assistir filme 3D porque 1- saio morrendo de dor de cabeça da sala de cinema e 2- porque às vezes não tem diferença do 2D. Eu assisti Prova de Fogo em 3D e me surpreendi. Em alguns momentos (principalmente os angustiantes), você tem aquela sensação de profundidade que o 3D (quando bem feito) oferece, o que é bem legal. Vira e mexe me pegava “desviando” de umas coisas, como uma retardada.

The Death Cure será o último filme (e sem ser duas partes #todoscomemora) e já foi confirmado para 2017.


13 comentários:

  1. Helloo!! *-*
    Assisti Prova de Fogo essa semana e amei o filme, mas não li o livro. Também fiquei sabendo do filme e da obra por causa do Dylan, amigo gato!! :) Comecei a ler o livro, mas parei porque não deu tempo de terminar antes da estreia do filme e decidi deixar para lá por um tempo. Agora sobre o 3D: As coisas estavam me acertando ahaha. E os crancks estavam vindo na minha direção. Credoo! Desviei algumas vezes também kkkk Quase toquei no Dylan e a minha amiga ficou brigando comigo ehehe(eu, anômala). Amo a atuação dele em Teen Wolf. Arrasador. Gostei de toda ação e de algumas coisas que aconteceram. Fiquei cansada do tanto que eles corriam kkk
    Enfim, amei a crítica!
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii!
    Tá todo mundo falando desse filme e eu já estou providenciando a quebra do meu porquinho para assistir esse filme e outros que lançarão em 2016 (próximo ano vou falir). Já assisti Teen Wolf e mesmo não tendo gostado muito da história não tinha como não gostar do Stiles, né? Depois que assisti Estagiários me apaixonei (porque tenho um super queda por nerds e nesse filme ele tá muito lindo <3) e também foi por causa dele que passei a assistir Maze Runner e não me arrependi, terminei o filme pirada pelo próximo e só pelos trailers deve estar de arrasar! Ótima resenha ;)
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E, como eu gostei bastante do seu blog, gostaria de saber se gostaria de fazer parceria com o Estante (?)

      Excluir
    2. Eu também amei ele em Estagários. Na verdade, só assisti por causa dele.
      Gostaria de fazer parceria, sim :)

      Excluir
    3. Gostei da sua ousadia, kkk. Já coloquei seu banner lá no blog também ;)

      Excluir
  3. Oi Luiza, tudo bem?
    Estou doida para conferir estes filmes, e você só fez eu ficar mais doida ainda... hahaha
    Não li os livros, mas para te falar a verdade não tenho muita vontade de ler.
    Sua resenha ficou bem legal e divertida.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Muitos falam desses filme, livro, e eu nunca assisti, nem li. kkk
    Sinto-me desconectada. :( Mas já está na minha lista. Estou seguindo, muito sucesso, flor. Beijos ;*
    - http://contosdeescritores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Encontrei seu blog aqui enquanto navegava e adorei o conteúdo que você traz. Eu também Amo falar de livros e filmes.

    Vamos lá, só assistir o primeiro da série, gostei muito do mistério e das atuações. Sinceramente, quando penso que não tem como criar mais distopias surge essa. Mesmo que o foco seja ação, diferente de jogos vorazes onde trabalha muito o drama. O filme é muito eletrizante e esse segundo parece ser melhor ainda.

    Ótimo texto,

    Beto


    blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu! Eu não vou este filme tão cedo, decido ler primeiro os livros para evitar spoilers. E quem não gosta do Stiles? Ele realmente é cativante.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Que bom que gostou do filme, andei vendo umas opiniões negativas
    ainda quero assistir esse e pretendo ler os livros.
    Também sou uma tiete assumida do Dylan (simplesmente amo/adoro ele) e também gosto da Kaya ela dava um show em Skins.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    ainda não assisti o filme, mas já é bom saber que o 3D vale a pena, tem alguns filmes que tem uma cena ou outra em 3D.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ei Luiza

    Ah que legal, eu estou terminando o livro e quero assistir ao filme depois, mudaram muito então é? Quando assisti ao primeiro filme fazia tanto tempo que eu tinha lido que nem lembrei das diferenças rsrs.
    Eu não estou achando a leitura lenta, pelo contrário, fico feliz quando eles tem uma folga coitados kkk.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Luiza,
    Minha nossaaaaaaaa preciso ir ver esse filme logo, amei o primeiro filme, porque livro não li nenhum ainda. Mas estou super ansiosa e depois da sua resenha, bem eu preciso assistir, obrigada pelas palavras e questões levantadas.

    Beijos Elis - http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.